Brasil Idosa de 87 anos é suspeita de matar filho a golpes de picareta

22:12  01 agosto  2020
22:12  01 agosto  2020 Fonte:   correiobraziliense.com.br

Homem acusado de homicídio é preso após tentar receber auxílio emergencial na Bahia

  Homem acusado de homicídio é preso após tentar receber auxílio emergencial na Bahia Suspeito teria matado idosa de 83 anos em 2015 Um homem de 25 anos foi preso na cidade de Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador, na manhã desta quinta-feira (23) quanto tentava sacar o auxílio emergencial em uma agência bancária. O rapaz, que não teve seu nome divulgado, é acusado de ter assassinado a facadas a idosa Maria Felipa de Jesus, de 83 anos, que vivia em Gandu, no interior do estado. O crime aconteceu em 2015 dentro da residência dela.

  Idosa de 87 anos é suspeita de matar filho a golpes de picareta © Reprodução O crime bárbaro que chocou os moradores do bairro Bacuri, no Maranhão, aconteceu nessa madrugada (01). Segundo a polícia, Adão Conceição Carvalho, de 46 anos, dormia quando foi brutalmente assassinado com golpes de picareta. A principal suspeita de cometer o crime é a própria mãe, uma idosa de 87 anos que não teve o nome divulgado mas foi presa em flagrante.

“Foi apresentada uma picareta sem cabo, com cerca de 28 a 30 centímetros de uma ponta a outra, mas só o trabalho pericial dirá o peso e dimensões exatas. Os peritos já iniciaram os trabalhos de verificação de compatibilidade das lesões com o instrumento apresentado, suas condições de manuseio e objetos arrecadados”, disse o delegado plantonista que fez o flagrante, Carlos Andrade.

Homem surta em MG e faz de refém filho de 11 anos, que foi ameaçado com um machado

  Homem surta em MG e faz de refém filho de 11 anos, que foi ameaçado com um machado Resgate do menino e prisão do pai só foi possível graças a uma operação de guerra do Bope de Belo Horizonte; homem já está internado no Hospital Galba Veloso, na capitalO sábado começou tenso, em Angelândia. Desde as primeiras horas da manhã, a Polícia Militar da cidade foi chamada para salvar um garoto, que estava sob ameaça de morte de seu pai, que empunhava um machado e um facão.

Os ferimentos atingiram principalmente o pescoço e a cabeça de Adão, mas não houve tempo de socorrê-lo. Na casa onde aconteceu o crime, dormiam além do filho assassinado e da mãe, a mulher dele, que já prestou depoimento à polícia. A idosa de 87 anos, segundo os parentes, faz uso de medicação controlada e sofre de mal de Alzheimer, mas a família não apresentou nenhum laudo ou documento que ateste a doença. O delegado já solicitou exames para saber se ela tem condições de responder pelos próprios atos.

“Apesar da prisão em flagrante, a autoria segue em apuração. Estou agilizando a comunicação da prisão para que a autoridade judiciária avalie a regularidade da prisão e eventual manifestação ao Ministério Público sobre a necessidade de prisão preventiva. Espero que seja rápida a deliberação do juiz acerca da possibilidade de concessão de liberdade porque se trata de uma idosa de 87 anos, presa em situação de pandemia”, detalhou Carlos Andrade sobre a prisão.

Antifeminista suspeito de matar filho de juíza nos EUA é vinculado a outra morte

  Antifeminista suspeito de matar filho de juíza nos EUA é vinculado a outra morte O falecido advogado antifeminista Roy Den Hollander, o principal suspeito de matar o filho de uma juíza federal de Nova Jersey, foi ligado ao assassinato de um defensor dos direitos dos homens na Califórnia neste mês, informou o FBI na quarta-feira. "Enquanto o FBI continua sua investigação do ataque à casa da juíza norte-americana Esther Salas, estamos em contato com o escritório do chefe de polícia de San Bernardino, Califórnia, e temos evidências que vinculam o assassinato de Marc Angelucci ao suspeito Roy Den Hollander", disse a polícia federal de Newark, Nova Jersey em sua conta no Twitter.

Autoria

Segundo a polícia, a idosa não negou nem afirmou a autoria do crime. Contou que foi chamada pela nora para ver o estado em que o filho estava, coberto de sangue, mas se mostra confusa, disse que não sabe como ele morreu. A mulher de Adão relatou que acordou com o barulho da ação praticada pela suposta autora, a mãe da vítima.

“A mulher dele (vítima) diz que a viu agindo e a idosa por sua vez não dá o menor sinal ou consegue acusar quem quer que seja. O trabalho pericial vai verificar a compatibilidade das lesões com o instrumento supostamente usado, vamos fazer a oitiva de vizinhos e um aprofundamento da pesquisa sobre as relações da vítima com a mãe, a mulher e outras pessoas. Cada caso apresenta seu próprio grau de evidência e, quando o delegado decide fazer a prisão em flagrante, ainda que sob informações preliminares, é o suficiente para a imposição da prisão em flagrante”, explicou o delegado.

Polícia prende amigo de homem picado por naja por suspeita de ocultação de 16 serpentes .
A Polícia Civil do Distrito Federal prendeu Gabriel Ribeiro, estudante de medicina veterinária e amigo de Pedro Lamhkun, jovem picado por naja há duas semanas e suspeito de participar de um esquema de tráfico de animais selvagens no DF. Segundo as autoridades, Gabriel estaria tentando ocultar evidências e atrapalhar o curso da investigação, que suspeita de uma extensa cadeia de tráfico de animais entre jovens de classe média alta. Outro alvo daA Polícia Civil do Distrito Federal prendeu Gabriel Ribeiro, estudante de medicina veterinária e amigo de Pedro Lamhkun, jovem picado por naja há duas semanas e suspeito de participar de um esquema de tráfico de animais selvagens no DF.

—   Compartilhe notícias nas redes sociais
usr: 1
Isto é interessante!