Brasil: Greve geral: bancários de São Paulo e Rio de Janeiro decidem aderir - PressFrom - Brasil

BrasilGreve geral: bancários de São Paulo e Rio de Janeiro decidem aderir

21:21  12 junho  2019
21:21  12 junho  2019 Fonte:   veja.abril.com.br

Greve geral ao vivo: acompanhe paralisações e protestos pelo país

Greve geral ao vivo: acompanhe paralisações e protestos pelo país Greve geral ao vivo: acompanhe paralisações e protestos pelo país

Informações e serviços para bancários ; convênios e parcerias; acordos coletivos dos bancários ; jurídico e saúde; endereço e telefone do Sindicato dos Bancários . Assembleia dia 11 na Quadra define adesão à greve geral .

A greve geral no Brasil em 2017 aconteceu no dia 28 de abril, 100 anos depois da primeira greve geral , em junho de 1917. O movimento foi um protesto contra as reformas das leis trabalhistas, que posteriormente foram aprovadas

Greve geral: bancários de São Paulo e Rio de Janeiro decidem aderir © Rafaela Lara/VEJA.com Fachada de banco durante greve dos bancários, em 2016; categoria votou adesão à greve geral contra a reforma da Previdência, marcada para sexta-feira, 14

Os bancários decidiram aderir à greve geral prevista para a sexta-feira, 14, contra o projeto de reforma da Previdência. A categoria junta-se aos metroviários, ferroviários e motoristas de ônibus que já tinham confirmado participação no movimento.

Em assembleias na noite de terça-feira, 11, trabalhadores de bancos públicos e privados de São Paulo, Osasco e região e os empregados em estabelecimentos bancários e financiários do município do Rio de Janeiro decidiram aderir à greve. Trabalhadores do setor em outras partes do país também já manifestaram que devem participar do movimento. A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) informou que não vai se posicionar sobre o assunto.

Faltar ao trabalho por causa da greve pode gerar punições, dizem advogados

Faltar ao trabalho por causa da greve pode gerar punições, dizem advogados Faltar ao trabalho por causa da greve pode gerar punições, dizem advogados

Greve Geral de 1917 foi uma greve da indústria e do comércio do Brasil, ocorrida em julho de 1917 em São Paulo , durante a Primeira Guerra Mundial, promovida por organizações operárias de inspiração anarquista aliadas à imprensa libertária.

Medida é uma forma de pressionar bancários e bancárias a aderirem ao PDV e faz parte, ainda, do pacote de desmonte do maior banco público do país. Centrais realizam plenária de organização da greve geral nesta terça-feira. A atividade também será realizada em Colatina, nesta quinta-feira, 06

Além dos bancários, metroviários, ferroviários, motoristas de ônibus, professores, entre outros, também já votaram adesão à greve. Em São Paulo, o Metrô conseguiu na terça-feira, 11, liminar para manter 100% do quadro de servidores nos horários de pico e 80% no restante. E a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) conseguiu liminar para manter 100% do quadro durante todo o horário de operação, de acordo com a Secretaria de Transportes Metropolitanos. “Essa é uma forma de tentar impedir que se realize a greve. Colocar parte do sistema em funcionamento é um grande risco”, disse o coordenador geral do Sindicato dos Metroviários, Wagner Fajardo.

Os motivos para a greve

A expectativa das principais centrais sindicais do país é de que as ruas fiquem vazias na sexta-feira. A reforma altera pontos importantes, como o fim da aposentadoria por tempo de contribuição, obrigatoriedade de idade mínima de 65 anos para homens e de 62 para mulheres, aumento do tempo mínimo de contribuição de quinze anos para vinte anos e acaba com o cálculo para chegar ao benefício baseado nos 80% dos maiores salários, entre outros.

Quarto advogado de Najila na acusação de estupro contra Neymar deve ser da Bahia

Quarto advogado de Najila na acusação de estupro contra Neymar deve ser da Bahia Quarto advogado de Najila na acusação de estupro contra Neymar deve ser da Bahia

Bancários aprovam adesão à Greve Geral do dia 14. 6 de junho de 2019 Finalíssima do Futsal Bancário será nessa sexta (7). Participe! Empregados pressionados a aderirem PDV da Caixa devem procurar os sindicatos. 29 de Janeiro de 2015 0 Nesta quinta (29) não haverá plantão jurídico no Sindicato.

Sindicalização fortalece defesa de direitos e traz centenas de outros benefícios ao sindicalizado e seus dependentes, como descontos em produtos e serviços. Sindicalize-se! Com a ampla retirada de direitos promovida…

A greve geral foi aprovada pelos trabalhadores no dia 1º de Maio, em ato das centrais sindicais, no Vale do Anhangabaú. A orientação da CUT às confederações, federações e sindicatos filiados em todos os setores foi aprovar a adesão em suas bases, por meio de assembleias com trabalhadores. Há categorias que farão assembleias ainda nesta semana, mas, de acordo com a CUT, a maioria já aprovou a adesão e vai participar.

_______________________________________________________________________________________________________

Galeria de fotos: Guerra de tomate, Trump em Londres e mais: as imagens da semana (Photos)

Greve geral: bancários de São Paulo e Rio de Janeiro decidem aderir
Greve geral: bancários de São Paulo e Rio de Janeiro decidem aderir
Greve geral: bancários de São Paulo e Rio de Janeiro decidem aderir
Greve geral: bancários de São Paulo e Rio de Janeiro decidem aderir
Greve geral: bancários de São Paulo e Rio de Janeiro decidem aderir
Greve geral: bancários de São Paulo e Rio de Janeiro decidem aderir
Greve geral: bancários de São Paulo e Rio de Janeiro decidem aderir
Greve geral: bancários de São Paulo e Rio de Janeiro decidem aderir
Greve geral: bancários de São Paulo e Rio de Janeiro decidem aderir
Greve geral: bancários de São Paulo e Rio de Janeiro decidem aderir
Greve geral: bancários de São Paulo e Rio de Janeiro decidem aderir
Greve geral: bancários de São Paulo e Rio de Janeiro decidem aderir
Greve geral: bancários de São Paulo e Rio de Janeiro decidem aderir
Greve geral: bancários de São Paulo e Rio de Janeiro decidem aderir
Greve geral: bancários de São Paulo e Rio de Janeiro decidem aderir
Greve geral: bancários de São Paulo e Rio de Janeiro decidem aderir
Greve geral: bancários de São Paulo e Rio de Janeiro decidem aderir
Greve geral: bancários de São Paulo e Rio de Janeiro decidem aderir
Greve geral: bancários de São Paulo e Rio de Janeiro decidem aderir
Greve geral: bancários de São Paulo e Rio de Janeiro decidem aderir
Greve geral: bancários de São Paulo e Rio de Janeiro decidem aderir
Greve geral: bancários de São Paulo e Rio de Janeiro decidem aderir
Greve geral: bancários de São Paulo e Rio de Janeiro decidem aderir
Greve geral: bancários de São Paulo e Rio de Janeiro decidem aderir
Greve geral: bancários de São Paulo e Rio de Janeiro decidem aderir
Greve geral: bancários de São Paulo e Rio de Janeiro decidem aderir
Greve geral: bancários de São Paulo e Rio de Janeiro decidem aderir
Greve geral: bancários de São Paulo e Rio de Janeiro decidem aderir
Greve geral: bancários de São Paulo e Rio de Janeiro decidem aderir
Greve geral: bancários de São Paulo e Rio de Janeiro decidem aderir
Greve geral: bancários de São Paulo e Rio de Janeiro decidem aderir

Metrô tem operação parcial em SP; saiba quais estações funcionam.
A greve geral convocada por sindicatos em oposição à reforma da Previdência do governo Jair Bolsonaro tinha a expectativa de paralisar os transportes e outras categorias. Na capital paulista, no entanto, apenas os metroviários aderiram à paralisação. Acompanhe a cobertura ao vivo da paralisação. Até às 8h, o Metrô-SP informava operação parcial nas linhas 1-azul, 2-verde e 3-vermelha. Na linha 1, a operação era entre as estações Ana Rosa, na zona oeste, e Luz, na região central. Na linha 2, os trens circulam entre a estação Clínicas, zona oeste, a Alto do Ipiranga, zona sul.

—   Compartilhe notícias nas redes sociais

Vídeos temáticos:

usr: 17
Isto é interessante!