Motos Yamaha reduz atividades temporariamente por problemas com insumos

09:21  23 março  2022
09:21  23 março  2022 Fonte:   motociclismoonline.com.br

Primeiras impressões: Yamaha lança a Fluo 125 ABS por R$ 13.390

  Primeiras impressões: Yamaha lança a Fluo 125 ABS por R$ 13.390 Modelo fica entre a NEO 125 e NMax no catálogo da marca Para quem está de olho em comprar uma scooter de entrada hoje, tem que fazer uma escolha. Os modelos 125 são mais baratos, mas menos equipados e potentes. Já os 150 ou superiores cobram a mais, mas são mais completos e têm melhor performance. Agora, a Yamaha apresentou uma solução para este dilema. A empresa anunciou o lançamento da Fluo 125 ABS, scooter que chega agora em abril às lojas da marca por R$ 13.390 sem contar o frete. Com isso, a novidade fica exatamente entre a NEO 125, de R$ 11.090, e a NMax 160, de R$ 16.590.

A Yamaha anunciou, em comunicado oficial enviado à imprensa nesta sexta-feira (25/02), a redução temporária e parcial de suas atividades no período de 3 de março até 31 de maio. Segundo o informativo, tal decisão se faz necessária para que a montadora possa realizar ajustes em sua produção ao fluxo de recebimento de insumos.

O texto finaliza informando que as atividades da Yamaha Motor da Amazônia estão previstas para retornarem ao seu ritmo normal a partir de 1º de junho de 2022.

Sem insumos, Yamaha anuncia redução de atividades no Brasil © Motociclismo Online Sem insumos, Yamaha anuncia redução de atividades no Brasil

Leia mais:

Confira os destaques da MOTOCICLISMO 290Produção de motos cresce 9% sobre dezembroLocadoras batem recorde de compra de motos em 2021

Veja as 10 motos City mais vendidas em 2022

  Veja as 10 motos City mais vendidas em 2022 O mercado brasileiro de motos City fechou o mês de fevereiro de 2022 com um total de 28.202 unidades emplacadas no período. + Veja as 10 motos Maxtrail mais vendidas O conteúdo Veja as 10 motos City mais vendidas em 2022 aparece primeiro em Carro e motos.

Desde a pandemia da Covid-19 a Yamaha já realizou outras readequações e paralisações em sua produção de motos no Brasil. A primeira delas ocorreu no 1º semestre de 2020 e durou quase dois meses. A linha de produção voltou a ser paralisada novamente por um período menor em 2021, nos meses de maio e setembro, por conta de dificuldades no recebimento de insumos para suas motocicletas. Desta vez não se fala em paralisação das atividades, mas em uma readequação em virtude da distribuição desses insumos.

A marca dos três diapasões é a vice-líder do mercado brasileiro, contabilizando mais de 201 mil motocicletas emplacadas em 2021 com 17,5% de market share, ficando atrás apenas da Honda. Infelizmente essa falta de componentes pode prejudicar as entregas de motocicletas. Estamos na torcida para que isso se normalize o quanto antes e que as atividades da marca não sejam muito afetadas por essa redução das atividades.

Mercado: as 20 motos mais emplacadas em fevereiro

  Mercado: as 20 motos mais emplacadas em fevereiro O mês de fevereiro encerrou com 74.065 motos emplacadas, volume 28,9% maior do que as 57.423 unidades negociadas no mesmo mês de 2021, mas 17,4% inferior aos 89.682 emplacamentos registrados em janeiro. Nos dois primeiros meses de 2022, o mercado brasileiro de motocicletas contabiliza 163.747 unidades emplacadas, o que corresponde a uma alta de 14,3% sobre … Continued O post Mercado: as 20 motos mais emplacadas em fevereiro apareceu primeiro em Motociclismo Online.

Acompanhe a MOTOCICLISMO também pelas mídias sociais!

InstagramFacebookYouTubeTwitter

O post Yamaha reduz atividades temporariamente por problemas com insumos apareceu primeiro em Motociclismo Online.

Conheça a QJ 701R e RR, as rivais chinesas da Yamaha R7 .
Novas esportivas QJ 701R / RR, da Qianjiang Motor, pode chegar ao mercado asiático em breve. Veja os detalhes! O post Conheça a QJ 701R e RR, as rivais chinesas da Yamaha R7 apareceu primeiro em Motociclismo Online.

usr: 2
Isto é interessante!