Brasil É falso que médico brasileiro tenha descoberto a cloroquina

15:22  22 maio  2020
15:22  22 maio  2020 Fonte:   pipeify.com

Bolsonaro reconhece que cloroquina não possui comprovação científica

  Bolsonaro reconhece que cloroquina não possui comprovação científica Contudo ele justifica o novo protocolo do Ministério da Saúde, assinado hoje pelo interino da pasta da Saúde, general Eduardo Pazuello , que inclui a cloroquina no tratamento de pacientes com sintomas leves e diz que o país está em “guerra”.“O Ministério da Saúde divulga orientações para tratamento da covid-19, onde a Cloroquina pode ser ministrada em casos leves, com recomendação médica e autorização do próprio paciente/família. Ainda não existe comprovação científica, mas sendo monitorada e usada no Brasil e no mundo. Contudo, estamos em Guerra: “Pior do que ser derrotado é a vergonha de não ter lutado.

Circula pelas redes sociais uma imagem com a foto de um médico, Gaspar de Oliveira Vianna (1885-1914), e o desenho de uma caixa do medicamento cloroquina. Segundo o texto que acompanha a imagem, o médico paraense descobriu o remédio enquanto pesquisava curas para a malária. A legenda ainda sugere que ele não quis patentear sua criação deixando seu “legado para a humanidade”.

Ministério da Saúde libera cloroquina para todos pacientes com coronavírus

  Ministério da Saúde libera cloroquina para todos pacientes com coronavírus Documento divulgado nesta quarta-feira recomenda a prescrição do medicamento desde os primeiros sinais da doença causada pelo coronavírus . Embora não haja comprovação científica da eficácia do medicamento contra a doença, o Ministério da Saúde alega, no documento, que o Conselho Federal de Medicina autorizou recentemente que médicos receitem a seus pacientes a cloroquina e a hidroxicloroquina, uma variação da droga.

“Você sabia que foi um paraense que descobriu a cloroquina? Dr. Gaspar Viana” - Texto de imagem que circula no Facebook. (Fonte: Reprodução) © Fornecido por Pipeify “Você sabia que foi um paraense que descobriu a cloroquina? Dr. Gaspar Viana” - Texto de imagem que circula no Facebook. (Fonte: Reprodução) “Você sabia que foi um paraense que descobriu a cloroquina? Dr. Gaspar Viana” é o texto de imagem que circula no Facebook. (Fonte: Reprodução)

 Essa informação é falsa. A cloroquina foi descoberta pelo cientista austríaco Hans Andersag, em 1934, 20 anos depois da morte de Gaspar de Oliveira Vianna. O médico Austríaco, de fato, descobriu a fórmula enquanto procurava desenvolver tratamentos contra a malária, já que, até aquele momento os pacientes infectados com a doença eram tratados com quinino.

Porém, logo após a descoberta, a cloroquina foi considerada muito toxica e, só em 1945, passou a ser recomendada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para o tratamento da doença. A hidroxicloroquina surgiu ainda naquele ano, como um derivado menos tóxico da cloroquina.

Barroso: Distribuição de remédio sem chancela científica pode gerar punição

  Barroso: Distribuição de remédio sem chancela científica pode gerar punição Barroso: Distribuição de remédio sem chancela científica pode gerar puniçãoEm entrevista ao Correio e à TV Brasília, Barroso foi questionado se o presidente Jair Bolsonaro e integrantes do Ministério da Saúde poderiam ser responsabilizados pelo protocolo em que foi autorizado o uso da cloroquina em pacientes com formas mais leves da covid-19. "Eu considero um erro qualquer prática política pública que fuja aos padrões consensuais firmados pela ciência e pela técnica médica em geral, pelo sanitaristas, pela Organização Mundial de Saúde e pelas entidades e referências médicas do país.

Acompanhe nossa cobertura sobre o coronavírus. Últimas notícias, perguntas e respostas e como se cuidar.

O médico patologista brasileiro, Gaspar Vianna, tornou-se famoso por ter descoberto um tratamento com injeções de tártaro emético, eficaz contra a leishmaniose e o granuloma venéreo. Vianna foi um dos primeiros cientistas que estudaram a doença de Chagas, estabelecendo as características da doença, e ainda trabalhou em análises de diversos tripanossomas e micoses. O médico morreu jovem, aos 29 anos, depois de contrair uma forma grave de tuberculose ao fazer uma autópsia.

Conteúdo de fact-checking do Pipeify.

Ex-chefe da Anvisa alerta para riscos de cloroquina contra Covid-19; diz que protocolo é "barbaridade" .
Ex-chefe da Anvisa alerta para riscos de cloroquina contra Covid-19; diz que protocolo é "barbaridade"Segundo Vecina, que é médico sanitarista e professor da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo (USP), não há comprovação científica da eficácia da cloroquina contra o coronavírus e é "inacreditável que em pleno Século 21 a gente esteja vivendo de magia".

—   Compartilhe notícias nas redes sociais
usr: 51
Isto é interessante!