Brasil Homem negro é espancado e morto por seguranças do Carrefour em Porto Alegre

07:40  20 novembro  2020
07:40  20 novembro  2020 Fonte:   estadao.com.br

44% dos apoiadores de Bolsonaro acham que não houve racismo no caso João Alberto

  44% dos apoiadores de Bolsonaro acham que não houve racismo no caso João Alberto Ele foi espancado e morto na última 5ª. Para 41%, isso ocorreu por ele ser negro. Quem rejeita Bolsonaro viu mais racismo. Foram 70% os que tiveram essa percepçãoNesse mesmo grupo, 41% consideram que sim, que houve motivação racista no assassinato.

Homenagem ao cachorro do carrefour - Продолжительность: 1:20 filmes e series 10 828 просмотров. COVARDIA: Como está o cão espancado após roubar carne?

Homem foi espancado por segurança do Atacadão, pertencente a Rede Carrefour , fato ocorre dias após o caso do cachorro de Osasco.

Um homem negro foi espancado e morto por dois seguranças brancos em uma unidade do supermercado Carrefour em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, na noite de quinta-feira, 19. A vítima, João Alberto Silveira Freitas, tinha 40 anos. A Polícia Civil do Estado investiga o crime.

De acordo com o delegado Leandro Bodoia, plantonista da Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa, teria havido um desentendimento entre a vítima e os seguranças. Os funcionários do supermercado, então, desferiram vários golpes em João Alberto. Uma ambulância do Samu foi ao local e tentou reanimá-lo, mas ele não resistiu. Os suspeitos foram presos em flagrante.

Humorista negro diz que mandou Carrefour ‘tomar no c* após e-mail com proposta publicitária

  Humorista negro diz que mandou Carrefour ‘tomar no c* após e-mail com proposta publicitária O que você faria se recebesse uma proposta para ser o garoto propaganda de uma empresa onde uma pessoa negra foi assassinado por seguranças? Para muitos poderia até ser uma proposta de trabalho normal, mas o humorista e militante negro Yuri Marçal simplesmente mandou a empresa tomar no c*, respondendo à proposta do Carrefour de ser a “cara” de uma nota de esclarecimento, da rede, que mais uma vez virou notícia. E, dessa vez por assassinar um negro em uma das suas lojas em Porto Alegre, de acordo com o PNotícias. Na tarde desta quarta-feira (25), o humorista compartilhou a notícia com os seus seguidores, revelando que é a primeira que responde um e-mail nesse tom.

Artistas fazem boicoite ao carrefour depois de cachorro ser morto por segurança . Não esquece de deixa seu like nesse video que isso ajuda muito o canal

No início da tarde desta segunda-feira, 23 de setembro, foi encontrado o corpo de um homem boiando no Arroio Dilúvio, na Av. Ipiranga, em Porto Alegre .

Bodoia afirma ainda que nenhuma arma foi usada no crime. A perícia no local foi feita no fim da noite desta quinta-feira. Agora, a polícia vai analisar as imagens de câmeras de segurança e de testemunhas e vai colher depoimentos.

Em um vídeo que circula pela redes sociais, a vítima está gritando enquanto recebe socos no rosto. Ao fundo, uma pessoa grita "vamos chamar a Brigada (Militar)". Uma mulher vestindo uma camisa branca e um crachá aparece ao lado dos agressores e parece estar filmando a ação.

Em nota enviada ao Estadão, o Grupo Carrefour considerou a morte "brutal" e disse que "adotará as medidas cabíveis para responsabilizar os envolvidos". Afirmou também que vai romper o contrato com a empresa responsável pelos seguranças e que o funcionário que estava no comando da loja durante o crime "será desligado". O grupo disse ainda que a loja será fechada em respeito à vítima e que dará o "suporte necessário" à família da vítima.

Loja do Carrefour em Brasília é palco de protesto por morte de homem negro

  Loja do Carrefour em Brasília é palco de protesto por morte de homem negro Espancamento ocorreu em POA. Seguranças presos em flagranteJoão Alberto Silveira Freitas, de 40 anos, foi agredido em uma unidade da rede em Porto Alegre. O homicídio ocorreu na véspera do Dia da Consciência Negra, celebrado nesta 6ª feira (20.nov.2020).

Manifestantes invadem Carrefour em Osasco, para protestar contra o estabelecimento, uma vez que um segurança assassinou brutalmente um cachorro que estava na redondeza.

Câmeras de segurança da prefeitura gravaram o homicídio. A polícia inicialmente identificou o morto como Wolney Ciro de Souza Salgueiro, 47, mas depois informou que iria aguardar o reconhecimento do corpo por um familiar para confirmar a identidade.

Leia a nota na íntegra:

"O Carrefour informa que adotará as medidas cabíveis para responsabilizar os envolvidos neste ato criminoso. Também romperá o contrato com a empresa que responde pelos seguranças que cometeram a agressão. O funcionário que estava no comando da loja no momento do incidente será desligado. Em respeito à vítima, a loja será fechada. Entraremos em contato com a família do senhor João Alberto para dar o suporte necessário.

O Carrefour lamenta profundamente o caso. Ao tomar conhecimento deste inexplicável episódio, iniciamos uma rigorosa apuração interna e, imediatamente, tomamos as providências cabíveis para que os responsáveis sejam punidos legalmente.

Para nós, nenhum tipo de violência e intolerância é admissível, e não aceitamos que situações como estas aconteçam. Estamos profundamente consternados com tudo que aconteceu e acompanharemos os desdobramentos do caso, oferecendo todo suporte para as autoridades locais".

Autoridades e famosos lamentam morte de homem negro no Carrefour; caso repercute fora do País

  Autoridades e famosos lamentam morte de homem negro no Carrefour; caso repercute fora do País João Alberto Silveira Freitas, de 40 anos, foi espancado e morto no estacionamento de supermercado de Porto Alegre; dois suspeitos foram presos em flagrante e responderão por homicídio triplamente qualificado . Uma manifestação em frente ao supermercado está prevista para as 18 horas desta sexta-feira. Vídeos compartilhados nas redes sociais mostram parte das agressões e o momento que o cliente é atendido por socorristas. Em uma das gravações, o homem é derrubado e atingido por ao menos 12 socos. Ao fundo, uma pessoa grita "vamos chamar a Brigada (Militar)".

Luisa mel mostra cachorro sendo espancada no carrefour Segurança de supermercado mata cachorro a pauladas e gera protestos - Продолжительность: 2:34 RedeTV 904 Eduardo Bolsonaro desabafa ao se pronunciar sobre cachorro morto por segurança do Carrefour

Porto Alegre - Brasil :: O que fazer em Porto Alegre em um fim de semana :: 3em3 - Продолжительность: 4:30 3em3 85 236 просмотров. O que fazer em porto alegre ? | ÚLTIMAS NOTÍCIAS DO FLAMENGO Rubro Negro Pilhado 260 зрителей.

Histórico

Esta não é a primeira vez que o Grupo Carrefour protagoniza uma história de agressão. Em dezembro de 2018, um outro segurança do supermercado que trabalhava em uma unidade de Osasco (SP) confessou ter envenenado um cachorro e, depois, o espancou até a morte. Meses depois, o Ministério Público de São Paulo (MP-SP) estipulou que o Carrefour deveria pagar R$ 1 milhão em razão dos maus-tratos cometidos pelo funcionário. O fato gerou grande mobilização nas redes sociais.

Outro fato semelhante aconteceu no supermercado Extra, do grupo GPA, em fevereiro do ano passado. Pedro Gonzaga, um jovem negro de 19 anos, foi imobilizado e morto por um segurança de uma unidade do Rio de Janeiro. Na época, imagens mostravam o segurança deitado sobre o jovem, que estava aparentemente desacordado. As investigações apontaram que a vítima não portava armas e não oferecia risco algum.

Carrefour reabre loja onde João Alberto foi morto, em Porto Alegre .
Estacionamento foi aberto às 7h. Polícia retoma depoimentos nesta 2ªA loja reabriu às 8h, e uma hora antes o estacionamento foi liberado para clientes acessarem o local.

usr: 20
Isto é interessante!