Brasil Brasil registra novo recorde diário de mortes por Covid e passa de 90 mil óbitos

00:52  30 julho  2020
00:52  30 julho  2020 Fonte:   reuters.com

Como curva de mortes por covid-19 do Brasil se compara às de outros países

  Como curva de mortes por covid-19 do Brasil se compara às de outros países Diversos países discutem os temores de uma segunda onda de covid-19 mas há casos — como o do Brasil — em que a primeira onda ainda não acabou.E desde então o país não baixou mais a sua média diária de mortes — sempre oscilando próximo dessa marca de mil vítimas por dia.

Na semana passada , depois de uma segunda-feira com 20.257 novos casos, o Brasil registrou o recorde diário de 67.860 infecções na quarta-feira e passou Bahia, Pará, Maranhão e Minas Gerais completam o grupo de sete Estados brasileiros com mais de 100 mil casos confirmados de Covid -19.

Rio de Janeiro registra terceiro maior número de casos no país. O Brasil registrou mais 23.284 casos confirmados de Mortes por covid -19 no Brasil passam de 75 mil . O Brasil bateu um novo recorde diário de casos confirmados de covid -19 em 22 de julho, ao registrar 67.860 infecções em

. © Reuters/Bruno Kelly .

Por Pedro Fonseca

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O Brasil atingiu nesta quarta-feira novo recorde de mortes registradas em 24 horas por Covid-19, com mais 1.595 óbitos, elevando o total de vítimas fatais da doença no país a 90.134, e também registrou um novo recorde de casos confirmados, com mais 70.074 notificações, totalizando 2.553.265, de acordo com dados do Ministério da Saúde.

Os números nacionais desta quarta-feira foram impactados por uma atualização de dados da véspera do Estado de São Paulo que não foram contabilizados na terça-feira devido a um problema técnico. Somente em SP foram incluído no sistema nesta quarta 26.453 novos casos e mais 713 óbitos.

O recorde anterior de mortes registradas em 24 horas por Covid-19 no Brasil era do dia 4 de junho, com 1.473 óbitos, enquanto o maior número de casos registrados em um dia havia ocorrido em 22 de julho, com 67.860.

Na semana passada, o Brasil registrou seu maior número de casos semanais desde o início da pandemia, com 319.653 infecções, indicando que enfrenta seu pior momento desde que foi atingido pela crise do coronavírus.

Com 100 mil mortes, Covid mata em menos de 6 meses mesmo número de brasileiros que HIV matou em 9 anos .
SAUDE-CORONAVIRUS-100MIL:Com 100 mil mortes, Covid mata em menos de 6 meses mesmo número de brasileiros que HIV matou em 9 anosBRASÍLIA/RIO DE JANEIRO (Reuters) - Castigado há séculos por epidemias e surtos dos mais variados tipos, o Brasil não é estranho a crises de saúde. Até hoje, no entanto, nenhum dos flagelos que atingem os brasileiros periódica ou continuamente matou tantos em tão pouco tempo como a Covid-19.

—   Compartilhe notícias nas redes sociais
usr: 1
Isto é interessante!