Brasil MPSP investiga mais de 20 denúncias de abuso sexual de nutrólogo

13:41  29 setembro  2020
13:41  29 setembro  2020 Fonte:   noticiasaominuto.com.br

Flagra de estupro de criança choca Manaus

  Flagra de estupro de criança choca Manaus Idoso foi pego em flagrante quando estuprava uma menina de 10 anos em um matagal, perto do do shopping Manaus Via Norte. “Um cidadão viu o idoso entrando na mata com uma menina, e acharam estranho aquela cena e decidiram acompanhar”, disse o tenente Ricardo Lima ao portal de notícias Manaus Alerta. “Foi quando ouviram gritos da criança e ao se aproximar notou-se a menina sem roupa, e o homem cometendo os abusos.”O acusado tentou fugir do local, mas acabou sendo detido e e levado à delegacia.

O Ministério Público de São Paulo ( MPSP ) abriu investigação para apurar denúncias de abuso sexual por pacientes do nutrólogo Abib Maldaun Neto. A promotoria informou que foi procurada por 21 mulheres que relataram condutas indevidas do médico. O Conselho Regional de Medicina do Estado

Registro de Maldaun Neto foi suspenso cautelarmente enquanto ele é investigado pelo Ministério Público de São Paulo. São Paulo - O Ministério Público de São Paulo ( MPSP ) abriu investigação para apurar denúncias de abuso sexual por pacientes do nutrólogo Abib Maldaun Neto.

A promotoria informou que foi procurada por 21 mulheres que relataram condutas indevidas do médico © Shutterstock A promotoria informou que foi procurada por 21 mulheres que relataram condutas indevidas do médico

O Ministério Público de São Paulo (MPSP) abriu investigação para apurar denúncias de abuso sexual por pacientes do nutrólogo Abib Maldaun Neto. A promotoria informou que foi procurada por 21 mulheres que relataram condutas indevidas do médico.

O Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp) informou que suspendeu cautelarmente o registro do médico devido às denúncias de abuso. “A suspensão é válida por seis meses, podendo ser renovada por igual período e, neste prazo, o registro profissional do médico ficará suspenso em todo o território nacional”, enfatiza a nota de entidade.

Abuso sexual: MP de São Paulo cria canal de denúncia contra nutrólogo

  Abuso sexual: MP de São Paulo cria canal de denúncia contra nutrólogo Abib Maldaun Neto é acusado de cometer abuso sexual dentro do próprio consultório na capital paulista O Ministério Público do estado de São Paulo disponibilizou um canal para receber denúncias de pacientes contra o médico nutrólogo Abib Maldaun Neto. Ele é acusado de cometer abuso sexual dentro do próprio consultório, no bairro dos Jardins, na capital paulista.“O médico já foi condenado em segunda instância por violação sexual mediante fraude pelo Tribunal de Justiça de São Paulo, mas continua atendendo com autorização do Conselho Regional de Medicina (Cremesp)”, diz o MP em nota divulgada.

Mais de 20 pacientes denunciam médico renomado de SP por abuso sexual durante consulta. Conselho Regional de Medicina de São Paulo decidiu afastar temporariamente o nutrólogo Abib Maldaun Neto.

Pais acusam a organização de crimes como abuso físico e psicológico de jovens e crianças. Tais delações foram protocoladas no Ministério Público de São Paulo ( MPSP ) após o Metrópoles revelar Além das denúncias de abusos sexuais , há relatos de maus-tratos, alienação parental e abuso

Maldaun Neto responde ainda a processos ético-profissionais e a sindicâncias no Cremesp em razão das denúncias, que correm em sigilo. O médico também responde na Justiça a um processo sigiloso devido a acusações de abuso de pacientes durante as consultas.

De acordo com a defesa de Maldaun Neto, o médico está recorrendo da condenação em primeira instância.

“Mantenho a consciência tranquila, pois em décadas arduamente dedicadas à medicina jamais pratiquei qualquer ato imoral ou ilegal contra qualquer paciente ou cidadão. Sempre atuei de forma ética, integra e profissional zelando pela dignidade da honrosa profissão a qual dedico a minha vida, por esta razão sempre colaborei com o processo, comparecendo em todos os atos e me colocando à disposição da justiça a fim de que a verdade real dos fatos seja devidamente comprovada”, diz a nota no médico divulgada na página de seu consultório.

Com informações da Agência Brasil.

Moçambique: Suspeitos de abuso sexual de menor são alvo de processo-crime .
Procuradoria Provincial de Maputo anuncia a instauração de um processo-crime contra sete pessoas, incluindo um agente da polícia, suspeitas de abuso de uma menor de 13 anos. ONG denuncia tentativa de manipulação do caso. © DW/L. Matias Tribunal Judicial da Província Maputo (Foto ilustrativa) O grupo vai responder pelos crimes de violação, ministração de substância nociva à saúde, corrupção e utilização de menores na pornografia, refere um comunicado da Procuradoria Geral da República (PGR) este sábado (03.10).

usr: 3
Isto é interessante!