Brasil Campos Neto não está à altura de presidente de banco de país sério, diz Maia

16:01  29 outubro  2020
16:01  29 outubro  2020 Fonte:   poder360.com.br

Neguinho da Beija-Flor posta foto com neto: 'em minha lembrança, será sempre esse menino sorridente'

  Neguinho da Beija-Flor posta foto com neto: 'em minha lembrança, será sempre esse menino sorridente' Sambista relembrou foto da infância de Gabriel Ribeiro Marcondes, que morreu aos 20 anos após ser atingido por tiro durante baile funk no Rio de JaneiroO jovem morreu após ser baleado durante um baile funk que era realizado em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense na noite do último domingo, 18.

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), acusou o presidente do BC (Banco Central), Roberto Campos Neto, de vazar para a imprensa informações sobre a conversa que tiveram na 4ª feira (28.out.2020).

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), em sessão da Casa © Sérgio Lima/Poder360 O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), em sessão da Casa

Em seguida, Maia afirmou ter recebido ligação do chefe do banco estatal e voltou atrás nas críticas proferidas.

Na manhã desta 5ª (29.out), o presidente da Câmara escreveu publicação no Twitter com críticas ao presidente do BC. O deputado afirmou que a suposta atitude de Campos Neto não estaria “à altura de 1 presidente de banco de 1 país sério”.

'Pequenos e médios empresários são novo foco do BNDES', diz Montezano

  'Pequenos e médios empresários são novo foco do BNDES', diz Montezano Presidente do banco de fomento dá destaque ao programa emergencial de acesso ao crédito, que facilitou empréstimos na pandemia; ‘algo nunca antes feito no País’, completaFoi em junho do ano passado que Gustavo Montezano* assumiu a presidência do BNDES. Na época, já havia à sua volta, um cenário econômico global de taxa de juros negativas e liquidez crescente. Assim sendo, deu o start a mudanças que só se aprofundaram com a chegada da pandemia nove meses depois. A demanda por financiamento de grandes projetos sumiu. Das muitas coisas em que mexeu, só uma não mudou, adverte: “A missão do banco, que é ajudar a desenvolver o País, voltado agora para o lucro social e ambiental.

  Campos Neto não está à altura de presidente de banco de país sério, diz Maia © Fornecido por Poder360

Pouco mais de uma hora após a acusação a Campos Neto, Maia voltou às redes sociais. “Diante da palavra do presidente, o vazamento certamente foi provocado por terceiros. Deixo aqui registrada a ligação e a confiança que tenho nele”, escreveu.

  Campos Neto não está à altura de presidente de banco de país sério, diz Maia © Fornecido por Poder360

Diversos veículos de imprensa noticiaram o encontro entre os presidentes da Câmara e do BC. O jornal Valor Econômico disse que Campos Neto pediu “trégua na turbulência política” a Rodrigo Maia. O deputado afirmou, em entrevista ao jornal, que não é o responsável por travar as votações no Congresso.

“Só relatei [ao Campos Neto] o que está acontecendo. Estou toda semana pautando a Câmara, tentando botar a coisa para funcionar. Se tem alguém que está fazendo isso [travando as votações], não sou eu”, declarou.

“Se o governo não tem interesse nas MPs, não tenho o que fazer”, diz Maia

  “Se o governo não tem interesse nas MPs, não tenho o que fazer”, diz Maia Casa não consegue votar projetos. Obstrução é de aliados do PlanaltoObstrução é uma série de procedimentos permitidos pelo regimento interno da Casa para impedir a votação de propostas.

O jornal O Estado de S.Paulo afirmou que o presidente do BC procurou Maia “para falar sobre a crise política”. De acordo com a reportagem, ele estaria preocupado com a possibilidade das reformas não avançarem no Congresso.

Obstrução no Congresso

O bloco de partidos de centro, conhecido como Centrão, está em obstrução na Câmara enquanto impasse envolvendo a presidência da CMO (Comissão Mista de Orçamento) não for resolvido.

O líder do grupo, Arthur Lira (PP-AL), tenta emplacar Flávia Arruda (PL-DF) no cargo. No início do ano, havia acordo para que o comando do colegiado ficasse com Elmar Nascimento (DEM-BA), nome apoiado por Maia.

O pano de fundo é a sucessão na Presidência da Câmara. Maia quer fazer o sucessor e Lira, eleger-se. Quem vencer na CMO fica mais forte.

Maia diz que Arthur Lira é o candidato de Bolsonaro à presidência da Câmara .
Aliança é legítima, afirma ele. Eleição é em fevereiro de 2021A Câmara terá eleições em fevereiro do ano que vem. Maia não deve disputar 1 novo mandato à frente da Casa, mas tentará eleger 1 sucessor. Lira deverá ser 1 dos concorrentes.

usr: 0
Isto é interessante!