Brasil O que é o 'ciclone bomba' que está causando estragos no Sul do Brasil

03:07  01 julho  2020
03:07  01 julho  2020 Fonte:   bbc.com

Ciclone bomba se aproxima do Brasil e coloca RS sob alerta

  Ciclone bomba se aproxima do Brasil e coloca RS sob alerta Ciclone bomba se aproxima do Brasil e coloca RS sob alertaNo RS, os ventos podem superar os 100km/h, na capital, Porto Alegre, eles podem chegar a 80km/h. É comum o fenômeno promover queda de árvores, destelhamentos, além de ser possível que neve em Campos de Cima da Serra (RS) e na região do Planalto Sul (SC), segundo a Metsul que também aponta a queda de temperatura em todo o estado gaúcho e chuva para toda região Sul.

Saiba também o que é anticiclone e se no Brasil há ocorrência desse fenômeno atmosférico. Ciclones são tempestades tropicais que se originam em zonas de baixa pressão atmosférica, podendo causar diversos estragos ao atingirem o continente.

Segundo o especialista, o ciclone bomba é comum nesta época do ano. Neste caso, a frente fria que paira no RS vem da Argentina, enquanto o centro de baixa pressão se Na América do Sul, eles geralmente se formam em latitudes mais ao Sul do que está se formando. Esta é a condição atípica”.

Chuvas torrenciais, queda drástica nas temperaturas, ventos de mais de 100 km/h e até neve. Um ciclone extratropical, fenômeno também chamado de "ciclone bomba", vai mudar o clima nas regiões Sul e Sudeste do Brasil nos próximos dias.

Principalmente nos Estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina, onde o fenômeno já está sendo sentido com mais força e provocando estragos, a previsão é de quedas abruptas nas temperaturas, com possibilidade até mesmo de causar neve no Sul e geada no Sudeste.

No Sudeste, porém, os efeitos serão menores. O ciclone deve apenas tangenciar o Estado de São Paulo em sua passagem pela região. Ainda assim, a previsão do Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) é que as temperaturas na capital paulista chegue a 8º C entre a noite de quinta e a madrugada de sexta-feira.

Ciclone bomba deixa ao menos 3 mortos no Sul; rajadas de vento passam dos 100 km/h

  Ciclone bomba deixa ao menos 3 mortos no Sul; rajadas de vento passam dos 100 km/h A massa de ar frio deve ingressar em São Paulo nesta quarta; velocidade dos ventos é equivalente a um furacão de categoria 1 na escala Saffir-Simpson . Outros quatro municípios do Paraná registraram rajadas de vento acima dos 100 km/h, de acordo com o Simepar: Ubiratã (centro-oeste), Palmas (centro-sul), Guarapuava (centro-sul) e Campo Mourão (centro-oeste). TEMPO | Santa Catarina tem três mortos pelos temporais associados à formação do ciclone bomba. Vendavais foram violentos e destrutivos em algumas cidades. Veja este vídeo com a força arrasadora do vento. pic.twitter.com/S8165icGeT — MetSul.

Um ciclone bomba e tempestades com ventos de 100 km/h atingiram Santa Catarina nesta terça-feira (30) e provocaram estragos em todo o estado . em Curitiba, ventos fortes causados pelo " Ciclone - Bomba ", que está agora na região sul do Brasil , leva telhado inteiro de uma casa

" É algo que ainda está sendo examinado, não é uma ameaça imediata em que você está vendo infecções, mas é algo que precisamos ficar de olho da mesma forma que fizemos em 2009, com a chegada da 'gripe suína' ' Ciclone - bomba ' causa estragos em SC e deixa mais 1,5 milhão sem luz.

Em cidades como Florianópolis e Balneário Camboriu, em Santa Catarina, a passagem do fenômeno deixou um rastro de destruição.

Nas redes sociais, dezenas de usuários registraram em vídeo momentos de pânico com a forte ventania e a chuva intensa.

https://twitter.com/metsul/status/1278094185166495747

De acordo com o meteorologista do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) Heráclio Alves, ciclones extratropicais são relativamente comuns e são formados por áreas de baixa pressão atmosférica.

Este que passa pelo Brasil surgiu próximo ao Paraguai e vai cruzar diversas regiões continentais até chegar ao oceano, onde ainda atua por algum tempo e depois perde força.

"Ele causa basicamente ventos mais fortes, muita chuva, e a partir daí que se formam as frentes frias. Entre ontem e hoje, foram registradas rajadas de vento de 50 a 100 km/ h no Rio Grande do Sul.

Ciclone bomba mata 10 e segue com ventos de 130 km/h no Sul

  Ciclone bomba mata 10 e segue com ventos de 130 km/h no Sul Nove pessoas morreram em SC e um homem foi soterrado no RS. Reflexos de ciclone bomba causam ventos fortes no RJ e em SPO fenômeno é uma espécie de ciclone extratropical —formado em latitudes médias, distante dos trópicos—, mas ainda mais intenso.

O sistema causou chuvas intensas, que causaram inundações e deslizamentos de terra, além de ventos constantes de 55 km/h em Salvador. Há quatro anos, nenhum ciclone recebia classificação Invest na costa do Sul do Brasil . Do ponto de vista científico e de previsão, a grande notícia é que

O Brasil encerrou sua pior semana da pandemia do novo coronavírus em número de contágios, enquanto os Estados Unidos continuam sofrendo um aumento importante no registro de Todos queremos seguir com nossas vidas. Mas a dura realidade é que estamos longe do fim", acrescentou.

Amanhã, ele se desloca para o oceano, quando o passa a afetar mais a costa do país", afirmou o especialista do Inmet à BBC News Brasil.

As consequências, segundo ele, são ondas maiores e uma grande agitação no mar. Isso deve ocorrer na faixa que vai do Rio Grande do Sul até o Rio de Janeiro.

A Marinha emitiu um comunicado para alertar que a região Sul deve ter mar agitado e ondas de até 7 metros nas próximas horas. Algumas regiões montanhosas de Santa Catarina podem ter ventos de até 140 km/h.

Os vendavais que já estão sendo provocados pelo ciclone podem arrancar telhas de imóveis e causar tempestades.

Segundo o especialista do Inmet há cerca de um mês ocorreu outro ciclone como este. A diferença é que o último foi mais fraco e apenas tangenciou o Rio Grande do Sul, como fará desta vez em São Paulo.

'Não é hora de pescar'

O meteorologista do Centro de Gerenciamento de Emergências da Prefeitura de São Paulo (CGE) Thomaz Garcia disse que a previsão para São Paulo é uma queda nas temperaturas e chuva, mas sem a mesma intensidade das que ocorreram no último fim de semana.

Ciclone bomba: o que é o fenômeno que vem causando estragos no sul do Brasil

  Ciclone bomba: o que é o fenômeno que vem causando estragos no sul do Brasil São vários relatos de destruição, quedas de árvores, estruturas comprometidas e mortes pelos ventos que ultrapassaram os 100 km/hNa região Sudeste, os vendavais também foram sentidos nos últimos dois dias, mas de forma mais leve. Em São Paulo e no Rio de Janeiro, os ventos podem chegar a até 90 km/h nesta quarta. No litoral sul paulista, cerca de vinte embarcações foram levadas e destruídas pela tempestade.

Aviões que prometem impedir chuvas , ciclones detectados no Atlântico Sul no carnaval. O que será que está acontecendo com os LITORAIS do Brasil . Participe do telegram e grupo.

Ciclone – refere-se a um movimento de ar giratório que se apresenta em uma grande área, envolvendo centenas de quilômetros. A principal característica de um ciclone tropical desenvolvido é a sua coluna de ar ascendente em seu centro, que faz parte do processo de convecção atmosférica.

"Pode ocorrer chuvas isoladas nesta madrugada e início da manhã. A previsão é que ocorram ventos com rajadas de até 60 km/h, com uma grande queda da temperatura até pelo menos no fim de semana", afirmou Garcia.

Ele afirmou que a principal recomendação é se proteger e não entrar no mar.

"O ciclone vai causar uma grande agitação marítima com muita ressaca no litoral. Não é hora de sair para pescar. Esse ciclone causa uma queda abrupta de pressão atmosférica. No centro dele tem ar frio que gira em sentido horário causando ventos fortes e chuva", disse.

Nesta terça-feira, o Corpo de Bombeiros do Estado informou que foram registrados 50 chamados para quedas de árvores nas últimas horas na cidade de São Paulo. O porta-voz dos bombeiros, o major Marcos Palumbo, disse que a provável causa são "ventos fortes de até 53 km/h".

O registro mais grave, segundo ele, foi a queda de uma árvore de grande porte sobre duas casas na Vila Mariana, na capital. Ninguém ficou ferido.

  • Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

https://www.youtube.com/watch?v=s-59RbDMsCw

https://www.youtube.com/watch?v=r-PsxLOZYTs

https://www.youtube.com/watch?v=Qy__1YygWzw&

Novo ciclone passa por Santa Catarina nesta terça .
Evento climático não é do tipo bomba e promete ventos menos intensos que os registrados na semana passadaO novo ciclone deve ser menos intenso e não é classificado como ciclone bomba. De qualquer forma, o fenômeno vai passar por um estado com estruturas e casas ainda bastante abaladas pelo evento da semana passada. Segundo a meteorologista da Gilsânia Cruz, da Epagri/Ciram, os ventos nesta terça e quarta-feira devem ficar entre 60km/h e 80km/h, abaixo da média dos 100 km/h registrados anteriormente.

—   Compartilhe notícias nas redes sociais
usr: 49
Isto é interessante!