Brasil Polícia prende suspeito ligado ao ataque em Botucatu

07:27  05 agosto  2020
07:27  05 agosto  2020 Fonte:   estadao.com.br

Polícia Civil prende suspeito de matar vereador em Munhoz, no Sul de Minas

  Polícia Civil prende suspeito de matar vereador em Munhoz, no Sul de Minas Crime ocorreu em maio. Suspeito foi preso no litoral paulista, para onde fugiu após o crimeO vereador foi morto no dia 18 de maio com um tiro na cabeça dentro do próprio carro no Centro de Munhoz. Segundo a Polícia Civil, o homicídio teria ocorrido por vingança, após uma briga em que o vereador e o suspeito teriam se envolvido em fevereiro.

A polícia informou que um casal com uma criança e mais um rapaz foram parados em uma abordagem de rotina da Polícia Rodoviária no pedágio de Itatinga, e depois foi descoberto que eles poderiam estar envolvidos no apoio aos criminosos do ataque em Botucatu . 2 de 6 Polícia prende grupo suspeito

Polícia prende suspeito de ataque em mesquita em Londres. Duração: 00:44 3 dias atrás.

Policiais do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), da Polícia Civil paulista, prenderam um homem que acreditam ter envolvimento com o ataque a agências bancárias em Botucatu, no interior do Estado. O assalto levou terror à cidade após explosões e confronto com policiais na madrugada da quinta-feira, 30. Um suspeito foi morto no dia do crime e dois policiais ficaram feridos.

Cerca de 200 policiais foram acionados para atender a ocorrência em Botucatu © REPRODUÇÃO Cerca de 200 policiais foram acionados para atender a ocorrência em Botucatu

Nesta terça-feira, 4, o Deic informou que a prisão ocorreu na segunda-feira, 3, em Sapopemba, zona leste da capital. Com o suspeito, foram apreendidos R$ 21,1 mil e quadro cédulas que os policiais dizem apresentar sinais de chamuscamento. Isso seria um indício de que o dinheiro foi obtido por meio da explosão da agência em Botucatu. No aparelho celular do suspeito, os policiais disseram que foi encontrado um mapa do deslocamento até a cidade situada a 230 quilômetros da capital.

A prisão foi realizada por policiais da 5ª Delegacia Patrimônio (Investigações sobre Roubo a Bancos). "A equipe desenvolveu apurações sobre o crime de organização criminosa envolvendo a quadrilha que agiu em Botucatu. A análise de informações obtidas permitiu identificar um dos participantes do ataque. O cerco aconteceu na Rua Lírio da Paz", informou o Deic em nota à imprensa. O homem foi autuado por organização criminosa.

Wajngarten reage a assalto e corre armado atrás de suspeito em SP .
Homem teria descido de uma moto e pedido o relógio do Secretário de Comunicação, que estava armado e correu atrás do suposto assaltante por cerca de dois quarteirões Wajngarten, que estava armado, reagiu e correu atrás do suposto assaltante . Uma pessoa que estava na rua passou uma rasteira em Otílio, que caiu. Wajngarten dominou o homem e acionou a Polícia Militar. Os policiais levaram todos para o 78 DP, onde Otílio foi detido em flagrante por tentativa de roubo. O advogado do suspeito, Edson Costa, disse que seu cliente negou o crime.

—   Compartilhe notícias nas redes sociais
usr: 10
Isto é interessante!