Brasil Salles nega autoria de ofensa a Rodrigo Maia e desativa conta no Twitter

14:11  29 outubro  2020
14:11  29 outubro  2020 Fonte:   poder360.com.br

Veja fotos do caça Gripen da FAB apresentado nesta 6ª feira

  Veja fotos do caça Gripen da FAB apresentado nesta 6ª feira Modelo adquirido na gestão Dilma. Bolsonaro cita transformação da ForçaRebatizado pela Força Aérea Brasileira de F-39E, o Gripen NG é de origem sueca. O Brasil encomendou, em 2014, 36 unidades da fabricante Saab por 39,3 bilhões de coroas suecas, valor que equivale atualmente a quase R$ 24 bilhões. Eles vão substituir a frota atual, que é composta por caças F-5 –de origem norte-americana, e que está em operação desde os anos 1970– e pelo avião de ataque AMX.

A conta do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles , foi excluída do Twitter na manhã de hoje. Ao acessar o perfil utilizado por Salles até ontem, fica visível uma Ontem, Ricardo Salles chamou de "Nhonho" o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), por meio de mensagem

Tweets . O povo está de olho, acompanhando cada gesto seu, como presidente da Câmara. Não se engane, o tempo de mentiras e Reino absoluto dos políticos, não existe mais.

O ministro Ricardo Salles (Meio Ambiente) negou a autoria de publicação, feita na noite de 4ª feira (28.out.2020), em que ofendia o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, no estúdio do Poder em Foco, em Brasília © Sérgio Lima/Poder360 O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, no estúdio do Poder em Foco, em Brasília

Na manhã desta 5ª feira (28.out), Salles afirmou que sua conta foi utilizada indevidamente por outra pessoa. Declarou que, “apesar de diferenças“, mantém relação cordial com Maia. Em seguida, desativou sua conta no Twitter.

  Salles nega autoria de ofensa a Rodrigo Maia e desativa conta no Twitter © Fornecido por Poder360


Menos de 40 minutos após a publicação em que o ministro negou a autoria do comentário, não era possível localizar o perfil do ministro nas redes sociais.

Rodrigo Maia critica Salles e diz que ele destrói o Meio Ambiente e o governo

  Rodrigo Maia critica Salles e diz que ele destrói o Meio Ambiente e o governo Fez publicação em rede social

Comentário de Ricardo Salles contra Rodrigo Maia (Reprodução/ Twitter ). “Fui avisado há pouco que alguém se utilizou indevidamente da minha conta no Twitter para publicar comentário junto a conta do Pres. da Câmara dos Deputados, com quem, apesar de diferenças de opinião sempre

O Twitter é uma rede social que exige rapidez e uma certa dedicação. Afinal, para acompanhar as mensagens curtas de 140 caracteres e acompanhar as

  Salles nega autoria de ofensa a Rodrigo Maia e desativa conta no Twitter © Fornecido por Poder360


Na noite anterior, mensagem publicada a partir da conta de Salles chamou o presidente da Câmara de “Nhonho”, em referência ao personagem do seriado Chaves. A ofensa foi escrita em resposta a comentário publicado pelo deputado dias antes, em 24 de outubro.

  Salles nega autoria de ofensa a Rodrigo Maia e desativa conta no Twitter © Fornecido por Poder360



ENTENDA O EMBATE

O comentário de Maia foi uma crítica ao desentendimento que o ministro do Meio Ambiente teve com seu colega de governo Luiz Eduardo Ramos, a quem chamou de “Maria Fofoca”.

A irritação de Salles se deu por causa de uma nota (para assinantes) publicada pela jornalista Bela Megale, no jornal O Globo, com o título “Salles estica a corda com ala militar do governo e testa blindagem com Bolsonaro”.

A reportagem não cita Ramos. O Poder360 apurou que Salles ficou furioso e tem segurança de que a fonte da jornalista Bela Megale teria sido Ramos.


Veja mais no MSN Brasil

Petrobras reduz perdas a R$ 1,546 bi (Agence France-Presse (AFP))


Decisão de Salles que revogava normas ambientais é suspensa .
Juíza do STF derruba medida do ministro do Meio Ambiente que tirava proteção de manguezais e restingas. Ela argumenta que mudança viola princípios básicos da Constituição. © DW/N. Pontes O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles A Justiça decidiu suspender nesta quinta-feira (29/10) a decisão do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, que tirava a proteção de manguezais e restingas no Brasil. A medida havia gerado uma onda de condenações e era alvo de uma série de ações em tribunais do país.

usr: 0
Isto é interessante!