Brasil Homem negro é espancado até a morte em supermercado Carrefour em Porto Alegre

14:25  20 novembro  2020
14:25  20 novembro  2020 Fonte:   poder360.com.br

Autoridades manifestam repúdio por morte de homem espancado no Carrefour

  Autoridades manifestam repúdio por morte de homem espancado no Carrefour Internautas pedem boicote à rede. Espancamento ocorreu em POA. Seguranças presos em flagranteJoão Alberto Silveira Freitas, de 40 anos, foi agredido em uma unidade do supermercado Carrefour na capital gaúcha na véspera do Dia da Consciência Negra, celebrado nesta 6ª feira (20.nov.2020).

Um homem negro foi espancado e morto por dois homens brancos em Porto Alegre , no Rio Grande do Sul, na noite desta quinta-feira (19), véspera do Dia da Consciência Negra (nesta sexta, 20). João Alberto Silveira Freitas, de 40 anos, foi agredido em uma unidade do supermercado Carrefour .

Dois homens foram detidos por espancar até a morte um homem , identificado como João Alberto Freitas, de 40 anos de idade, na porta de um supermercado Carrefour , na zona norte de Porto Alegre . Os suspeitos, de 24 e 30 anos de idade, foram presos em flagrante, sendo que um deles é

Um homem negro foi espancado e morto por 2 homens brancos em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, na noite dessa 5ª feira (19.nov.2020), véspera do Dia da Consciência Negra, celebrado nesta 6ª feira (20.set.2020).

Imagem de vídeo que circula em redes sociais do momento em que homem negro foi espancado até a morte em unidade do Carrefour em Porto Alegre © Reprodução Imagem de vídeo que circula em redes sociais do momento em que homem negro foi espancado até a morte em unidade do Carrefour em Porto Alegre

João Alberto Silveira Freitas, de 40 anos, foi agredido em uma unidade do supermercado Carrefour. As imagens da agressão foram gravadas e circulam nas redes sociais.

Assista ao vídeo abaixo (atenção: as imagens a seguir podem ser perturbadoras):

Os 2 suspeitos, 1 homem de 24 anos e outro de 30 anos, foram presos em flagrante. Um deles é policial militar e foi levado para 1 presídio militar. O outro é segurança da loja e está em 1 prédio da Polícia Civil. A investigação trata o crime como homicídio qualificado.

Revolta faz eclodir protestos contra Carrefour e lojas são depredadas

  Revolta faz eclodir protestos contra Carrefour e lojas são depredadas Revolta e indignação tomaram conta do país e uma série de protestos foram registrados contra o Carrefour após o assassinato de João AlbertoEm Porto Alegre houve protesto em frente à loja onde aconteceu o crime. Após duas horas de ato pacífico, alguns jovens derrubaram o portão de acesso ao estacionamento do Carrefour, quebraram janelas de vidro e tiveram acesso ao primeiro andar do estabelecimento.

Câmeras de segurança registraram quando quatro homens e uma mulher agrediram a vítima, um morador de rua de 52 anos, que morreu no local. Ele não tinha

Morte de pastor ainda é cercada de mistério, veja o que a polícia já sabe - Продолжительность: 20:39 Domingo Espetacular 752 410 просмотров. Jovem é amarrado em uma árvore na cidade de Sapé e espancado a pauladas - Продолжительность: 2:32 TV Correio 40 757 просмотров.

A Brigada Militar, como é chamada a Polícia Militar no Rio Grande do Sul, informou que o espancamento começou após desentendimento entre a vítima e uma funcionária do supermercado, que fica na zona norte da capital gaúcha. A vítima teria ameaçado bater na funcionária, que chamou a segurança.

Após a segurança do supermercado chegar, Freitas foi levado da área de caixas para a entrada da loja e teria, segundo apurou a Polícia Civil, iniciado a briga depois de dar 1 soco no policial militar. Em seguida, Freitas foi espancado pelos homens.

Nas imagens que circulam nas redes, é possível ver 2 homens vestindo roupa preta, comumente usada por seguranças, dando socos no rosto da vítima, que está no chão.

Uma mulher que estava próxima deles parece filmar a ação dos agressores. Em seguida, já com sangue espalhado pelo chão, outras pessoas aparecem em volta do homem agredido, enquanto os 2 agressores continuam tentando mobilizá-lo no chão.

Autoridades e famosos lamentam morte de homem negro no Carrefour; caso repercute fora do País

  Autoridades e famosos lamentam morte de homem negro no Carrefour; caso repercute fora do País João Alberto Silveira Freitas, de 40 anos, foi espancado e morto no estacionamento de supermercado de Porto Alegre; dois suspeitos foram presos em flagrante e responderão por homicídio triplamente qualificado . Uma manifestação em frente ao supermercado está prevista para as 18 horas desta sexta-feira. Vídeos compartilhados nas redes sociais mostram parte das agressões e o momento que o cliente é atendido por socorristas. Em uma das gravações, o homem é derrubado e atingido por ao menos 12 socos. Ao fundo, uma pessoa grita "vamos chamar a Brigada (Militar)".

Lembrando que eles espancaram até a morte um doguinho para continuar funcionando…”, recordou um internauta. O caso do senhor Moisés Santos, promotor que faleceu ontem dentro de um Carrefour em Recife, e teve o corpo ESCONDIDO dentro da loja das 8 ao meio dia (pq não podia

Homem é espancado até a morte em briga de torcidas 06/12/2010. AntonioCSCruz3. Загрузка

Uma equipe do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) tentou reanimar o homem depois que ele foi espancado, mas ele morreu no local.

O crime está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa de Porto Alegre. A polícia vai analisar as imagens do vídeo postado nas redes sociais e também de câmeras de segurança do local.

O Carrefour informou, em nota, que lamenta profundamente o caso, que iniciou rigorosa apuração interna e tomou providências para que os responsáveis sejam punidos legalmente. A rede de supermercados, que atribuiu a agressão a seguranças, também chamou o ato de criminoso e anunciou o rompimento do contrato com a empresa que responde pelos agressores.

Em nota, a Brigada Militar informou que o PM envolvido na agressão é “temporário” e estava fora do horário de trabalho.

Segundo o comunicado, as atribuições dele na corporação são limitadas à “execução de serviços internos, atividades administrativas e videomonitoramento” e “guarda externa de estabelecimentos penais e de prédios públicos”. A Brigada não informou o que ele fazia no mercado.

Nas redes sociais, usuários organizam boicotes e protestos contra Carrefour

  Nas redes sociais, usuários organizam boicotes e protestos contra Carrefour Internautas também organizam protestos em frente a unidades da companhia nesta sexta-feira, no Dia da Consciência NegraOs usuários do Twitter rechaçaram a nota oficial do Carrefour Brasil com explicações sobre as medidas tomadas após o ocorrido. Até o começo da tarde, havia cerca de 3,5 mil comentários com xingamentos e acusações pelo novo episódio de violência nas imediações da companhia.

Cão Vira-lata é espancado e morre por namorar cachorra de raça no Bairro do Peru - Продолжительность: 4:35 Augusto Jacobina 17 162 просмотра. DOIS HOMENS E MEIO DUBLADO AO VIVO Receitas da Reh_oficial 1 289 зрителей.

Porto Alegre - Brasil :: O que fazer em Porto Alegre em um fim de semana :: 3em3 - Продолжительность: 4:30 3em3 85 236 просмотров. O que fazer em porto alegre ? | ÚLTIMAS NOTÍCIAS DO FLAMENGO Rubro Negro Pilhado 260 зрителей.

Eis a íntegra da íntegra da nota do Carrefour:

“O Carrefour informa que adotará as medidas cabíveis para responsabilizar os envolvidos neste ato criminoso. Também romperá o contrato com a empresa que responde pelos seguranças que cometeram a agressão. O funcionário que estava no comando da loja no momento do incidente será desligado. Em respeito à vítima, a loja será fechada. Entraremos em contato com a família do senhor João Alberto para dar o suporte necessário.

O Carrefour lamenta profundamente o caso. Ao tomar conhecimento deste inexplicável episódio, iniciamos uma rigorosa apuração interna e, imediatamente, tomamos as providências cabíveis para que os responsáveis sejam punidos legalmente. Para nós, nenhum tipo de violência e intolerância é admissível, e não aceitamos que situações como estas aconteçam. Estamos profundamente consternados com tudo que aconteceu e acompanharemos os desdobramentos do caso, oferecendo todo suporte para as autoridades locais.”

Eis a  íntegra da nota da Brigada Militar:

“Imediatamente após ter sido acionada para atendimento de ocorrência em supermercado da Capital, a Brigada Militar foi ao local e prendeu todos os envolvidos, inclusive o PM temporário, cuja conduta fora do horário de trabalho será avaliada com todos os rigores da lei. Cabe destacar ainda que o PM Temporário não estava em serviço policial, uma vez que suas atribuições são restritas, conforme a legislação, à execução de serviços internos, atividades administrativas e videomonitoramento, e, ainda, mediante convênio ou instrumento congênere, guarda externa de estabelecimentos penais e de prédios públicos. A Brigada Militar, como instituição dedicada à proteção e à segurança de toda a sociedade, reafirma seu compromisso com a defesa dos direitos e garantias fundamentais, e seu total repúdio a quaisquer atos de violência, discriminação e racismo, intoleráveis e incompatíveis com a doutrina, missão e valores que a Instituição pratica e exige de seus profissionais em tempo integral.”

Corpo de João Alberto é sepultado neste sábado em Porto Alegre

  Corpo de João Alberto é sepultado neste sábado em Porto Alegre Homem negro, de 40 anos, foi espancado e morto por segurança e policial em unidade do Carrefour da cidade; velório acontece na manhã deste sábado no cemitério municipal São João; enterro será 11h30Familiares e amigos acompanham deste a manhã deste sábado, 21, o velório de João Alberto Silveira Freitas, de 40 anos, homem negro que foi espancado e morto por segurança e policial em uma unidade do supermercado Carrefour no bairro Passo D'Areia, na zona norte de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, na noite de quinta-feira, 19, véspera do Dia da Consciência Negra. A cerimônia de despedida acontece no cemitério municipal São João, no bairro Higienópolis, também na zona norte da capital.

Racismo no Brasil

Pesquisa PoderData divulgada nessa 5ª feira (19.nov) mostra que 81% dos brasileiros dizem haver preconceito contra negros no Brasil por causa da cor da pele. Para 13% da população, o racismo não existe no país. Outros 6% não souberam responder.

Além da percepção sobre a existência do racismo no Brasil, o PoderData fez a seguinte pergunta aos entrevistados: “Você diria que tem preconceito contra pessoas negras?”. O resultado do levantamento mostra que 34% dos brasileiros afirmam que sim, consideram ter preconceito contra negros –alta de 6 pontos percentuais em 4 meses, quando 28% tinham essa opinião. Já os que dizem que não somam 57%. A proporção variou negativamente no período.

  Homem negro é espancado até a morte em supermercado Carrefour em Porto Alegre © Fornecido por Poder360   Homem negro é espancado até a morte em supermercado Carrefour em Porto Alegre © Fornecido por Poder360

Os dados foram coletados de 9 a 11 de novembro, por meio de ligações para celulares e telefones fixos. Foram 2.500 entrevistas em 501 municípios, nas 27 unidades da Federação. A margem de erro é de 2 pontos percentuais. Saiba mais sobre a metodologia lendo este texto.

Homem negro é espancado até a morte em supermercado de Porto Alegre .
Na noite desta última quinta-feira, 19, um homem negro foi espancado e morto por dois homens brancos em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, véspera do Dia da Consciência Negra. O homem identificado como João Alberto Silveira Freitas, tinha 40 anos, e foi agredido em uma unidade do supermercado Carrefour. As imagens da agressão foram gravadas e estão circulando pelas redes sociais. © Divulgação Os dois suspeitos, um de 24 anos e outro de 30 anos, foram presos em flagrante. Um deles trabalha na polícia militar e foi levado a um presídio militar. Já o outro é segurança  está em um prédio da Polícia Civil.

usr: 50
Isto é interessante!