Brasil Justiça nega pedido para remover acampamento na Esplanada

17:16  14 maio  2020
17:16  14 maio  2020 Fonte:   correiobraziliense.com.br

Detectado foco da COVID-19 em albergue de bolivianos no norte do Chile

  Detectado foco da COVID-19 em albergue de bolivianos no norte do Chile As autoridades sanitárias chilenas confirmaram nesta segunda-feira (4) um surto de coronavírus no abrigo em que cerca de 400 bolivianos estavam em quarentena na cidade de Iquique (norte), antes de poder retornar ao seu país. Nessa cidade, localizada a 1.800 km ao norte de Santiago, eles tiveram que ficar em quarentena por 14 dias para depois retornar à Bolívia. O prefeito de Iquique, Mauricio Soria, criticou a decisão de transferir esse grupo da capital para Tarapacá, "uma das cinco regiões mais precárias do país em termos de recursos sanitários", segundo ele.

  Justiça nega pedido para remover acampamento na Esplanada © Credito Arquivo pessoal/ Twitter

A Justiça do Distrito Federal negou um pedido do Ministério Público para remover o acampamento "300 do Brasil", montado na Esplanada dos Ministérios. De acordo com o magistrado, o decreto do governador Ibaneis Rocha relacionado a pandemia de coronavírus não proíbe manifestações públicas.

O Ministério Público argumentou que o acampamento viola medidas de distanciamento social, recomendados por profissionais de saúde em razão da pandemia de covid-19 e que tem o risco de espalhar a doença. Ainda de acordo com o órgão, existem informações que algumas pessoas estão armadas no acampamento, o que caracterizaria "grupo criminoso, paramilitar".

Comissão acusa cardeal de acobertar abusos desde 1973

  Comissão acusa cardeal de acobertar abusos desde 1973 George Pell teve pena por pedofilia anulada recentemente    A Royal Commission afirma que, em 1982, o religioso decidiu pela transferência do padre Gerald Ridsdale, um dos principais responsáveis pelos crimes do tipo no país, condenado por abusar de cerca de 500 vítimas, para uma outra paróquia - onde teria continuado a cometer os abusos.

No entanto, a 7ª Vara da Fazenda Pública do Distrito Federal entendeu que é possível, agora, impedir o direito de liberdade de reunião. Para a Justiça, “não é o momento (ainda) de sacrificar totalmente a liberdade de reunião e manifestação no espaço público, mas sim de impor limitações ao seu pleno exercício, tendo em vista a necessidade de afastamento social em razão da pandemia da Covid-19”.

De acordo com os organizadores, o acampamento tem o intuito de apoiar o presidente Jair Bolsonaro. Eles chegam a conclamar invasão ao Supremo Tribunal Federal (STF) e ao Congresso Nacional. Os militantes estão acampados em barracas.

_______________________________________________________

Celso de Mello libera vídeo de reunião de Bolsonaro com ministros .
Moro apontou suposta interferência na PF. Por parte do presidente Jair Bolsonaro. Que teria sinalizado no encontro ministerialNo encontro de ministros, segundo depoimento o ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro, o presidente Jair Bolsonaro sinalizou intenção de interferir politicamente na Polícia Federal por meio da troca do comando na corporação no Rio de Janeiro.

—   Compartilhe notícias nas redes sociais
usr: 0
Isto é interessante!