Brasil Homem com colete à prova de balas é morto a tiros em festa irregular em BH

15:01  30 novembro  2020
15:01  30 novembro  2020 Fonte:   em.com.br

No século 21, eleições brasileiras ainda trazem agressões, atentados e assassinatos

  No século 21, eleições brasileiras ainda trazem agressões, atentados e assassinatos No século 21, eleições brasileiras ainda trazem agressões, atentados e assassinatosBRASÍLIA (Reuters) - No dia 24 de setembro, pouco depois do fim das convenções partidárias que definiram as chapas das eleições municipais, o candidato a vereador Cássio Remis (PSDB) foi morto em Patrocínio (MG) com cinco tiros, à luz do dia, filmado por câmeras de segurança.

Pesquisadores criam líquido à prova de balas - Продолжительность: 2:02 BBC News Brasil 1 319 743 просмотра. LEVOU TIRO NA MÃO E FICOU COM RAIVA! 🤬 (550FPS) - Продолжительность: 13:11 KAKA SNIPER AIRSOFT 2 703 543 просмотра.

Um homem foi morto em uma emboscada nesta quarta-feira (27), no bairro Jardim Laguna, em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte. A vítima foi

Uma festa irregular no Bairro Solimões, Zona Norte de BH, terminou com troca de tiros, um ferido e uma morte no final da noite desse domingo (29). A suspeita é de acerto de contas entre rivais.

Crime aconteceu na Rua Caviúna, Bairro Solimões © Reprodução/Google Street View Crime aconteceu na Rua Caviúna, Bairro Solimões

De acordo com o boletim de ocorrência, diversos chamados foram feitos através do 190, relatando um tiroteio no local. Ao chegarem lá, os policiais se depararam com o homem de 22 anos, negro, trajando um colete à prova de balas, caído no chão de barriga para cima e com sangue nos olhos e na boca.

Testemunhas informaram que a vítima estava conduzindo uma moto preta, quando se deparou com outros indivíduos em outra motocicleta e em um carro. Teve início, então, uma troca de tiros. O jovem foi acertado, tentou fugir correndo, mas caiu no chão, provavelmente já morto.

Loja do Carrefour em Brasília é palco de protesto por morte de homem negro

  Loja do Carrefour em Brasília é palco de protesto por morte de homem negro Espancamento ocorreu em POA. Seguranças presos em flagranteJoão Alberto Silveira Freitas, de 40 anos, foi agredido em uma unidade da rede em Porto Alegre. O homicídio ocorreu na véspera do Dia da Consciência Negra, celebrado nesta 6ª feira (20.nov.2020).

As balas atravessaram os portões das casas. O homem de 27 anos tinha passagens pela polícia e , segundo uma testemunha, já se envolveu em crimes conhecidos como saidinha de banco. Jovem é morto a tiros no meio da rua em Belo Horizonte - Продолжительность: 1:09 RecordTV Minas 1 351

Homem sofre atentado em estacionamento de supermercado. Vigilante é encontrado morto com perfuração no corpo e marcas de agressão - Продолжительность: 5:52 TV OOPS 56 075 просмотров.

Testemunhas informaram aos policiais que a vítima estaria em conflito com bandidos do bairro vizinho, Xodó Marize, e que estava sendo ameaçado por um outro homem que tinha uma arma. Por isso, também adquiriu um revólver para confrontar os rivais. Ele sofreu uma perfuração na axila.

Um outro jovem, também de 22 anos, ficou ferido e foi encaminhado ao Hospital Risoleta Neves com uma perfuração no braço. Ele contou que estava na condução de um carro, até que os condutores das motos começaram a trocar tiros entre si. Ele tentou fugir a pé, mas acabou sendo acertado pelo disparo. O homem foi socorrido e não soube informar quem foi o responsável pelos tiros e pelo homicídio do outro jovem.

A perícia esteve no local e recolheu as cápsulas das balas, além de dinheiro, uma corrente dourada, o colete a prova de balas e a moto da vítima. As armas não foram localizadas. A Polícia Civil investigará o caso.

Irã acusa Israel por morte de cientista nuclear do Ministério da Defesa .
O Irã acusou nesta de sexta-feira (27) Israel de "desempenhar um papel" no assassinato de um cientista iraniano que trabalhava no setor nuclear e alertou que uma "terrível vingança" aguardava os envolvidos no que Teerã chamou de "ato terrorista". "Terroristas hoje assassinaram um proeminente cientista iraniano. Esta covardia - com sérios indícios do papel de Israel - mostra a guerra desesperada de seus executores", tuitou o ministro das Relações Exteriores iraniano, Mohammad Javad Zarif.Ele também exortou a comunidade internacional a "pôr fim às suas vergonhosas posições ambivalentes e condenar este ato terrorista".

usr: 26
Isto é interessante!