Testes e Comparativos Teste Renault Sandero Zen 1.0: o racional da família

19:20  14 junho  2020
19:20  14 junho  2020 Fonte:   motor1.uol.com.br

Teste: Chevrolet Cruze Sport6 Premier 2020 resistirá ao novo Tracker?

  Teste: Chevrolet Cruze Sport6 Premier 2020 resistirá ao novo Tracker? Renovado recentemente, ele luta para não seguir o destino de Golf e Focus Poderíamos começar este texto falando de como os SUVs dizimaram os hatches médios no Brasil, mas esta história você está cansado de ouvir. Golf e Focus se despediram do mercado brasileiro no ano passado de forma melancólica (o VW ainda segue a conta-gotas no GTE híbrido), mas a Chevrolet ainda acreditou um pouco mais no Cruze Sport6, a ponto de reestilizá-lo para a linha 2020. Por ser irmão de um sedã que ainda tem vendas razoáveis, o Cruze, o Sport6 acompanhou as mudanças do três-volumes.

Renault Sandero 1.0 Zen 2020 © Motor1.com Copyright Renault Sandero 1.0 Zen 2020

Apesar da renovação recente, ele ainda se destaca mesmo é pelo motor e espaço interno

Muita coisa aconteceu no mercado desde 2007, quando o Renault Sandero foi lançado. Se naquele momento ele trazia a proposta de um popular espaçoso, seus principais concorrentes seguiram o mesmo caminho com o passar do tempo. Todos cresceram consideravelmente e estão no mesmo patamar de dimensões do veterano, que deve ganhar uma nova geração apenas em 2022 no Brasil.

BMW confirma Série 3 Híbrido Plug-in no Brasil

  BMW confirma Série 3 Híbrido Plug-in no Brasil A BMW confirmou o lançamento do novo 330e M Sport nas concessionárias autorizadas da marca no Brasil, no primeiro semestre de 2020. A versão híbrida plug-in do modelo []Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas para cuidar melhor de seu veículo? Assine nossa newsletter neste link.

Apesar da Renault ter lançado o Sandero (e Logan) com o câmbio CVT junto com a reestilização, a própria marca sabe que 50% das vendas estão nesta versão que testamos, a Zen com motor 1.0 e câmbio manual de 5 marchas, o ainda moderno SCe de três cilindros, com até 82 cv e 10,5 kgfm de torque. Eficiente, ele usa os mesmos argumentos de sempre para atrair os compradores - ainda que eles sejam empresas ou locadoras.

Como anda o Sandero CVT?

  • Comparativo: Sandero 1.6 CVT duela com Argo 1.8 AT entre os hatches automáticos
  • Prós e Contras: Renault Stepway Iconic CVT

Racional até demais?

O Sandero Zen deixa de lado os faróis de neblina e as rodas de liga-leve (trocadas por um conjunto de ferro de 15" com calotas plásticas), além do indicador de direção nos retrovisores e até mesmo o adesivo preto na coluna B, algo que as versões mais caras possuem. Mas não deixa de trazer as luzes diurnas em LEDs e as lanternas com luz de posição em LEDs, coisas que estrearam na reestilização.

Mini Logan? Confira como deve ser o visual do inédito Renault Kwid Sedan

  Mini Logan? Confira como deve ser o visual do inédito Renault Kwid Sedan Novidade será lançada em 2021, começando pela Índia e demais mercados emergentes Além da minivan Triber e do SUV que provavelmente se chamará Kiger, a plataforma do Renault Kwid dará origem a mais um modelo de perfil voltado para países emergentes. Conforme já adiantamos em outras ocasiões, trata-se de um inédito sedã de entrada cujo projeto atende internamente pelo codinome LBA. O modelo está sendo desenvolvido na Índia e terá a missão de representar a marca em um dos mais concorridos segmentos da Ásia.

Renault Sandero 1.0 Zen 2020 © Motor1.com Brasil Renault Sandero 1.0 Zen 2020

Por dentro, o acabamento segue o mesmo padrão de sempre, com plástico rígido de aparência simples, mas com boa construção. Uma tentativa de se diferenciar aparece no novo volante e no detalhe preto brilhante perto da central multimídia, esta com tela de 7" e espelhamento via Apple CarPlay e Android Auto - o único "luxo" do Sandero Zen. Retrovisores e vidros traseiros são de ajuste manual, mas ao menos os dianteiros têm sistema "um toque" para subida e descida.

Renault Sandero 1.0 Zen 2020 © Motor1.com Brasil Renault Sandero 1.0 Zen 2020

Para um hatch compacto, o Sandero segue esbanjando espaço. Como referência, ele mede 2.590 mm de entre-eixos, enquanto o VW Polo possui 2.565 mm e o Chevrolet Onix, 2.551 mm. No banco traseiro, os ocupantes vão bem acomodados e têm cinto de 3 pontos e encosto de cabeça em todas as posições, além do Isofix. Na parte da frente, os novos bancos com abas mais altas e novos tecidos acomodam melhor os ocupantes, que também contam com airbags laterais, totalizando 4 bolsas.

PSA produz primeira unidade da nova plataforma CMP no Brasil

  PSA produz primeira unidade da nova plataforma CMP no Brasil Base dará origem à nova linha de compactos da Citroën A PSA anunciou em outubro de 2019 que a planta de Porto Real (RJ) passaria por uma atualização de R$ 220 milhões para a produção de modelos sobre a plataforma CMP na fábrica brasileira. Meses depois, o grupo anuncia a produção da primeira unidade desta plataforma no Brasil e, ao mesmo tempo, a produção de "modelos inéditos" para conviver com o que é produzido na Argentina - hoje, o novo Peugeot 208 e provavelmente o novo 2008 em 2021.

Renault Sandero 1.0 Zen 2020 © Motor1.com Brasil Renault Sandero 1.0 Zen 2020

O porta-malas de 320 litros do Sandero ainda é maior que os 275 litros do Onix e os 300 litros de Polo e Fiat Argo. Além disso, a ampla área de abertura da tampa ajuda na hora de carregar os objetos maiores, explicando a preferência do Renault para uso em aplicativos de transporte.

O melhor Sandero é o 1.0?

O portfólio do Renault tem, além do motor 1.0, o 1.6 com câmbio manual ou CVT e o esportivo R.S., com o 2.0 aspirado. O "milzinho", mesmo diante dos concorrentes mais novos, ainda tem argumentos suficientes para te fazer pensar. Ao contrário da plataforma antiga do Sandero, o motor SCe é um dos mais modernos no mercado, com bicos injetores no cabeçote, duplo comando variável, trocador de calor do óleo e diversos recursos em prol do consumo de combustível.

Renault Sandero 1.0 Zen 2020 © Motor1.com Brasil Renault Sandero 1.0 Zen 2020

Na cidade, o Sandero 1.0 não é letárgico apesar do seu tamanho, muito pelo contrário. Arranca bem e não pede reduções de marchas - ele tem um câmbio com escalonamento bem curto, permitindo andar em 4a ou 5a marchas já entre 40 e 50 km/h, ajudado pela boa entrega de força em baixas rotações. Recentemente, testamos o Chevrolet Onix 1.0 aspirado, queridinho do mercado e que surpreendeu em suas medições. Mas o Sandero anda praticamente junto até os 100 km/h, com diferença de apenas 0,2 segundo. No consumo, o Sandero registrou 9,6 km/litro na cidade (com etanol), não distante dos 10 km/l do Onix e melhor que os 9 km/l do Fiat Argo.

Renault sobe preço de todos os seus carros, mas há exceções

  Renault sobe preço de todos os seus carros, mas há exceções Tal qual aconteceu com outras marcas atuantes no Brasil, a Renault aumentou os preços de todos os seus modelos comercializados em solo nacional. Há algumas exceções, no entanto, como o SUV Duster que só não escapou do aumento na versão topo de linha e o subcompacto Kwid na versão Life, que mantém o título de carro mais barato do país. Leia mais: + Renault e Nissan terão plataforma única para seus modelos + Renault produz 1ª Alaskan na Argentina, mas a mata na Europa + Renault Sandero GT Line chega com opção 1.0 ou 1.6 CVT Kwid Com o aumento de preços de seu rival Fiat Mobi e a manutenção dos R$ 34.

Mas nem tudo são flores. Com cinco marchas curtas, o câmbio mantém o motor girando alto em velocidades de rodovia, marcando acima de 4.000 rpm a 120 km/h - o que prejudica mais o consumo que o conforto dos ocupantes. Em diversos momentos, acabei procurando uma marcha extra pensando que ele estava em quarta. Assim, o consumo rodoviário com etanol ficou em 11,7 km/l, um número bem inferior aos dos seus concorrentes, entre 13 e mais de 14 km/l.

Renault Sandero 1.0 Zen 2020 © Motor1.com Brasil Renault Sandero 1.0 Zen 2020

Já a suspensão ficou conhecida pela robustez e o bom compromisso entre conforto e dirigibilidade. Em nenhum momento ela bate seca ou revela aqueles barulhos característicos de borrachas subdimensionadas para o "ótimo" terreno brasileiro, comportando-se melhor até mesmo que a elevada das versões com câmbio CVT. Pena que o Sandero, mais uma vez, não trouxe a direção elétrica, algo que só deve acontecer em 2022. Basta ver a evolução do Duster, que ganhou praticamente uma nova vida ao dirigir, com uma direção mais rápida, comunicativa e leve para manobrar - seria algo ótimo para um hatch urbano como o Sandero.

Conclusão

Pensando em hatches "conectados", com sistema multimídia, o Sandero Zen está dentro da faixa de preço dos concorrentes, tabelado a R$ 55.090. Por exemplo, o Onix LT custa R$ 55.790, mas já tem ESP, 6 airbags e mais itens de série, além do MyLink. O Hyundai HB20 1.0 Evolution Pack, já com ESP e 4 airbags, custa R$ 55.990, enquanto o Fiat Argo Drive com opcional do sistema multimídia vai aos R$ 56.240. Por fim, o Ford Ka SE Plus 1.0 custa R$ 52.910.

Kia Motors funda startup para acelerar serviços de mobilidade elétrica

  Kia Motors funda startup para acelerar serviços de mobilidade elétrica A Kia Motors anunciou na última segunda-feira, 20 de julho, a fundação da “Purple M”, uma nova startup criada para oferecer serviços de mobilidade personalizados com veículos elétricos. […]Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas para cuidar melhor de seu veículo? Assine nossa newsletter neste link.

Renault Sandero 1.0 Zen 2020 © Motor1.com Brasil Renault Sandero 1.0 Zen 2020

O Sandero Zen vem com ar-condicionado, sensor de estacionamento traseiro, sistema multimídia e os 4 airbags, mas fica devendo ao menos o ESP (algo que existe nas versões com CVT). Por outro lado, ainda segue vantagem quando falamos em espaço interno, além de não ser difícil o encontrar com boas promoções por aí.

No fim das contas, compacto da Renault ainda tem seus argumentos para atrair os compradores. Manteve bastante do que o fez famoso durante os anos, tem um dos melhores motores 1.0 do mercado e um visual atualizado, mas alguns aspectos da idade só serão resolvidos mesmo em 2022. Por enquanto, vale procurar uma boa promoção por aí!

Fotos: Leo Fortunatti (Motor1.com Brasil)

Renault Sandero Zen 1.0 SCe

MOTOR dianteiro, transversal, três cilindros, 12 válvulas, 999 cm³, duplo comando variável, flex
POTÊNCIA/TORQUE 79/82 cv a 6.300 rpm / 10,2/10,5 kgfm a 3.500 rpm
TRANSMISSÃO manual de cinco marchas, tração dianteira
SUSPENSÃO independente McPherson na dianteira e eixo de torção na traseira
RODAS E PNEUS aço aro 15" com pneus 185/65 R15
FREIOS discos ventilados na dianteira e tambores na traseira com ABS e EBD
PESO 1.035 kg em ordem de marcha
DIMENSÕES comprimento 4.070 mm, largura 1.730 mm, altura 1.520 mm, entre-eixos 2.590 mm
CAPACIDADES Porta-malas 320 litros; tanque 50 litros
PREÇO R$ 55.090
MEDIÇÕES MOTOR1 BR (etanol)
Renault Sandero 1.0 MT5
Aceleração
0 a 60 km/h 5,8 s
0 a 80 km/h 9,8 s
0 a 100 km/h 14,5 s
Retomada
40 a 100 km/h em 3a 13,5 s
80 a 120 km/h em 4a 14,2 s
Frenagem
100 km/h a 0 40,9 m
80 km/h a 0 25,2 m
60 km/h a 0 14,2 m
Consumo
Ciclo cidade 9,6 km/l
Ciclo estrada 11,7 km/l

Renault Kwid sobe de preço e perde posto de mais barato do Brasil .
Modelo agora custa de R$ 37.490 a R$ 48.390 Já faz um tempo que a Renault aumenta os preços do subcompacto Kwid e deixa a versão de entrada, a Life, de fora. O principal motivo disso é a "guerra" com o Fiat Mobi Easy (R$ 36.990) pela posição de carro zero mais barato do Brasil. Desta vez, porém, não deu para segurar e todas as versões ficaram entre R$ 1.700 e R$ 2.500 mais caras, levando a Life a R$ 37.490 e finalizando na Outsider por R$ 48.390. Quanto mais completa a configuração, menor o aumento. O Renault Kwid manteve as quatro versões oferecidas: Life, Zen, Intense e Outsider, assim como o motor 1.

—   Compartilhe notícias nas redes sociais
usr: 3
Isto é interessante!