Compra: SUVs, elétricos e híbridos: uma seleção de carros até R$ 210 mil - PressFrom - Brasil

CompraSUVs, elétricos e híbridos: uma seleção de carros até R$ 210 mil

14:16  23 agosto  2019
14:16  23 agosto  2019 Fonte:   motorshow.com.br

Toyota irá investir US$ 2 bilhões no desenvolvimento de veículos elétricos na Indonésia

Toyota irá investir US$ 2 bilhões no desenvolvimento de veículos elétricos na Indonésia Um dos motivos da escolha do país é por conta de um plano de desenvolvimento de veículos elétricos elaborado pelo governo da Indonésia

carros de a a z. Segmento dos SUVs compactos ganhará reforço com a chegada de representantes de peso, como Volkswagen T-Cross e Fiat 500X. O SUV E-Tron tem dois motores elétricos que, juntos, entregam 435 cv e têm autonomia de até 400 km. O primeiro SUV compacto da marca chega no primeiro trimestre deste ano em três versões, com preços entre R $ 170 mil e R $ 210 mil .

As vendas de SUVs tem sido tão significativas em relação a outros segmentos que estão chegando próximo dos haches pequenos, que geralmente abrange um volume de Com o ele o carro fica mais seguro, mantendo a relativa leveza que acaba ajudando na agilidade e na economia de combustível.

SUVs, elétricos e híbridos: uma seleção de carros até R$ 210 mil

A GASOLINA / FLEX

Jeep Compass

R$ 149.990 (Limited)

SUVs, elétricos e híbridos: uma seleção de carros até R$ 210 mil

Abrindo mão da tração 4×4 e do motor a diesel, você pode levar o mesmo Jeep do comparativo (confira aqui), com pacote de equipamentos igual, por R$ 30 mil a menos. O torque cai quase pela metade e o peso não diminui muito, então o desempenho fica bem aquém. Embora o consumo seja alto, o etanol é bem mais amigável que o diesel com o meio-ambiente (e a gasolina também). E o mais importante: para pagar a diferença de preço para o com motor a diesel, seriam necessários uns 15 anos de abastecimento. Então vale considerar.

Ficha técnica:

Motor: quatro cilindros 2.0 16V flex, 159/166 cv, 19,9/20,5 kgfm

Renault investirá US$ 144 milhões na produção de carros elétricos na China

Renault investirá US$ 144 milhões na produção de carros elétricos na China Segundo a Agência Internacional de Energia (AIE), o país tem mais de 2,3 milhões de veículos elétricos, ou 45% da frota mundial . Estima-se que 1,98 milhões de veículos elétricos foram vendidos em todo o mundo no ano passado. “Esta parceria no negócio de veículos elétricos com a JMCG irá apoiar o nosso plano de crescimento na China e as nossas capacidades de carros elétricos”, afirmou o vice-presidente sênior da Renault, François Provost.

Assista antes de comprar o seu próximo carro - AceleGuia #8. Acelerados é o canal para quem ama carros , tem gasolina e adrenalina nas veias. Rubens Barrichello, Cassio Cortes e Gerson Campos aceleram superesportivos, clássicos do passado e as últimas novidades do mercado automotivo

Возможность перевести текст из буфера обмена, веб-страницу или документ на многие языки. De Daling in Kwaliteit Zult Je Niet Merken.

Câmbio: AT6, tração dianteira

Comprimento: 4,416 m

Entre-eixos: 2,636 m

Porta-malas: 410 litros

Consumo (km/l, g/e): 6,1/8,8 (cidade) e 7,5/10,8 (estrada)

Gasto: R$ 7.875 (g) e R$ 7.028 (e)

VW Tiguan Allspace 350 TSI

R$ 187.990 (R-Line)

SUVs, elétricos e híbridos: uma seleção de carros até R$ 210 mil © Fornecido por Três Editorial Ltda

É o SUV mais vendido de seu porte, porém considerando emplacamentos do 250 TSI, com 150 cv e torque de 25,5 kgfm, a partir de R$ 129.990. Ao preço do Equinox, tem a versão R-Line 350 TSI com um quatro cilindros com 220 cv e os mesmos 35,7 kgfm do Compass acoplado ao câmbio de dupla embreagem. É o maior modelo do segmento, podendo levar motorista e seis passageiros – mas tem consumo ainda pior que o do Chevrolet. A tração é do tipo integral permanente, mas não é feita exatamente para um uso off-road.

Ficha técnica:

Motor: quatro cilindros 2.0 turbo, 16V, 220 cv, 35,7 kgfm

BYD e Toyota desenvolverão em conjunto sedãs e SUVs 100% elétricos

BYD e Toyota desenvolverão em conjunto sedãs e SUVs 100% elétricos Projeto prevê o lançamento de novos modelos já em 2020 Os elevados custos de desenvolvimento e produção de carros elétricos estão abrindo portas para novas parcerias e associações. Após Ford e Volkswagen, agora é a vez da gigante chinesa BYD e Toyota anunciarem um acordo para o desenvolvimento conjunto de veículos elétricos a bateria (BEVs).

Carros elétricos e híbridos . Principais itens de série: vidros elétricos , rádio com entrada USB e computador de bordo. O subcompacto produzido em Jacareí (SP) segue firme como o carro novo mais barato do país, apesar da investida da Caoa Chery em SUVs .

Há vários tipos de carros híbridos , com diferentes estruturas para aliar um motor a combustão e um motor elétrico E os tipos de carros híbridos plug-in? Quando falamos em um híbrido -plug-in, estamos falando da forma de alimentação Saiba quais são os melhores SUVs de até R $ 100 mil .

Câmbio: automatizado, dupla embreagem, sete marchas, tração integral

Comprimento: 4,701 m

Entre-eixos: 2,790 m

Porta-malas: 686 litros

Consumo (km/l): 8,3 (cidade) e 9,6 (estrada)

Gasto: R$ 8.553

Peugeot 3008

R$ 166.990 (Griffe Pack)

SUVs, elétricos e híbridos: uma seleção de carros até R$ 210 mil © Fornecido por Três Editorial Ltda

A potência não é tudo isso, e falta força se comparado aos rivais mais caros, mas a posição de dirigir inovadora, com volante menor e painel que se vê por cima, e o acerto de suspensões e direção fazem dele um dos modelos mais divertidos ao volante da categoria. O design também agrada, e Compra do Ano 2019 da MOTOR SHOW. Parte de R$ 140 mil na versão Allure. Pelo valor acima, vem super-equipado, inclusive com sistemas semi-autônomos. O serviço pós-venda da marca melhorou muito nos últimos tempos.

Ficha técnica:

Motor: quatro cilindros 1.6 turbo, 16V, 165 cv, 24,5 kgfm

Câmbio: AT 6 marchas, tração dianteira

Comprimento: 4,447 m

Entre-eixos: 2,675 m

Toyota se juntará à chinesa BYD para fazer elétricos

Toyota se juntará à chinesa BYD para fazer elétricos Responsável por popularizar os híbridos no mundo com o Prius e por fazer o primeiro híbrido flex do mundo, a Toyota dará um novo passo no mundo da eletrificação. Em parceria com a chinesa BYD, maior fabricante de carros elétricos do mundo, a Toyota terá modelos totalmente elétricos a partir de 2020. Leia mais: Toyota Prius vende mais que VW Golf em junho Um mês depois do lançamento, Toyota aumenta preço do RAV4 Toyota Corolla 2020 no Brasil terá

UOL, a maior empresa brasileira de conteúdo, serviços digitais e tecnologia com vários canais de jornalismo e diversas soluções para você ou seu negócio.

Carros híbridos e elétricos tem realmente um consumo consideravelmente menor do que seus parentes movidos apenas a gasolina. Fazendo um comparativo de valores entre um modelo elétrico e um carro a gasolina, vamos comparar os custos da eletricidade por km e da gasolina.

Porta-malas: 521 litros

Consumo (km/l): 9,8 (cidade) e 12,1 (estrada)

Gasto: R$ 7.054

Hyundai Tucson

R$ 156.900 (Limited)

SUVs, elétricos e híbridos: uma seleção de carros até R$ 210 mil © Fornecido por Três Editorial Ltda

Essa é a terceira geração de um dos modelos de maior sucesso de nosso mercado – embora hoje as vendas não estejam em seu melhor momento. O motor 1.6 tem potência e torque similares aos do Peugeot 3008, porém com um acerto mais voltado para o consumo e uma marcha a mais no câmbio automático, então o SUV coreano montado em Goiás é o mais econômico dos modelos a gasolina ou flex listados aqui. A tração apenas dianteira ajuda nesse ponto. O acabamento não impressiona, mas a marca tem clientes bastante satisfeitos com serviços pós-venda.

Ficha técnica:

Motor: quatro cilindros 1.6 16V turbo, 170 cv, 27 kgfm

Câmbio: AT 7 marchas, tração dianteira

Comprimento: 4,447 m

Entre-eixos: 2,670 m

Porta-malas: 513 litros

Consumo (km/l): 10,5 (cidade) e 12,2 (estrada)

Gasto: R$ 6.749

Mitsubishi Outlander

R$ 189.990 (V6)

SUVs, elétricos e híbridos: uma seleção de carros até R$ 210 mil © Fornecido por Três Editorial Ltda

Aqui nesse SUV Mitsubishi, nada de downsizing: pelo valor dos modelos do comparativo, o japonês vem com um 3.0 V6 com 240 cv de potência, mas com menos torque que os turbinados. A tração é integral – embora não seja para off-road – e o porte é bastante generoso, então ele também tem assentos extras no porta-malas. O acabamento interno decepciona, mas a marca tem muita tradição no segmento. Curioso é que embora tenha mantido um motor maior, o consumo é melhor que o do Equinox – mas ainda bastante alto.

Toyota e BYD se unem para fabricar sedãs e SUVs elétricos

Toyota e BYD se unem para fabricar sedãs e SUVs elétricos Montadora japonesa anunciou que se uniu à chinesa BYD para a fabricação de carros sedãs e SUVs totalmente elétricos. Recentemente, a Toyota revelou também que fechou parceria com a Subaru para a produção de veículos elétricos a bateria . Fonte: The Driven Trending no Canaltech: Especificações dos novos Galaxy Note 10 e 10+ vazam na internet. Confira! OFERTA: Caixa de som bluetooth UE Boom 2 à prova d'água com menor preço já visto O impacto causado pelo encobrimento do número de likes no Instagram Com Michonne de saída, The Walking Dead ganha trailer mostrando décima temporada Montagemdefotos.

De um lado a pergunta, carros usados até 30 mil euros? É um carro que veio mudar completamente a nossa ideia do conceito SUV e revolucionar o mercado deste segmento na Europa. Só por isso, a sua presença nesta lista dos 10 dos melhores carros usados até 30 mil euros era

Carros até 70 mil . É fato que o poder aquisitivo do brasileiro está cada vez menor, sobretudo se formos considerar o mercado de automóveis. Nos recursos, há freio a disco nas quatro rodas, alerta de frenagem de emergência, vidros, travas e retrovisores elétricos , direção hidráulica, computador

Ficha técnica:

Motor: seis cilindros 3.0, 24V, 240 cv, 31 kgfm

Câmbio: AT 6 marchas, tração integral

Comprimento: 4,695 m

Entre-eixos: 2,670 m

Porta-malas: 715 litros

Consumo (km/l): 8,2 (cidade) e 10,3 (estrada)

Gasto: R$ 8.373

Honda CR-V

R$ 194.900

SUVs, elétricos e híbridos: uma seleção de carros até R$ 210 mil © Fornecido por Três Editorial Ltda

Junto com o Tucson, o CR-V fica entre os mais econômicos da categoria com motor a gasolina. Torque e potência também são apenas medianos, garantindo um desempenho adequado, mas que não empolga. O acabamento interno e o espaço estão entre os melhores do segmento, mas a Honda erra ao cobrar um preço acima da média, considerando o que oferece, e acaba atraindo apenas aqueles consumidores mais fiéis à marca e que acham que o HR-V é insuficiente. O valor fica mais fora da realidade agora que o arquirrival RAV4 chegou com tantas qualidades.

Ficha técnica:

Motor: quatro cilindros 1.5 16V turbo, 190 cv, 24,5 kgfm

Câmbio: CVT 6 marchas simuladas, tração integral

Comprimento: 4,591 m

Entre-eixos: 1,855 m

Porta-malas: 522 litros

Consumo (km/l): 10,4 (cidade) e 11,9 (estrada)

Gasto: R$ 6.856

A DIESEL

Jeep Renegade 2.0

R$ 134.990 (Longitude)

SUVs, elétricos e híbridos: uma seleção de carros até R$ 210 mil © Fornecido por Três Editorial Ltda

Mais barato SUV a diesel no Brasil atualmente, o irmão menor do Compass usa exatamente a mesma mecânica e tem um desempenho muito similar ao dele – mas estranhamente, segundo os números do PBEV-Inmetro, seu consumo é pior. Para quem não tem família grande e nem precisa de porta-malas – são apenas 320 litros de capacidade – pode ser uma compra bem interessante. O valor acima é da versão Longitude; a Trailhawk, mais off-road e com maior altura do solo, parte de R$ 145.990. Qualquer uma delas vem com reduzida e seletor de terreno e enfrenta terra, areia e lama com tranquilidade.

Jaguar e Land Rover terão SUVs compactos com plataforma BMW

Jaguar e Land Rover terão SUVs compactos com plataforma BMW Os rumores sobre a expansão da linha de SUVs da Jaguar Land Rover está esquentando. Além do já confirmado Land Rover Defender e do Jaguar J-Pace como o maior e mais caro SUV da marca, o grupo expandirá sua linha em direção a utilitários menores. Os SUVs compactos serão feitos sobre a plataforma da BMW, aponta a revista Autocar. BMW Jaguar Land Rover Os custos do desenvolvimento e fabricação de plataformas de tração dianteira capazes de receber eletrificação é alto. Por conta disso, a Jaguar Land Rover buscou na BMW uma parceria. Já há um acordo entre elas para desenvolvimento e fabricação de carros elétricos para o futuro, mas o acordo foi expandido.

Os carros elétricos da Tesla ganharam mais um sistema de segurança: o Modo Sentinela. Nos últimos anos, a empresa Tesla Motors tem abalado as estruturas do mercado internacional automobilístico. …

⛽️ 8 SUVs mais Econômicos do Brasil em 2018 (incluindo Notas de Segurança) | AutoVideos - Продолжительность: 12:43 AutoVideos 536 387 просмотров. Novo Kia Sportage 2.0 EX 2017 - Продолжительность: 8:53 Hiper Carro 134 006 просмотров.

Ficha técnica:

Motor: quatro cilindros 2.0 turbo, 16V, 170 cv, 35,7 kgfm

Câmbio: AT 9 marchas, tração integral , com reduzida

Comprimento: 4,232 m

Entre-eixos: 2,570 m

Porta-malas: 273 litros

Consumo (km/l): 9,4 (cidade) e 11,5 (estrada)

Gasto: R$ 6.327

Mitsubishi Outlander

R$ 212.990 (HPE 2.2)

SUVs, elétricos e híbridos: uma seleção de carros até R$ 210 mil © Fornecido por Três Editorial Ltda

Se fôssemos selecionar o carro a diesel do comparativo do RAV4 híbrido (confira aqui) por porte, e não pelo preço como fizemos, seria o Outlander. Ele fica mais próximo em tamanho e espaço interno, mas o preço já passa de R$ 210 mil. E, apesar de ser maior e ter um pouquinho mais de torque que o Jeep, seu consumo de óleo diesel é ainda mais baixo que o do Compass na cidade (e eles empatam na estrada). Tem opção de sete lugares e tração integral, mas a economia do motor a diesel não compensa o valor extra, principalmente se comparado à novidade da Toyota.

Ficha técnica:

Motor: quatro cilindros 2.2 turbo, 16V, 165 cv, 36,7 kgfm

Câmbio: AT 6 marchas, tração integral

Comprimento: 4,695 m

Entre-eixos: 2,670 m

Porta-malas: 715 litros

Consumo (km/l): 10,8 (cidade) e 13,7 (estrada)

Gasto: R$ 5.428

OUTROS HÍBRIDOS

Lexus UX

R$ 173.490 A R$ 249.990

SUVs, elétricos e híbridos: uma seleção de carros até R$ 210 mil © Fornecido por Três Editorial Ltda

Como a Lexus é a marca de luxo da Toyota, ele, que também é novidade, pode ser considerado o “primo-rico” do RAV4 e usa as mesmas plataforma e mecânica, porém com uma calibração distinta. Sem expressão no mercado, a marca vende o UX – considerado um hatch premium compacto para brigar com Mercedes-Benz GLA, BMW X1/X2 e Audi Q3 – com preços agressivos, que partem da mesma faixa dos do RAV4. Mas, embora as dimensões externas sejam similares, o espaço interno e o porta-malas do Lexus são menores – e seu consumo, estranhamente, é maior.

Toyota aposta em carros elétricos para os Jogos Olímpicos de Tóquio

Toyota aposta em carros elétricos para os Jogos Olímpicos de Tóquio Os carros elétricos são a grande aposta da Toyota para apoiar os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio, em 2020. A montadora, que fornecerá 3.700 veículos e produtos de mobilidade para o evento, pretende atingir o nível mais baixo de emissões em comparação com outras frotas oficiais já usadas nas Olimpíadas. LEIA MAIS: Revisões do Nissan Leaf custam 30% a menos que as de um carro a combustão Testamos: Toyota Yaris XLS é uma das opções mais racionais do segmento Cerca de 90% da frota oficial será eletrificada.

Um esportivo compacto de verdade com o mesmo preço de concorrentes que não têm nada além de adesivos e apêndices estéticos (Christian Castanho/Quatro Rodas). Sabemos que o Renault Sandero, assim como o Logan, foi desenvolvido para ser um automóvel grande, simples e barato.

Super Carros . SUVs . Vídeos. Anuncie. Peca por não ter rodas de liga leve, vidros elétricos traseiros e cintos traseiros completos, além de airbags laterais. O carro é muito bom, surpreendente como a suspensão e posição de dirigir são boas, o câmbio GSR melhorou em relação ao dualogic

Ficha técnica:

Motor: quatro cilindros 2.5, 16V, 155 cv, 21,4 kgfm + elétrico 142 cv e 27,5 kgfm = 194 cv combinados

Câmbio: CVT

Comprimento: 4,640 m

Entre-eixos: 2,660 m

Porta-malas: 475 litros

Consumo (km/l): 12,6 (cidade) e 11,2 (estrada)

Gasto: R$ 5.432

Toyota Prius

R$ 125.450

SUVs, elétricos e híbridos: uma seleção de carros até R$ 210 mil © Fornecido por Três Editorial Ltda

Ele não é um SUV, mas está aqui justamente para comprovar como os SUVs sempre gastam mais – pois precisam de mais motor, mais força, e aí o aumento no consumo é inevitável, seja qual for o combustível. Tudo bem que potência e torque são menores, mas com o Prius fizemos, na prática, até 23 km/l de média em São Paulo. O visual exageradamente futurista dessa quarta geração é para mostrar que se trata de um modelo diferente, mas não agradou a todos. Lançado em 1997, o modelo por muito tempo deu prejuízo à marca, mas hoje ele é o carro mais vendido do Japão – e um dos mais vendidos do mundo.

Ficha técnica:

Motor: quatro cilindros 1.8, 16V, 98 cv, 14,2 kgfm Câmbio: CVT, tração diant.

Comp: 4,540 m

Entre-eixos: 2,700 m

Porta-malas: 412 l

Consumo: 18,9 (cid.) e 17 (est.)

Gasto: R$ 4.201

ELÉTRICOS

BMW i3

R$ 205.950

SUVs, elétricos e híbridos: uma seleção de carros até R$ 210 mil © Fornecido por Três Editorial Ltda

Os SUVs 100% elétricos que você pode ou poderá muito em breve comprar estão nas próximas páginas. Porém, eles custam mais que o dobro, bem além dos R$ 400 mil. Na faixa aqui, de 170/180 mil, você hoje pode comprar o ultra-ousado hatch BMW i3. Economiza um absurdo de combustível – esse BMW gastaria, com o mesmo uso das nossas demais contas, apenas pouco mais de mil reais anuais. A autonomia é só 225 km elétrico, mas na cidade não é problema (há opção de extensor a gasolina, mas com um motor de moto. O elétrico que move o hatch quando carregado tem os mesmos 170 cv do Jeep, porém com menos torque (mas sempre disponível). A experiência é totalmente diferente. Mas você já pode reservar também alguns outros modelos mais convencionais no visual e cabine (leia ao lado).

Projeto quer criar baterias mais eficientes para carros elétricos

Projeto quer criar baterias mais eficientes para carros elétricos O objetivo é conceder uma autonomia de 240km com apenas seis minutos de carregamento

Saiba quais são os carros elétricos mais baratos do mercado nacional. A autonomia é de cerca de 90 km e este é, sem dúvida, o rei e senhor desta lista de carros elétricos mais baratos à venda no nosso país. Os melhores carros até 30 mil euros. 4 carros que vão valorizar em breve.

Ficha técnica:

Motor: elétrico síncrono, 170 cv, 25,5 kgfm

Câmbio: relação fixa, uma marcha à frente e uma à ré, tração traseira

Comprimento: 4,011 m

Entre-eixos: 2,570 m

Porta-malas: 306 litros

Consumo: 7,7 km/kWh (média cidade/estrada)

Gasto: R$ 1.169 (a R$ 0,50/kWh)

O que vem por aí

SUVs, elétricos e híbridos: uma seleção de carros até R$ 210 mil SUVs, elétricos e híbridos: uma seleção de carros até R$ 210 mil

Na último edição do Salão de São Paulo, ainda em novembro do ano passado, os primeiros carros elétricos das marcas generalistas foram exibidos no Brasil, e alguns deles já entraram em pré-venda. Modelos como o Nissan Leaf e o Chevrolet Bolt, ao lado, ficam na mesma faixa de preços dos três SUVs médios comparados nesta edição, mas oferecem espaço interno e porta-malas de hatch compacto popular. Para serem usados na cidade, trazem no porte menor até uma vantagem – outra é estarem livres do rodízio de veículos da capital paulista. Ainda estão chegando no Brasil o Renault Zoe e alguns elétricos da chinesa JAC. Agora, falando de SUVs, os elétricos ainda são bem mais caros. Resta saber quando compensará para as montadoras investir na eletrificação dessse segmento.

*usamos o mesmo perfil do comparativo: 1.500 km/mês, 55% cidade e 45% estrada, com os preços de combustíveis a R$ 3,60 (diesel) e R$ 4,20 (gasolina) e R$ 0,50 (kWh)

Projeto quer criar baterias mais eficientes para carros elétricos.
O objetivo é conceder uma autonomia de 240km com apenas seis minutos de carregamento

—   Compartilhe notícias nas redes sociais

Vídeos temáticos:

usr: 6
Isto é interessante!