Brasil Justiça eleitoral rejeita mais de 10 mil candidaturas; maioria não preenche algum requisito

02:30  27 outubro  2020
02:30  27 outubro  2020 Fonte:   istoe.com.br

Quem são os candidatos a prefeito de Porto Alegre nas eleições 2020

  Quem são os candidatos a prefeito de Porto Alegre nas eleições 2020 Prefeito Nelson Marchezan Júnior (PSDB) enfrenta campanha de reeleição em meio a um processo de impeachment; Manuela D'Ávila (PCdoB) lidera a disputa, segundo pesquisa IbopeA corrida eleitoral em Porto Alegre tem 13 candidatos na disputa pela Prefeitura. Ao todo, sete coligações e seis chapas "puro-sangue" tentam eleger o próximo chefe do Executivo municipal da capital do Rio Grande do Sul.

A Justiça Eleitoral indeferiu o pedido de registro da candidatura de José Mauro Dedemo Orlandini (PSL), à Prefeitura Além disso, o candidato não anexou ao pedido de registro de candidatura todos os documentos exigidos, "o que por si só, já seria causa de indeferimento", finalizou o magistrado.

Mendes foi alvo de três impugnações do registro de candidatura , todas com base na Lei Ficha Limpa. Todos pediam que o registro de candidatura dele fosse negado com base em condenações judiciais Ao analisar os casos, o magistrado rejeitou a impugnação impetrada pelo PSOL, pelos

A Justiça Eleitoral analisou o pedido de registro de milhares de candidaturas até esta segunda-feira (26). Os candidatos ao posto de vereador, prefeito e vice-prefeito, o órgão indeferiu mais de 10 mil postulantes.

Além desse número, juntos dos falecimentos e as renúncias, o total fica acima dos 16,5 mil. Grande parte dos candidatos não atendeu pelo menos um requisito legal para o cargo.

Os inaptos representam aproximadamente 2,9% do total. O prazo final para o término dos julgamentos termina nesta segunda.

De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a principal causa das cassações ou rejeições é a “ausência de requisito de registro”, com 75,9%. Vale lembrar que uma única candidatura pode ser indeferida por mais de um motivo.

Ainda segundo os dados do tribunal, a segunda maior causa para a recusa das candidaturas é a Lei da Ficha Limpa, com 11,2%. A legislação deixa claro que políticos condenados por abuso de poder político e econômico ficam sem poder concorrer aos cargos, ou seja, inelegíveis por oito anos.

Campello publica convocação para a eleição do Vasco; liminar permite que sócios anistiados votem .
De acordo com o edital, o pleito será totalmente presencial, dispensando meio eletrônico - o que contraria Faues Mussa, presidente da Assembleia Geral do clube , que vem se manifestando a favor da escolha por modo eletrônico em meio à corrente pandemia de Covid-19. O edital, inclusive, possui mais capítulos das recentes trocas de farpas entre os dirigentes.Na convocação, Campello afirma que os funcionários estão treinados para trabalhar nas atuais circunstâncias. A votação vai se dar das 9h às 22h. São candidatos o atual mandatário, Jorge Salgado, Julio Brant, Luiz Roberto Leven Siano e Sérgio Frias.

usr: 0
Isto é interessante!