BrasilCâmara aprova MP de auxílio a famílias de Brumadinho e aumenta valor a ser pago pelo governo

04:01  05 junho  2019
04:01  05 junho  2019 Fonte:   reuters.com

Bolsonaro não vetará MP caso Senado retire Coaf de Moro, diz porta-voz

Bolsonaro não vetará MP caso Senado retire Coaf de Moro, diz porta-voz Bolsonaro não vetará MP caso Senado retire Coaf de Moro, diz porta-voz

O Plenário aprovou a MP 875 que autoriza o pagamento de auxílio emergencial a famílias de baixa renda atingidas pelo rompimento da barragem em A proposta inicial do governo consistia em pagar uma parcela única de R$ 600 aos atingidos, mas o valor foi bastante criticado por parlamentares.

Os deputados aprovaram a medida provisória de ajuda emergencial às vítimas do rompimento da barragem de Brumadinho . O texto que segue para o Senado amplia o valor proposto pelo governo e prevê um salário mínimo a ser pago durante 12 meses aos atingidos. O Plenário está pronto para

Câmara aprova MP de auxílio a famílias de Brumadinho e aumenta valor a ser pago pelo governo© Reuters Plenário da Câmara dos Deputados

BRASÍLIA (Reuters) - A Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira a medida provisória que institui um auxílio emergencial para famílias residentes em Brumadinho, cidade de Minas Gerais atingida por rompimento de barragem da Vale, e decidiu aumentar o valor a ser pago pelo governo a esses beneficiários.

Câmara aprova MP de auxílio a famílias de Brumadinho e aumenta valor a ser pago pelo governo
App Microsoft Notícias
Baixe Agora
Publicidade para Android e iOS

Terão direito ao auxílio famílias que participam do Bolsa Família, do Benefício de Prestação Continuada e da Renda Mensal Vitalícia. A MP segue ao Senado.

O texto original da medida estabelecia o pagamento de uma parcela única de 600 reais. Deputados aprovaram, no entanto, uma emenda para alterar a medida e prever o pagamento de um salário mínimo a essas famílias em doze parcelas.

Comissão da Câmara aprova criação de tarifa única de energia no Brasil

Comissão da Câmara aprova criação de tarifa única de energia no Brasil Comissão da Câmara aprova criação de tarifa única de energia no Brasil

Plenário tem só uma MP na fila, que autoriza o pagamento de um auxílio emergencial de 600 reais para as famílias atingidas pelo rompimento da barragem de Brumadinho , em Minas. O tema é consensual entre os partidos e deve ser aprovado sem problemas. Na pauta ainda a Proposta de

A falta de participação dos funcionários na tomada de decisões foi um dos motivos para que deputados da oposição tentassem barrar a votação. Além disso, o trabalhador precisará da permissão do patrão para "vender" 10 dias. O valor , nesse caso, também poderá ser pago junto com a gratificação natalina.

Deputados também aprovaram emenda que submete os profissionais que atuaram em Brumadinho a acompanhamento médico para avaliação e tratamento de patologias oriundas da exposição à lama tóxica, aos rejeitos e ao ambiente diretamente ligado ao desastre.

Em janeiro, uma barragem de rejeitos de mineração operada pela Vale em Brumadinho rompeu, devastando toda uma instalação administrativa da Vale —incluindo um refeitório onde funcionários da mineradora almoçavam. O desastre na mina Córrego do Feijão lançou uma onda de lama que também destruiu uma pousada e parte da cidade de Brumadinho, deixando mais de 200 mortos.

(Reportagem de Maria Carolina Marcello)

_______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Senadores fecham acordo para não votar MP que muda Código Florestal

Senadores fecham acordo para não votar MP que muda Código Florestal Senadores fecham acordo para não votar MP que muda Código Florestal

Vale aumentará produção de minério de ferro para nível pré-crise, diz ministro. Continuidade de auxílios mensais aos atingidos de Brumadinho é incerta. CPI suspeita de pressão do governo para liberar barragem da Vale. A evacuação de pessoas não poderia ser realizada pela Defesa Civil.

Coronavírus: Câmara aprova auxílio de R0 para pessoas de baixa renda - Продолжительность: 7:20 Catraca Livre 28 610 просмотров. Novo Benefício Social No Valor De R$ 499 Quem Terá Direito?

Vídeo: MG: moradores de Cocais vivem à espera da lama (Estadão)

Leia Mais

Mudança no abono salarial da reforma pode custar R$ 80 bilhões.
Mudança no abono salarial da reforma pode custar R$ 80 bilhões

—   Compartilhe notícias nas redes sociais
usr: 1
Isto é interessante!