Brasil Mulheres respondem por apenas 6,3% dos acidentes de trânsito em SP

11:11  22 outubro  2020
11:11  22 outubro  2020 Fonte:   tudodobem.ig.com.br

Feriadão: rodovias estaduais deixam mais de 100 vítimas em Minas

  Feriadão: rodovias estaduais deixam mais de 100 vítimas em Minas Operação da Polícia Militar Rodoviária (PMRv) teve reforço na fiscalização de crimes nas estradasDurante a “Operação Padroeira do Brasil” houve reforço do efetivo operacional, com emprego do efetivo administrativo. No decorrer das ações e operações policiais, oito armas foram apreendidas, 864 pessoas foram detidas por estarem inabilitadas e 104 pegas pela Lei Seca.

Todos os anos 40 mil pessoas perdem a vida no trânsito brasileiro. Somente no último final de semana cinco pessoas morreram em acidentes na região de Apucarana.

O Juiz pode decretar de ofício interceptação telefônica? Relaxamento de prisão/liberdade provisória/revogação da prisão preventiva - Продолжительность: 4:34 João Matos 17 418 просмотров.

De acordo com um levantamento do Detran.SP feito com base em dados do Infosiga SP, somente 6,3% dos casos de acidentes registrados no primeiro trimestre de 2020 envolvem mulheres na direção. Um percentual 16 vezes menor do que o número de acidentes com homens ao volante. As condutoras do sexo feminino representam 40% dos motoristas de todo o Estado.

+Cientistas criam madeira transparente que é mais resistente que o vidro

+Ford produz Mustang Mach-E totalmente montado por mulheres

+Descubra o segredo do besouro que suporta até 39 mil vezes o seu peso

A prudência no trânsito é demonstrada também por meio do perfil dos condutores com habilitações suspensas. Das 91,5 mil CNHs suspensas entre janeiro, fevereiro e março de 2020 no Estado de São Paulo, apenas 26% pertencem às mulheres.

Já em relação ao número de acidentes com vítimas fatais nos três primeiros meses, entre janeiro e março deste ano, a tendência se confirma: o sexo feminino responde por apenas 15,5% do total, frente a 84,5% de homens. Outro dado importante é que na maioria dos casos fatais registrados, as mulheres não estavam na direção do veículo: 39,4% eram passageiras e 31,9% pedestres.

7 desafios que prefeitos eleitos em 2020 terão de enfrentar .
A partir de 1º de janeiro do próximo ano, mandatários municipais terão de lidar com vários problemas agravados pela crise do coronavírus, como crescimento da população em situação de rua e queda de arrecadação.Em 15 de novembro, será realizado o primeiro turno das eleições que vão escolher um novo prefeito ou reeleger antigos mandatários nestes municípios. O segundo pleito está previsto para o dia 29 do mesmo mês.

usr: 0
Isto é interessante!