Brasil Covas assina protocolo e confirma abertura de academias a partir de segunda-feira

01:52  11 julho  2020
01:52  11 julho  2020 Fonte:   estadao.com.br

São Paulo reabre bares, restaurantes e academias na 2ª feira

  São Paulo reabre bares, restaurantes e academias na 2ª feira Cidade entra na chamada 'fase amarela'. Etapa está prevista para durar 28 diasO tucano disse também que os setores que já haviam sido reabertos poderão ampliar o tempo de funcionamento de 4 para 6 horas.

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), deve assinar na próxima sexta- feira (10) o decreto que vai permitir a reabertura de 2.jul.2020 - Cerca de 50 pessoas formam fila em frente de academia na Lapa, no centro do Rio, à espera de reabertura Imagem: Herculano Barreto Filho/UOL.

Prefeitura de SP vai anunciar reabertura de parques e academias para próxima segunda - feira - Notícias - Notícias - Band.com.br. O prefeito de São Paulo, Bruno Covas , confirmou nesta quinta-feira que 70 parques municipais serão reabertos a partir de segunda , dia 13

As academias poderão reabrir em São Paulo a partir de segunda-feira com um limite de 30% da capacidade e restrição de entrada, mediante agendamento prévio dos alunos e com um limite de abertura de seis horas por dia. O prefeito Bruno Covas (PSDB) assinou na tarde desta sexta-feira, 10, um protocolo de entendimentos em que entidades que representam o setor se comprometem a seguir regras de segurança para evitar a propagação do coronavírus.

“Segunda-feira, vamos perder esse pneuzinho aí, heim”, disse Covas, em uma fala rápida durante a cerimônia de assinatura dos protocolo de segurança do setor, se dirigindo ao presidente da Câmara Municipal, Eduardo Tuma (PSDB), que participou da cerimônia.

SP libera reabertura parcial de academias e espaços culturais para cidades na fase amarela

  SP libera reabertura parcial de academias e espaços culturais para cidades na fase amarela Willian revela conversa com Lampard e comemora confiança no Chelsea: 'Você pode errar'

A cidade de São Paulo vai reabrir 70 de seus mais de 100 parques a partir da próxima segunda - feira (13), inclusive seus dois maiores, o Ibirapuera e o Parque do Carmo. "Apenas 40% da capacidade, teremos controle na entrada, é obrigatória a utilização de máscaras

Bruno Covas (PSDB), prefeito de São Paulo, divulgou, nesta quinta-feira (9), que academias e 70 parques municipais serão reabertos na segunda - feira (13), após ficarem fechados como medida restritiva contra o avanço do coronavírus.. A capital paulista tem, no total

Aulas em grupo continuam suspensas e haverá restrição para o uso de bebedouros e vestiários, que devem ter banheiros abertos mas os chuveiros fechados. Os alunos terão de levar suas próprias garrafas de água e demais materiais de higiene, como toalhas. Os equipamentos, como pesos e aparelhos de musculação, terão de ser higienizados no mínimo a cada duas horas mas, preferencialmente, a cada troca de aluno.

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), em uma sala de reuniões da Prefeitura © Daniel Teixeira/Estadão O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), em uma sala de reuniões da Prefeitura

Mesmo atividade ao ar livre, como corridas, terão de ser feitas de forma individual. Instrutores terão de pedir que os alunos levem suas próprias garrafinhas.

A Prefeitura ficou de divulgar mais detalhes sobre essa operação até o fim da tarde desta sexta, o que não ocorreu. As regras devem ser publicadas no Diário Oficial da Cidade deste sábado, 11.

Covas libera abertura de bares, restaurantes e salões; protocolo previa horário até as 22h

  Covas libera abertura de bares, restaurantes e salões; protocolo previa horário até as 22h Acordo entre Prefeitura de São Paulo e comerciantes foi alterado para ficar de acordo com as normas do governo do Estado, que limitam funcionamento até as 17 horasA Prefeitura de São Paulo havia negociado com os setores de bares e restaurantes que os horários de funcionamento parcial na cidade, enquanto durar a pandemia, poderia ser até as 22 horas, mas o horário teve de ser adaptado para se encaixar nas normas determinadas pelo governador do Estado, João Doria (PSDB). Os protocolos de segurança sanitária que liberam esses estabelecimentos, além de salões de beleza e barbearias, para funcionar a partir desta segunda-feira, 6, foram assinados na manhã deste sábado, 4.

Covas também anunciou que as academias de ginástica e empresas de audiovisual (como de propaganda, por exemplo) poderão retomar atividades presenciais na segunda - feira , 13. O protocolo de retomada será assinado nesta sexta-feira, 10, pelo prefeito e representantes dos setores.

A cidade de São Paulo vai reabrir academias e 70 parques municipais na próxima segunda - feira (13). O prefeito também disse que está finalizando um protocolo de segurança com as academias e o setor A reabertura dessas atividades a partir de segunda - feira deve ser anunciada amanhã.

Uma das justificativas para a reabertura das academias foi o papel que esses estabelecimentos têm na promoção da saúde pública. Após o governo do Estado informar que iria liberar as academias, cresceu a pressão para que os parques da cidade também fossem liberados – e a autorização para que eles também reabrissem se deu nesta quinta-feira, 9.

“O setor de academias, como todos sabem, estava previsto (para ser liberado) na fase 4 (do plano de reabertura econômica do Estado, o Plano São Paulo) e, recentemente, o governo do Estado antecipou, de forma mais criteriosa, com muito mais regras do que o previsto inicialmente, com apenas 30% da capacidade, e rapidamente nós conseguimos, nessa semana, conversar com a vigilância sanitária para poder assinar esse protocolo”, disse o prefeito.

Covas disse que a cidade está passando pelo processo de reabertura “sem até agora repetir os erros que a gente tem visto mundo afora de cidades que tiveram processo de flexibilização e, alguns dias depois, tiveram de retroceder, e voltar a fechar, voltar a decretar lockdown”.

As regras são uma determinação do governo do Estado, e valem para todas as cidades que estão na fase 3, amarela, do Plano São Paulo.

Prefeitura vai desativar parte do hospital de campanha do Anhembi a partir de agosto .
Prefeito Bruno Covas (PSDB) anunciou a medida em coletiva de imprensa nesta quinta-feira, 16A prefeitura afirma que, na mesma data, serão abertos leitos em outros dois hospital. No hospital da Brasilândia, serão abertos mais 132 leitos de enfermaria permanentes e dois terços dos funcionários do Anhembi serão reaproveitados nessa unidade. Profissionais de Saúde que estão trabalhando no hospital de campanha serão deslocados para essa unidade. No hospital Sorocabana, também em 1º de agosto, serão abertos 60 novos leitos de enfermaria.

—   Compartilhe notícias nas redes sociais
usr: 19
Isto é interessante!