Brasil “O prédio tremeu, o chão subiu”, diz brasileira no Líbano

12:16  06 agosto  2020
12:16  06 agosto  2020 Fonte:   noticiasaominuto.com.br

++ Israel diz que não está envolvido com explosão em Beirute ++

  ++ Israel diz que não está envolvido com explosão em Beirute ++ (ANSA) - O governo de Israel "não está envolvido" com a devastadora explosão na região portuária de Beirute registrada nesta terça-feira (4), informaram fontes políticas oficiais, citadas pela TV pública do país. A declaração foi dada após as tensões dos últimos dias entre os países. Segundo as autoridades de segurança do Líbano, o incidente pode ter sido ocasionado por "materiais explosivos confiscados". A explosão ainda provocou o desabamento de um prédio de três andares e, de acordo com os relatos, existem pessoas presas sob os escombros.

“ O prédio tremeu , o chão subiu ”, diz brasileira no Líbano . Esportes 21:18. Renata Fan sai em defesa de D’Alessandro e discute no Jogo Aberto: ‘Ele + Após revelar bissexualidade, filho de Emílio Surita diz que pai o expulsou de casa + Nova gasolina brasileira chega em agosto e com preço maior.

“ O prédio tremeu , o chão subiu ”, diz brasileira no Líbano . Esportes 21:18. Renata Fan sai em defesa de D’Alessandro e discute no Jogo Aberto: ‘Ele + Após revelar bissexualidade, filho de Emílio Surita diz que pai o expulsou de casa + Nova gasolina brasileira chega em agosto e com preço maior.

Meirielly mora no Líbano há oito anos. Casada com um libanês, disse à reportagem que preferiu criar os quatro filhos no país © Getty Meirielly mora no Líbano há oito anos. Casada com um libanês, disse à reportagem que preferiu criar os quatro filhos no país

Meirielly Reis é brasileira e mora em Beirute. Ela mora em um bairro a 15 minutos da região portuária onde ocorreu a explosão na cidade ontem. Ela conta que se assustou com os estouros e sentiu os efeitos na sua residência.

“Na hora da explosão eu estava em casa. A primeira foi leve, a segunda mais forte e a terceira estrondante, como uma onda de energia e calor inundasse tudo por aqui. O prédio tremeu, o chão subiu. Tremia e voltava. Isso aconteceu quatro vezes. Eu achei que era um terremoto. Só pensei em sair de casa”, relatou à Agência Brasil.

Explosão em Beirute atingiu "gravemente" embaixada da Argentina

  Explosão em Beirute atingiu A embaixada da Argentina no Líbano foi atingida pela onda expansiva decorrente da forte explosão ocorrida nesta terça-feira na capital libanesa.Quinze pessoas, entre pessoal administrativo diplomático e local permanente,  trabalham na sede diplomática argentina. O prédio é alugado pelo estado argentino.

“ O prédio tremeu , o chão subiu ”, diz brasileira no Líbano . O Banco Mundial, que havia concordado em abril com um empréstimo de US$ 120 milhões ao Líbano em apoio ao setor de saúde, disse estar disposto a “reprogramar” esses recursos e “explorar financiamento suplementar”.

“ O prédio tremeu , o chão subiu ”, diz brasileira no Líbano . Esportes 21:18. Renata Fan sai em defesa de D’Alessandro e discute no Jogo Aberto: ‘Ele + Após revelar bissexualidade, filho de Emílio Surita diz que pai o expulsou de casa + Nova gasolina brasileira chega em agosto e com preço maior.

As janelas fechadas se romperam com a pressão e a onda avançou para dentro das casas. A janela da casa de Meirielly estava aberta, então os vidros não quebraram. Mas na garagem onde guarda o carro, isso ocorreu.

Depois de cinco minutos, uma nuvem vermelha invadiu todo o céu. Em seguida começou a cair pedaços de fragmentos, como uma chuva negra que cobriu toda a região. “Foi uma coisa muito assustadora”, lembra.

Meirielly mora no Líbano há oito anos. Casada com um libanês, disse à reportagem que preferiu criar os quatro filhos no país.

A brasileira contou que ainda não recebeu contato da embaixada do Brasil no país para avaliar a sua situação e que não conhece nenhum brasileiro que foi contactado.

Meirielly disse que não viu ainda nas ruas o tamanho do estrago. Isso porque a brasileira não teve coragem de sair de casa até o momento.

Papa Francisco pede orações para o Líbano

  Papa Francisco pede orações para o Líbano Pontífice comentou explosão que matou mais de 100 em Beirute"Rezemos pelas vítimas e por seus familiares e rezemos para que o Líbano, com o empenho de todos os seus componentes sociais, políticos e religiosos, possa enfrentar esse momento trágico e doloroso e, com a ajuda da comunidade internacional, superar a grave crise que está atravessando", disse Jorge Bergoglio durante a audiência geral desta semana.

“ O prédio tremeu , o chão subiu ”, diz brasileira no Líbano . Esportes 21:18. Renata Fan sai em defesa de D’Alessandro e discute no Jogo Aberto: ‘Ele + Após revelar bissexualidade, filho de Emílio Surita diz que pai o expulsou de casa + Nova gasolina brasileira chega em agosto e com preço maior.

“ O prédio tremeu , o chão subiu ”, diz brasileira no Líbano . Esportes 21:18. Renata Fan sai em defesa de D’Alessandro e discute no Jogo Aberto: ‘Ele + Após revelar bissexualidade, filho de Emílio Surita diz que pai o expulsou de casa + Nova gasolina brasileira chega em agosto e com preço maior.

Em nota, o Ministério das Relações Exteriores afirmou que não há registro de brasileiros feridos ou mortos. A pasta acompanha a situação.

“O Itamaraty seguirá acompanhando a situação por meio da Embaixada do Brasil em Beirute, em coordenação com a Divisão de Assistência Consular (DAC) em Brasília”, diz o comunicado.

O Itamaraty informou também que o telefone de plantão consular está disponível para os brasileiros vivendo no país. O número é +961 70108374. Também é possível entrar em contato com o núcleo de assistência a brasileiros do Ministério em Brasília por meio do e-mail: dac@itamaraty.gov.br.  Para quem deseja entrar em contato por telefone do Brasil o número é +55 61 98197-2284.

A Agência Brasil entrou em contato com o ministério sobre a assistência dada aos brasileiros no Líbano e aguarda retorno.

Em entrevista à Rádio Nacional, o presidente da União Líbano-Brasileira, Bassan Haddad, que mora em Beirute, disse que muitas casas foram prejudicadas. “Há muitos mortos e muitos feridos. Os mortos, eles estão ainda colhendo, está chegando na faixa de 300”, disse.

Além das perdas de vidas e dos feridos, o presidente da União Líbano-brasileira destaca que houve danos materiais significativos. “A região foi muito prejudicada. Shoppings, restaurantes, lojas, igrejas, mesquitas. Realmente, uma tragédia grande”, destacou.

Haddad relatou que estão vivendo “uma situação bem delicada”. Ele reforçou que as investigações até agora apontam para causa acidental. “É um acidente mesmo. Nada de atentado, nada de bomba. Isso foram boatos”, disse.

Ele acredita que o povo libanês e os moradores do país vão se recuperar. “Vamos sair dessa porque o Líbano já teve experiência. Sempre levanta novamente e vamos reconstruído”, espera.

Ouça matéria sobre a explosão em Beirute na Radioagência Nacional:

* Com informações da Rádio Nacional e Agência Brasil

Comitiva brasileira chefiada por Temer no Líbano terá também Paulo Skaf .
Publicado em edição extra do DOU. Dois senadores também viajam. Justiça autorizou ex-presidenteA comitiva será chefiada pelo ex-presidente Michel Temer (MDB), que ganhou na Justiça a autorização para sair do país. O emedebista (que é filho de imigrantes libaneses) é réu em ao menos 6 ações na Justiça e estava proibido de deixar o Brasil.

—   Compartilhe notícias nas redes sociais
usr: 1
Isto é interessante!