Brasil Preso no Rio segundo suspeito de matar padre Adriano, em Manhumirim

16:51  17 outubro  2020
16:51  17 outubro  2020 Fonte:   em.com.br

Palmeiras falha em primeiro teste sem selecionáveis

  Palmeiras falha em primeiro teste sem selecionáveis Desfalcado de quatro titulares que foram convocados por suas seleções, o Verdão não teve um bom desempenho diante do BotafogoO Palmeiras enfrentou o Botafogo nesta quarta-feira (7), no Nilton Santos, pela 14ª rodada do Brasileirão 2020. Sem as presenças dos selecionáveis Weverton, Gustavo Gómez, Matías Viña e Gabriel Menino, o Verdão fez uma partida ruim e acabou derrotado por 2 a 1.

Um jovem de 22 anos foi preso ontem à noite suspeito de matar o padre Adriano da Silva Bastos, 36, em Manhumirim (MG). De acordo com a Políc. A Polícia Militar informou que, por volta de 18h de ontem, foi acionada por um morador do Córrego Pirapetinga, em Manhumirim , que visualizou

Festa de réveillon dentro do presídio de Rio Verde revolta população 07-01-2015 - Продолжительность: 1:41 Band TV Goiânia 22 652 просмотра. PRESO SUSPEITO DE MATAR PM 18-11-2011 - Продолжительность: 0:47 TVGoiania 2 354 просмотра.

Um jovem de 19 anos foi preso no Rio de Janeiro na noite desta sexta-feira (16) suspeito de ser o segundo responsável pela morte do padre Adriano da Silva Barros, de 36, que teve seu corpo encontrado na última quarta-feira (14), em Manhumirim, Leste de Minas Gerais.

Veículo do padre Adriano foi recuperado pelos agentes da Polícia Civil de Minas Gerais © PCMG Veículo do padre Adriano foi recuperado pelos agentes da Polícia Civil de Minas Gerais

Uma equipe da Polícia Civil de Minas Gerais foi enviada ao estado vizinho para investigar o paradeiro desse suspeito que estava com o veículo do padre, um Chevrolet Onyx. O rapaz detido na Central do Brasil é irmão de um homem de 22 anos que foi detido e confessou o crime. A alegação é de que o padre o estava devendo e por isso, ao se encontrarem, na terça-feira (13), ele resolveu matar o religioso a facadas.

Padre italiano raptado no Níger em 2018 é libertado em Mali (2)

  Padre italiano raptado no Níger em 2018 é libertado em Mali (2) (ANSA) - O governo de Bamako anunciou nesta quinta-feira (8) que o padre italiano Pierluigi Maccalli, sequestrado no Níger, na África Subsaariana em 2018, foi libertado no Mali por militantes jihadistas. Segundo fontes oficiais, o italiano Nicola Chiacchio, que estava no cativeiro com o religioso, também foi liberado. Maccalli, originário da diocese de Crema, no norte da Itália, foi sequestrado em 17 de setembro de 2018, no Níger, em uma missão a cerca de 150km da capital Niamey. O padre já havia sido missionário na Costa do Marfim e trabalhava na paróquia de Bomoanga, perto da fronteira com Burkina.

1 de 3 Padre Adriano da Silva Barros, de 36 anos, foi encontrado morto nesta quarta-feira (14) — Foto: Divulgação. Corpo de padre desaparecido é encontrado carbonizado em Manhumirim . O indivíduo preso , de 22 anos e um adolescente, de 16, foram vistos por testemunhas próximo ao local

Cristiano Mauricio Castro, foi preso nesta segunda -feira (4), em Macaé, no Rio de Janeiro. O homem é suspeito de matar a cunhada, sogra e um sobrinho da

No dia seguinte, para eliminar as provas do crime, o suspeito afirmou à polícia que retornou ao local do crime, um matagal em Manhumirim, onde resolveu atear fogo ao cadáver.

Um incêndio que se iniciou foi denunciado por morador local e fez com que as autoridades encontrassem o corpo, começando as investigações. De acordo com informações da Polícia Civil de Manhuaçu, a linha de investigação mais provável é a de latrocínio, que é matar para roubar. O carro serviria para quitar parte das dívidas da dupla detida com um traficante do Rio de Janeiro.

Padre Adriano era vigário da paróquia de São Simão, em Simonésia © Divulgação Padre Adriano era vigário da paróquia de São Simão, em Simonésia

O padre Adriano pertencia à Diocese de Caratinga e era vigário da Igreja de São Simão, em Simonésia, na Região Leste de MG. No dia em que foi morto estava levando a irmã para a cidade de Reduto, na mesma região.

A equipe da delegacia de Manhuaçu realizou a prisão antes da entrega do veículo. Por esse motivo o Delegado de Manhumirim, Glaydson de Souza Ferreira, e os investigadores Maxiliano Assereuy Pedroso, Ricardo Emiliano da Silva e Luiz Fernando Lopes de Oliveira continuam na capital fluminense para buscar mais provas e investigar suspeitos.

Suspeito de comandar o tráfico é preso durante operação da Policia Civil em Três Pontas .
Policiais cumpriram mandados para recuperar produtos furtados na cidade; um dos alvos foi um trailer estacionado em terreno da prefeituraDe acordo com a Polícia Civil, os materiais furtados eram trocados por drogas pelo suspeito investigado. "Na casa do rapaz, os policiais encontram, no quarto, uma TV de 50 polegadas, uma serra elétrica, um jogo de chaves e duas roçadeiras. A televisão foi furtada em setembro, de um bar no Bairro Alcides Mesquita", diz Gustavo Gomes, delegado.

usr: 4
Isto é interessante!