Brasil Governo sinaliza que vacina da Pfizer contra covid não tem o perfil desejado

19:46  01 dezembro  2020
19:46  01 dezembro  2020 Fonte:   poder360.com.br

Perfil da Sputnik V diz que vacina será mais barata que Pfizer e Moderna

  Perfil da Sputnik V diz que vacina será mais barata que Pfizer e Moderna Preço prestes a ser divulgado. Afirma porta-voz de fundo russoO preço estimado das vacinas da Pfizer e da Moderna é, respectivamente, de US$ 20 e de US$ 32 a US$ 37 por dose.

La vacuna de Pfizer utiliza un enfoque completamente experimental, que implica inyectar parte del código genético del virus en el cuerpo. La vacuna contra el coronavirus conjuntamente desarrollada por Pfizer y BioNTech es eficaz en más de un 90% y evita que las personas contraigan la covid -19

Pfizer diz que vacina contra covid -19 é segura e tem 95% de eficácia. 00:00. Colaboração para o UOL. 18/11/2020 09h18Atualizada em 18/11/2020 12h22. Segundo um comunicado da Pfizer para a imprensa, a vacina previne as formas mais leves e graves da covid -19. E manteve praticamente a

Desenvolvida por BioNTech e Pfizer, a vacina BNT162 demonstrou ter eficácia de 90% contra a covid-19 © BioNTech (via DW) Desenvolvida por BioNTech e Pfizer, a vacina BNT162 demonstrou ter eficácia de 90% contra a covid-19

O secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Arnaldo Medeiros, informou nesta 3ª feira (1º.dez.2020) que as vacinas contra a covid-19 que serão incluídas no Plano Nacional de Imunização devem “fundamentalmente” ser termoestáveis por longos períodos e que possam ser armazenadas em temperaturas de 2°C a 8°C, compatível com a capacidade da rede de resfriamento nacional.

Ele não citou especificamente nenhuma vacina. No entanto, o critério estabelecido pelo governo afasta a possibilidade de aquisição da vacina desenvolvida pela farmacêutica Pfizer e pela empresa de biotecnologia alemã BioNTech. O imunizante, batizado de BNT162b2, exige condições especiais de armazenamento, com temperaturas de -70ºC.

Vacina de Oxford alcança até 90% de eficácia

  Vacina de Oxford alcança até 90% de eficácia Testado no Brasil, imunizante já foi comprado pelo governo federal. Vacina tem desempenho abaixo do de concorrentes, mas pode ser armazenada em refrigeradores normais, o que facilita sua distribuição. © picture-alliance/empics/D. Cheskin Melhor resultado foi obtido com duas aplicações, sendo meia dose na primeira e uma dose inteira na segunda A companhia farmacêutica anglo-sueca AstraZeneca comunicou nesta segunda-feira (23/11) que a sua vacina, desenvolvida em parceria com a Universidade de Oxford, tem eficácia de até 90% para proteger contra infecções pela covid-19, sem nenhum efeito colateral grave.

Vacina contra covid -19: a corrida de países latino-americanos por imunizantes enquanto pandemia avança. A vacina da Pfizer é diferente porque usa uma abordagem completamente experimental: envolve injetar parte do código genético do vírus de modo a treinar o sistema imunológico do indivíduo.

Ministério da Saúde pretende vacinar contra Covid até cinco dias após liberação da Anvisa. O documento protocolado pela AGU não tem datas precisas – o governo reafirma que isso só será definido quando Os números incluem a negociação para adquirir a vacina da Pfizer , já utilizada no

“O que nós queremos de uma vacina? Qual o perfil de uma vacina desejada? Claro, que ela confira proteção contra a doença grave e moderada, que ela tenha elevada eficácia, que ela tenha segurança, que ela seja capaz de fazer uma indução da memória imunológica, que ela tenha possibilidade de uso em diversas faixas etárias, e em grupos populacionais”, disse em entrevista a jornalistas.

“E que idealmente ela seja feita de dose única, embora muitas vezes isso talvez não seja possível, só seja possível em mais de uma dose, mas fundamentalmente que ela seja termoestável por longos períodos, em temperaturas de 2°C a 8°C. Por quê? Porque a nossa rede de frios, nessas 34.000 salas, é montada e estabelecida com uma rede de frios de aproximadamente 2°C e 8°C”.

Pfizer é a 3ª a iniciar análise de vacina contra a covid-19 junto à Anvisa

  Pfizer é a 3ª a iniciar análise de vacina contra a covid-19 junto à Anvisa Vacina da Oxford e CoronaVac. Enviam dados desde outubroÉ a 3ª vacina que inicia o processo chamado de submissão contínua. Oxford e AstraZeneca começaram a submeter dados do seu imunizante em 1º de outubro. Foi seguida pela Sinovac no dia seguinte.

Vacina contra covid -19: Reino Unido é 1 º país a aprovar imunizante da Pfizer e pode iniciar aplicação em uma semana. "Vale mencionar que esses genes contidos da vacina não têm capacidade de se integrar ao nosso DNA. Essa modalidade de vacinação se mostra muito segura", completa

Vacina contra covid -19: Reino Unido é 1 º país a aprovar imunizante da Pfizer e pode iniciar A proposta das vacinas gênicas, como essa anunciada pela Pfizer , é diferente. Em vez de injetar em Basta criar em laboratório só a sequência genética desejada . Isso exige uma estrutura de produção

Considerando a aplicação única, hoje a única vacina em testes no país que atenderia a esse critério é a da Johnson & Johnson.

Segundo o secretário, do “ponto de vista ideal”, a vacina contra a covid-19 deve apresentar uma tecnologia de baixo custo de produção.

Medeiros afirmou que o Plano Nacional de Vacinação contra a covid-19 será concluído apenas após o registro de um imunizante pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). O secretário disse ainda que haverá nesta 3ª feira (1º.dez) uma reunião do grupo técnico de trabalho e que há a possibilidade de que uma versão prévia seja divulgada ainda nesta semana.

O secretário também afirmou que o Brasil detém o principal programa de imunização do mundo e vai usar essa estrutura para a aplicação da vacina contra a covid-19. A estrutura, segundo ele, compreende o total de 34.000 salas de vacinação, número que pode aumentar para 50.000 em épocas de campanha. O país conta com 114.000 vacinadores.

Nesta 3ª feira (1º.dez.2020), a Pfizer pediu às autoridades de regulação de medicamentos da Europa a autorização para uso emergencial de sua vacina. A mesma solicitação foi feita nos Estados Unidos, em 18 de novembro. A Pfizer divulgou estudos que apontam que o imunizante desenvolvido tem 95% de eficácia contra o novo coronavírus.

Governo avança em negociação de 70 milhões de doses de vacina da Pfizer .
Saúde: acordo finalizado esta semana. Bolsonaro garantiu vacina gratuita“Os termos já estão bem avançados e devem ser finalizados ainda no início desta semana com a assinatura do memorando de intenção”, disse a pasta em nota.

usr: 1
Isto é interessante!