Brasil: Cotada para presidir Funai, ex-diretora é alvo de processo por corregedoria da fundação - - PressFrom - Brasil

BrasilCotada para presidir Funai, ex-diretora é alvo de processo por corregedoria da fundação

01:02  13 junho  2019
01:02  13 junho  2019 Fonte:   estadao.com.br

Bolsonaro ameaça acabar com o povo indígena, diz líder Raoni

Bolsonaro ameaça acabar com o povo indígena, diz líder Raoni Bolsonaro ameaça acabar com o povo indígena, diz líder Raoni

Cotada para presidir Funai, ex-diretora é alvo de processo por corregedoria da fundação © André Borges/Estadão Prédio onde funciona a sede da Funai, no setor comercial sul de Brasília

BRASÍLIA – A ex-diretora da Fundação Nacional do Índio (Funai), Azelene Inácio, cotada para assumir o comando do órgão após a exoneração do presidente Franklimberg de Freitas, foi alvo, na semana passada, de um Processo Administrativo Disciplinar (PAD) movido pela corregedoria da fundação.

No dia 6 de junho, a Corregedoria da Funai reconduziu o PAD contra a servidora Azelene, após representação do Conselho Regional de Assistência Social de Santa Catarina, por suposto exercício ilegal da profissão. Azelene é acusada de assinar um laudo privativo da profissão de assistência social, sendo que ocupa um cargo de nível médio na Funai. Ela nega as irregularidades e se diz perseguida.

Presidente da Funai é exonerado do cargo

Presidente da Funai é exonerado do cargo Presidente da Funai é exonerado do cargo

Na portaria do PAD, o corregedor da Funai, Marcio Arcoverde Moraes, afirma seu “objetivo imediato de apurar a ocorrência de supostas irregularidades administrativas mencionadas no processo”. O prazo de conclusão do trabalho é de 60 dias.

Veja mais no MSN Brasil:
'Mais vítima vai aparecer', diz Moro a deputado (VEJA.com)
Fachin não prevê retrocesso na Lava Jato (Reuters)
Maioria do STF veta extinção de conselhos (VEJA.com)
Comissão da Câmara aprova convite para ouvir Moro (Estadão)

Próxima da bancada ruralista e da ministra do Mapa, Tereza Cristina, Azelene foi demitida da diretoria da Funai em janeiro, a pedido do ministro da Justiça e da Segurança Pública, Sérgio Moro. Azelene é alvo de investigações do Ministério Público Federal, que apontou irregularidades em sua conduta dentro da Funai, resultando em situações de “conflitos de interesse”.

Toffoli deve marcar julgamento sobre descriminalização da maconha para 2º semestre

Toffoli deve marcar julgamento sobre descriminalização da maconha para 2º semestre Toffoli deve marcar julgamento sobre descriminalização da maconha para 2º semestre

Ela e seu marido, Ubiratan de Souza Maia, também aparecem em uma ação civil pública, de 2008, do MPF, relacionada à construção do complexo portuário Porto Brasil, no litoral sul de São Paulo. Souza Maia chegou a ser condenado em outro processo envolvendo arrendamento de terras indígenas em Santa Catarina. Ela se diz perseguida pelo MPF e nega irregularidades.

A ex-diretora da Funai defende temas como a abertura de parcerias entre indígenas e agricultores para plantio em terras indígenas, prática que hoje é proibida por lei. A saída de Azelene da Funai foi conturbada. Moro pediu sua exoneração do cargo na primeira semana de janeiro, mas a diretora da Funai permaneceu na função por quase duas semanas. A demora causou desconforto no governo, por sinalizar que a decisão de Moro não seria atendida.

Azelene chegou a ter seu nome cotado para assumir a presidência da Funai, mas acabou perdendo o posto para Franklimberg Ribeiro de Freitas, que já tinha comandado a fundação no ano passado.

General deixou Funai por incompetência, diz Nabhan Garcia

General deixou Funai por incompetência, diz Nabhan Garcia General deixou Funai por incompetência, diz Nabhan Garcia

___________________________________________________________________________________

Galeria de fotos: Guerra de tomate, Trump em Londres e mais: as imagens da semana (Photos)

Cotada para presidir Funai, ex-diretora é alvo de processo por corregedoria da fundação
Cotada para presidir Funai, ex-diretora é alvo de processo por corregedoria da fundação
Cotada para presidir Funai, ex-diretora é alvo de processo por corregedoria da fundação
Cotada para presidir Funai, ex-diretora é alvo de processo por corregedoria da fundação
Cotada para presidir Funai, ex-diretora é alvo de processo por corregedoria da fundação
Cotada para presidir Funai, ex-diretora é alvo de processo por corregedoria da fundação
Cotada para presidir Funai, ex-diretora é alvo de processo por corregedoria da fundação
Cotada para presidir Funai, ex-diretora é alvo de processo por corregedoria da fundação
Cotada para presidir Funai, ex-diretora é alvo de processo por corregedoria da fundação
Cotada para presidir Funai, ex-diretora é alvo de processo por corregedoria da fundação
Cotada para presidir Funai, ex-diretora é alvo de processo por corregedoria da fundação
Cotada para presidir Funai, ex-diretora é alvo de processo por corregedoria da fundação
Cotada para presidir Funai, ex-diretora é alvo de processo por corregedoria da fundação
Cotada para presidir Funai, ex-diretora é alvo de processo por corregedoria da fundação
Cotada para presidir Funai, ex-diretora é alvo de processo por corregedoria da fundação
Cotada para presidir Funai, ex-diretora é alvo de processo por corregedoria da fundação
Cotada para presidir Funai, ex-diretora é alvo de processo por corregedoria da fundação
Cotada para presidir Funai, ex-diretora é alvo de processo por corregedoria da fundação
Cotada para presidir Funai, ex-diretora é alvo de processo por corregedoria da fundação
Cotada para presidir Funai, ex-diretora é alvo de processo por corregedoria da fundação
Cotada para presidir Funai, ex-diretora é alvo de processo por corregedoria da fundação
Cotada para presidir Funai, ex-diretora é alvo de processo por corregedoria da fundação
Cotada para presidir Funai, ex-diretora é alvo de processo por corregedoria da fundação
Cotada para presidir Funai, ex-diretora é alvo de processo por corregedoria da fundação
Cotada para presidir Funai, ex-diretora é alvo de processo por corregedoria da fundação
Cotada para presidir Funai, ex-diretora é alvo de processo por corregedoria da fundação
Cotada para presidir Funai, ex-diretora é alvo de processo por corregedoria da fundação
Cotada para presidir Funai, ex-diretora é alvo de processo por corregedoria da fundação
Cotada para presidir Funai, ex-diretora é alvo de processo por corregedoria da fundação
Cotada para presidir Funai, ex-diretora é alvo de processo por corregedoria da fundação
Cotada para presidir Funai, ex-diretora é alvo de processo por corregedoria da fundação
Leia Mais

Vetos do governo viram alvo do Congresso.
Vetos do governo viram alvo do Congresso

—   Compartilhe notícias nas redes sociais
usr: 3
Isto é interessante!