Brasil: Toffoli nega que ministros do STF interferiram no arquivamento da CPI 'Lava Toga' - PressFrom - Brasil

BrasilToffoli nega que ministros do STF interferiram no arquivamento da CPI 'Lava Toga'

21:21  12 fevereiro  2019
21:21  12 fevereiro  2019 Fonte:   estadao.com.br

Ministros do STF atuaram para arquivamento da CPI da 'Lava Toga'

Ministros do STF atuaram para arquivamento da CPI da 'Lava Toga' 0

CPI ' Lava Toga ': Presidente do Senado confirma arquivamento . Senadores recuam e CPI contra 'ativismo judicial' não vinga. Nos bastidores, membros do Supremo viram as digitais do ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, nas movimentações para a criação da CPI , que, na visão deles, seria

Ministros do STF atuaram para arquivamento da CPI da ' Lava Toga '. Movimento cria abaixo-assinado por CPI Lava Toga ; meta é obter 500 "O arquivamento pelo presidente do Senado Davi Alcolumbre mostra a habilidade em evitar conflitos entre os Poderes em um momento em que o País

BRASÍLIA - O presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, negou nesta terça-feira, 12, que os ministros da Corte tenham atuado para que o Senado recuasse da abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar o "ativismo judicial" em tribunais superiores, como mostrou o Estadão/Broadcast. Apelidada de "Lava Toga", a CPI era um pedido do senador Alessandro Vieira (PPS-SE), mas foi enterrada após três senadores retirarem o apoio. "Não, não. Não tem nada disso", disse Toffoli ao Estadão/Broadcast.

Nos bastidores, membros do Supremo viram as digitais do ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, nas movimentações para a criação da CPI, que, na visão deles, seria voltada para investigar a atuação de tribunais superiores - mirava, na verdade, a Suprema Corte.

Supremo se livra de CPI no Senado, mas segue na mira em Brasília e nas redes

Supremo se livra de CPI no Senado, mas segue na mira em Brasília e nas redes Supremo se livra de CPI no Senado, mas segue na mira em Brasília e nas redes

Apelidada de " Lava Toga ", a CPI era um pedido do senador Alessandro Vieira (PPS-SE), mas foi enterrada após três senadores retirarem o Não tem nada disso", disse Toffoli ao Estadão/Broadcast. Nos bastidores, membros do Supremo viram as digitais do ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni

Apelidada de " Lava Toga ", a CPI era um pedido do senador Alessandro Vieira (PPS-SE), mas foi Nos bastidores, membros do Supremo viram as digitais do ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni O jornal O Estado de S. Paulo apurou que ministros do STF trataram do assunto diretamente com

Toffoli nega que ministros do STF interferiram no arquivamento da CPI 'Lava Toga'© Dida Sampaio/Estadão Dias Toffoli, presidente do STF

'Entendimento' e 'pacificação'

Nesta terça, Onyx e Toffoli deram uma coletiva de imprensa lado a lado e falaram de "entendimento" e "pacificação" entre os poderes. O presidente do STF destacou a "importância de respeito de competências de cada um dos poderes", enquanto o ministro da Casa Civil disse que o governo está construindo "uma grande aliança pelo Brasil".

Ambos almoçaram juntos no restaurante Rubaiyat, em Brasília. O encontro não constava na agenda de Onyx, apenas na de Toffoli. Nenhum dos dois, no entanto, divulgou o local do encontro para a imprensa, mesmo após questionamentos de jornalistas.

Onyx afirmou que do Hospital Albert Einstein, em São Paulo, o presidente Jair Bolsonaro participou do almoço. "Conversamos com Bolsonaro ao longo do nosso almoço", contou.

Bancada evangélica reage à ‘pauta de costumes’ do STF

Bancada evangélica reage à ‘pauta de costumes’ do STF Bancada evangélica reage à ‘pauta de costumes’ do STF

Toffoli nega que ministros do STF interferiram no arquivamento da CPI ' Lava Toga '. A reportagem apurou que ministros do STF trataram do assunto diretamente com senadores no fim de semana. Segundo Kátia, ela falou por telefone com o ministro Gilmar Mendes antes de recuar.

Toffoli nega que ministros do STF interferiram no arquivamento da CPI ' Lava Toga '. A reportagem apurou que ministros do STF trataram do assunto diretamente com senadores no fim de semana. Segundo Kátia, ela falou por telefone com o ministro Gilmar Mendes antes de recuar.

O ministro também destacou que "muito brevemente" o presidente estará de volta a Brasília e poderá se reunir pessoalmente com o presidente do Supremo e os chefes dos outros poderes. O ministro não soube precisar, entretanto, se Bolsonaro receberá alta nesta quarta-feira, 13, como está previsto.

Segundo Toffoli, o objetivo do encontro foi aprofundar o "diálogo" entre os poderes. O ministro destacou a "importância do respeito de competência de cada um dos poderes". "Esse diálogo de respeito entre poderes é importante. A fase em que poderes estavam em conflito passou." Ele ponderou que "diálogo não significa concordância com tudo".

Entenda. Os senadores Kátia Abreu (PDT-TO), Tasso Jereissati (PSDB-CE) e Eduardo Gomes (MDB-TO), que assinaram o requerimento para criação da CPI da Lava Toga num primeiro momento, desistiram antes que a comissão fosse instalada. O Estado apurou que ministros do STF trataram do assunto diretamente com senadores no fim de semana.

Ex-secretário de Cabral é preso novamente em operação da Lava Jato

Ex-secretário de Cabral é preso novamente em operação da Lava Jato Governo do Rio de JaneiroRégis FichtnerO advogado Régis FichtnerDivulgação1 Uma operação da Lava Jato na manhã desta sexta-feira 15 prendeu o advogado Régis Fichtner, ex-chefe da Casa Civil do governo de Sérgio Cabral no Rio de Janeiro. Fichtner foi preso anteriormente em novembro de 2017, mas conseguiu um habeas corpus uma semana depois e estava em liberdade desde então. Segundo informações da Globo News, ele é alvo de uma investigação sobre pagamentos de propinas envolvendo doleiros durante sua gestão como secretário. O advogado foi um dos principais aliados de Cabral em seus dois mandatos como governador do Rio de Janeiro, entre 2007 e 2014.

Toffoli nega que ministros do STF interferiram no arquivamento da CPI ' Lava Toga '. Onyx tentou desfazer o mal-estar com Toffoli , depois que integrantes do STF viram digitais da Casa Civil e do PSL, partido do presidente, nas movimentações do senador Alessandro Vieira (PPS-SE) para

Toffoli nega que ministros interferiram com CPI ' Lava Toga '. Resumo do dia: morte de Boechat, 'espionagem' de bispos, CPI da ' Lava Toga ' Apelidada de " Lava Toga ", a CPI que pretendia investigar o "ativismo judicial" em tribunais superiores foi enterrada após três senadores retirarem o

Segundo Kátia, ela falou por telefone com o ministro Gilmar Mendes antes de recuar. Para a senadora, este não é o momento para abrir uma crise institucional no País. Em entrevista ao Estado, Vieira disse que houve ameaça de retaliação por parte de ministros.

Na segunda, 11, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), confirmou o arquivamento por falta de assinaturas necessárias - é preciso o apoio de, no mínimo, 27 dos 81 senadores para a comissão ir adiante. Depois do arquivamento, o presidente do Supremo, ministro Dias Toffoli, elogiou a postura de Alcolumbre no episódio. "O arquivamento pelo presidente do Senado Davi Alcolumbre mostra a habilidade em evitar conflitos entre os Poderes em um momento em que o País precisa de unidade para voltar a crescer e a se desenvolver", afirmou ao Estadão/Broadcast.

Lava Jato: Paulo Preto, suspeito de ser operador do PSDB, é preso.
Lava Jato: Paulo Preto, suspeito de ser operador do PSDB, é preso

—   Compartilhe notícias nas redes sociais
Isto é interessante!