Brasil Vídeo: Crivella fala em pedofilia em escolas, caso Paes seja eleito no Rio

05:55  20 novembro  2020
05:55  20 novembro  2020 Fonte:   poder360.com.br

Debate entre Paes e Crivella na Globo tem troca de acusações e direitos de resposta em série

  Debate entre Paes e Crivella na Globo tem troca de acusações e direitos de resposta em série Em meio à ofensas, não houve praticamente nenhum espaço para debater propostas para a prefeitura do RioLogo na primeira vez em que teve a palavra, ao ser questionado por Paes sobre o aumento da pobreza na cidade, Crivella desviou do assunto para fazer as primeiras acusações: “Paes vai ser preso porque cometeu os mesmos erros de (os ex-governadores) Cabral e Pezão. Eduardo coloca a família dele no programa eleitoral para comover a gente. Se você considera a família dele, por favor, não vote no Eduardo, ele não está preparado para o poder, ele cai nas tentações do poder”, acusou.

Ou seja , os donos de ônibus, a máfia dos ônibus, eles deram dinheiro para o PMDB, para o Crivella , para o Eduardo Paes contra a gente, para derrotar a gente. Quero dizer que eu tenho muito orgulho, não só de não ter recebido dinheiro da máfia, e saber que os meu adversários para ganhar da gente

Em época de pandemia, muita gente nem lembra que 2020 é ano eleitoral. Nesse papo, que até estourou o tempo "regulamentar" de uma live no Instagram, Eduardo Paes também promete voltar a investir no carnaval, e diz que vai buscar o diálogo, caso seja eleito, com o governador - seja Wilson

O atual prefeito do Rio de Janeiro e candidato à reeleição, Marcelo Crivella (Republicanos) afirmou em vídeo que se o opositor dele no 2º turno, Eduardo Paes (DEM) for o vencedor da disputa, abre-se o risco de haver pedofilias em escolas municipais.

Os candidatos à prefeitura do Rio de Janeiro Eduardo Paes (DEM) e Marcelo Crivella (Republicanos) © Fernando Frazão/Agência Brasil Os candidatos à prefeitura do Rio de Janeiro Eduardo Paes (DEM) e Marcelo Crivella (Republicanos)

Para justificar a acusação, Crivella diz que Paes deverá entregar a Secretaria Municipal de Educação ao Psol, caso for eleito. A fala foi ao lado do deputado federal Otoni de Paula (PSC-RJ).

“Agora você imagina em pedofilias nas escolas. Eu fico imaginando 1 irmão meu evangélico, batista, metodista, assembleiano, alguém da Universal, metodista imaginando…Jesus disse para nós que o reino de Deus é das crianças, deixai vir a mim os pequeninos porque deles é o Reino dos Céus. Quem recebe a uma criança, recebe a mim. Jesus se comparou às crianças e nós vamos aceitar pedofilia na escola no ensino infantil?”, questiona Crivella.

Candidatos retomam campanha de TV falando de saúde no Rio

  Candidatos retomam campanha de TV falando de saúde no Rio Crivella falou diretamente da pandemia de covid-19, enquanto o ex-prefeito atacou a gestão do rival na áreaHouve diferenças de abordagem. O programa de Crivella tratou diretamente da pandemia. O próprio prefeito apareceu no vídeo para afirmar que “dizem que vem aí uma segunda onda” da covid-19 e para recomendar aos eleitores que não deixem um político que não teve experiência no enfrentamento da pandemia assumir a prefeitura neste momento. Na declaração, Crivella não citou Paes diretamente.

Dividido em módulos de vídeo aulas totalmente práticos, o guia lhe ensinará passo a passo de todos os Para carregar o carregador solar é muito simples, basta deixar o painel em direção a luz solar e assim o - São 6 LEDS infravermelhos sensores noturna - Grava da partida do veículo até que seja

Morando em Nova York, nos Estados Unidos, o peemedebista e portelense Eduardo Paes desembarcou no Rio de Janeiro neste sábado (4) para pediu a volta do peemedebista à prefeitura da capital fluminense e ainda gritou xingamentos contra o atual gestor da cidade, Marcelo Crivella .

“É 1 risco que nós estamos correndo se Eduardo for eleito” , completa o deputado.

Assista ao vídeo completo (1min18s):

Em nota, Crivella reconheceu a veracidade do vídeo e disse que “se ateve a fazer um comentário, a partir de informações que circulam, e tendo como foco a sua preocupação com a defesa da família carioca, da família brasileira em geral, que, a seu ver, não merece escolas atreladas a partidos políticos”. (Veja a íntegra da nota de Crivella ao final deste texto)

Paes se revoltou com as declarações. Ele disse que não tem acordo político com o Psol e afirmou não ter sido procurado pela legenda. Afirmou que a atitude do candidato “reflete o desespero dele com a crescente perspectiva de derrota nas urnas”. Por fim, prometeu processar o atual mandatário do Rio “eleitoral, cível e criminalmente por essa gravíssima e mentirosa acusação”. (Veja a íntegra da nota ao final da reportagem)

Sem presença de Eduardo Paes, debate vira entrevista com Crivella

  Sem presença de Eduardo Paes, debate vira entrevista com Crivella Paes disse não ter tempo na agenda. Atual prefeito falou da pandemia . Atacou instituições de pesquisaAs regras estabelecidas pela CNN Brasil, promotora do debate, foram enviadas às campanhas e à Justiça Eleitoral. Elas previam que, em caso de ausência de 1 dos candidatos, o outro seria questionado por 30 minutos. As perguntas feitas para Crivella foram as mesmas que teriam sido feitas a ambos os candidatos caso o debate ocorresse.

No Rio de Janeiro, vão para o segundo turno Marcelo Crivella e Eduardo Paes . O presidente do Tribunal Superior Eleitoral, ministro Luís Roberto Barroso, disse que uma falha em um computador provocou atraso na divulgação dos resultados da apuração do primeiro turno.

► Para quem deseja entrar em contacto com o canal para qualquer coisa desde que não seja nada ofensivo pode estar contactando-nos e o atenderemos o mais rápido possível; Categoria: entretenimento e notícias.

O Psol nacional disse que não iria se posicionar. O deputado Otoni de Paula foi contatado pelo Poder360, mas até o momento não respondeu sobre o caso.

O ex-prefeito Eduardo Paes (DEM) terminou o 1º turno na frente, com 37% dos votos quando 95,19% das sessões estavam totalizadas. Quem vai para o 2º turno contra ele é o atual prefeito, Marcelo Crivella (Republicanos), com 21,86%.

Veja a íntegra da nota de Eduardo Paes

“Marcelo Crivella se ateve a fazer um comentário, a partir de informações que circulam, e tendo como foco a sua preocupação com a defesa da família carioca, da família brasileira em geral, que, a seu ver, não merece escolas atreladas a partidos políticos.”

Veja a íntegra da nota de Eduardo Paes

“Na tarde de hoje, o atual prefeito do Rio Marcelo Crivella fez uma declaração pública de que um

acordo meu com o Psol, garantiria a eles a secretaria de Educação e que este fato levaria à promoção de pedofilia nas escolas e que por isso, representaria um risco para as nossas crianças.

Em primeiro lugar, não há qualquer acordo político, nem troca de cargos com o Psol, nem de minha parte, nem da deles e, esta atitude reflete o desespero dele com a crescente perspectiva de derrota nas urnas, mas não imaginava que seria capaz de ir tão longe na baixeza e na mentira.

Ele será processado eleitoral, cível e criminalmente por essa gravíssima e mentirosa acusação.”

Datafolha no Rio: Paes sai na frente com 54%; Crivella tem 21% .
Em votos totais, com brancos e nulos. Considerando os válidos: 71% a 29%. Pesquisa realizada de 17 a 18. nov.Os percentuais são em votos totais, quando considera-se também os brancos e nulos.

usr: 25
Isto é interessante!