Brasil Volta às aulas não é tema do Ministério da Educação, diz Milton Ribeiro

15:17  24 setembro  2020
15:17  24 setembro  2020 Fonte:   poder360.com.br

Volta às aulas do Colégio Militar de BH provoca reação generalizada

  Volta às aulas do Colégio Militar de BH provoca reação generalizada Escolas particulares questionam precedente aberto por decisão que reabrirá instituição federal em BH, enquanto pais se dividem e apreensão cresce entre alunos e professoresA possível retomada das aulas presenciais levanta diversas perguntas e opiniões, mas poucas respostas. A coordenadora-geral do Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sind-UTE), Denise Romano, comenta sobre a longa suspensão das aulas e se posiciona contra a volta de forma não planejada. “No início da pandemia, havia um processo de negação quanto à contaminação por COVID-19 e como afetaria o país, o estado.

O ministro da Educação , Milton Ribeiro , afirmou que a volta às aulas não é 1 tema a ser decidido por ele, mas por Estados e municípios. A declaração foi feita em entrevista concedida ao O Estado de São Paulo, publicada nesta 5ª feira (24.set.2020).

O plano de volta às aulas em São Paulo prevê um retorno com apenas 20% dos alunos, tanto na educação A proposta vem sendo discutida pela Secretaria da Educação da gestão João Doria (PSDB) “Quando apresentamos essa ideia aos municípios, a preocupação foi unânime”, diz Márcia

O ministro da Educação, Milton Ribeiro, em sua cerimônia de posse no Palácio do Planalto © Isaac Nóbrega/PR O ministro da Educação, Milton Ribeiro, em sua cerimônia de posse no Palácio do Planalto

O ministro da Educação, Milton Ribeiro, afirmou que a volta às aulas não é 1 tema a ser decidido por ele, mas por Estados e municípios. A declaração foi feita em entrevista concedida ao O Estado de São Paulo, publicada nesta 5ª feira (24.set.2020).

“Não temos o poder de determinar [a volta às aulas]. Por mim, voltava na semana passada, uma vez que já superamos alguns itens, saímos da crista da onda e temos de voltar. Mas essa volta deverá ser de acordo com os critérios de biossegurança”, disse.

Domingo em BH será de luta contra e a favor da volta às aulas

  Domingo em BH será de luta contra e a favor da volta às aulas Sindicato dos professores da educação marcam protesto em resposta a manifestação do grupo de pais que pede volta às aulas e ao anúncio de retorno do Colégio Militar Os trabalhadores em educação das escolas municipais de Belo Horizonte realizarão uma carreata com concentração na Praça da Estação, contra o retorno das atividades presenciais nas escolas municipais da cidade. Embora ainda não haja previsão oficial para o retorno das atividades em 2020 por parte do poder público, o recente anúncio de retomada do funcionamento do Colégio Militar abriu um precedente perigoso para a saúde dos trabalhadores.

Antes de Ribeiro , comandaram o Ministério da Educação (MEC) no governo Bolsonaro: Carlos Alberto Decotelli (26 de junho a 1º de julho 2020): o ministro Apesar da divulgação do documento, ainda não há uma data prevista para a volta às aulas presenciais em todo o país – essas atividades

Aula Espetáculo de Ariano Suassuna no TST - Продолжительность: 1:04:16 Tribunal Superior do Trabalho 2 920 741 просмотр. Reinaldo Azevedo: A Lava Jato, causa do abismo do país, não resiste aos fatos - Продолжительность: 17:50 Rádio BandNews FM 13 872 просмотра.

“A lei é clara. Quem tem jurisdição sobre escolas é Estado e município. Não temos esse tipo de interferência. Se eu começo a falar demais, dizem que estou querendo interferir; se eu fico calado, dizem que se sentem abandonados”, afirmou.

Sobre a dificuldade de alunos brasileiros em ter acesso a internet, problema evidenciado pela pandemia de covid-19, o ministro disse que essa é uma questão que também é de responsabilidade dos Estados e municípios.

“Esse problema só foi evidenciado pela pandemia, não foi causado pela pandemia. Mas hoje, se você entrar numa escola, mesmo na pública, é um número muito pequeno que não tem o seu celular. É o Estado e o município que têm de cuidar disso aí. Nós não temos recurso para atender. Esse não é um problema do MEC, é um problema do Brasil. Não tem como, vai fazer o quê? É a iniciativa de cada 1, de cada escola. Não foi 1 problema criado por nós. A sociedade brasileira é desigual e não é agora que a gente, por meio do MEC, vai conseguir deixar todos iguais”, afirmou.

Assista neste domingo à entrevista com Jair Ribeiro

  Assista neste domingo à entrevista com Jair Ribeiro Falou ao programa Poder em Foco. Parceria editorial: Poder360 e SBT.O programa semanal é realizado por meio de parceira editorial entre o SBT e o jornal digital Poder360. Vai ao ar por volta da meia-noite (sempre depois do Programa Silvio Santos).

Ministro da Educação participa de reunião no Congresso e diz que MEC prepara protocolo de biossegurança para a volta às aulas presenciais. "Se dependesse de mim, as aulas voltariam amanhã", disse . "Temos de considerar as questões de segurança e também o MEC não tem poder

Portal do MEC, agora, é gov.br/mec. Nosso portal está em migração para a plataforma única do Governo Federal. Encontre notícias, serviços, programas e conteúdos institucionais do Ministério da Educação .

Indagado sobre o Ministério da Educação trabalhada para reduzir desigualdades, Ribeiro afirmou que “em termos” sim. “O MEC, em termos, né? Essa é uma responsabilidade de Estados e municípios, que poderiam verificar e ter as iniciativas para tentar minimizar esse tipo de problema. Alguns já fizeram. Algumas universidades federais deram até tablet”, disse.

Milton Ribeiro também admitiu que foi cobrado pelo presidente Jair Bolsonaro por ter recebido a deputada Tabata Amaral (PDT-SP) em seu gabinete. Após o encontro, a congressista postou uma foto ao lado do ministro nas redes sociais. Ele disse que não recebeu a deputada individualmente.

“Não [recebi]. Eu recebi a Comissão Externa da Câmara, que os 2 [além de Tabata, o ministro se referiu ao deputado Felipe Rigoni (PSB-ES)] integram e acompanham o trabalho do MEC”, declarou.

“Ele [Bolsonaro] queria entender porque a Tabata publicou uma foto. Eu falei ao presidente que recebi a comissão. É diferente isso. A mídia conservadora estranhou o fato de tê-los recebido, mas eu não vou mudar”, disse.

A lição que vem da Europa

  A lição que vem da Europa Enquanto Brasil discute retorno às escolas, Velho Continente adota medidas que podem servir de exemplo, em meio a diretriz da OMS para retomada e alerta para 2ª onda da pandemiaEspecial para o EM

Milton Ribeiro tem 62 anos, nasceu em Santos, no litoral de São Paulo, é teólogo e advogado, com doutorado em Educação . Ele é pastor da Igreja Presbiteriana. Foi nomeado pelo presidente Jair Bolsonaro, em maio de 2019, para a comissão de ética pública ligada à presidência da república

16.07.2020 - Milton Ribeiro toma posse como ministro da Educação , no Palácio do Planalto. Presidente Jair Bolsonaro participa da cerimônia por videoconferência.

O ministro também falou sobre seu posicionamento em relação ao educador Paulo Freire.

“Tive a pachorra de ler o texto mais famoso dele, que é a “Pedagogia do Oprimido”. Eu desafio um professor e um acadêmico que venha me explicar onde ele quer chegar com as metáforas, com os valores. Ele transplanta valores do marxismo e tenta incluir dentro do ensino e da pedagogia”, afirmou.


Veja mais no MSN Brasil

Trump diz que não é fã de Meghan Markle

Educação Ambiental: o que é e como surgiu .
A Educação Ambiental surge como crítica aos modelos societários construídos sobre pilares insustentáveis Imagem de Priscilla Du Preez em Unsplash A Educação Ambiental pode ser entendida como “os processos por meio dos quais o indivíduo e a coletividade constroem valores sociais, conhecimentos, habilidades, atitudes e competências voltadas para a conservação do meio ambiente, bem de uso comum do povo, essencial à sadia qualidade de vida e sua sustentabilidade”, de acordo com a Política Nacional de Educação Ambiental.

usr: 1
Isto é interessante!