Brasil Mourão diz que “excessos” de Silveira e do STF criaram “crise desnecessária”

18:46  18 fevereiro  2021
18:46  18 fevereiro  2021 Fonte:   poder360.com.br

Câmara terá reunião de líderes nesta 5ª sobre prisão de Daniel Silveira

  Câmara terá reunião de líderes nesta 5ª sobre prisão de Daniel Silveira Decide trâmite para análise do plenário. Deputado foi preso por ordem do STF. Gravou vídeo xingando ministrosO congressista foi detido por ordem do ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Alexandre de Moraes depois de ter feito um vídeo com xingamentos e ameaças a magistrados da Corte. Leia aqui a transcrição do que disse o deputado.

O vice-presidente da República, Hamilton Mourão (PRTB), disse nesta 5ª feira (17.fev.2021) que, para ele, no caso da prisão do deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ) houve excessos tanto por parte do congressista quanto de ministros do STF (Supremo Tribunal Federal).

Prisão do deputado Daniel Silveira causa crise desnecessária, diz vice-presidente da República, Hamilton Mourão. © Sérgio Lima/Poder360 Prisão do deputado Daniel Silveira causa crise desnecessária, diz vice-presidente da República, Hamilton Mourão.

Segundo o vice-presidente, o deputado se excedeu no exercício da imunidade parlamentar, mas isso não deveria autorizar que os agentes se excedessem também.

“Não se chega ao equilíbrio somando-se os excessos. O deputado seguramente excedeu-se no exercício da imunidade parlamentar. Contudo, isso não autoriza que outros agentes se excedam também, porque assim o sistema de freios e contrapesos fica contaminado”, afirmou Mourão em entrevista à CNN Brasil.

Por unanimidade, STF mantém prisão em flagrante de Daniel Silveira

  Por unanimidade, STF mantém prisão em flagrante de Daniel Silveira O STF decidiu manter a prisão do deputado Daniel Silveira após ele ter divulgado vídeo com ofensas e ataques a ministros do SupremoNo início da sessão que decidiu manter preso o deputado que quebrou a placa com o nome de Marielle Franco, o presidente da Corte, Luiz Fux, fez um breve discurso defendendo a harmonia entre os Poderes e em defesa do STF.

Mourão foi o 1º integrante do alto escalão do governo federal a se manifestar sobre o caso.

Para o vice-presidente, um sistema de freios e contrapesos “decorre da separação de poderes e exige a temperança constitucional ante excessos inconstitucionais”. Segundo ele, os atos do deputado e a decisão do Supremo causou uma “crise desnecessária”.

Receba a newsletter do Poder360

Daniel Silveira foi preso na noite desta 3ª feira (16.fev), por ordem do ministro Alexandre Moraes, do STF, depois de ter publicado um vídeo com ataques e ameaças aos ministros da Corte.

A prisão reacendeu o risco de um atrito entre as instituições. Líderes da Câmara dos Deputados se reunirão nesta 5ª feira (18.fev) para discutir sobre a prisão do deputado, que já foi referenda por unanimidade pelos ministros do STF.

Em 15 minutos, Silveira pede desculpas 6 vezes e diz que se arrependeu

  Em 15 minutos, Silveira pede desculpas 6 vezes e diz que se arrependeu Fez discurso voltado a deputados. Leu texto que seria de Moraes. Ministro determinou sua prisãoReceba a newsletter do Poder360

Na reunião, os líderes devem discutir como proceder com a prisão: se convocam ou não sessão imediatamente do plenário para deliberar sobre o caso. Caso os deputados realizem sessão, a decisão precisará ser tomada por maioria absoluta. Ou seja, são necessários, ao menos, 257 votos dos 513 deputados para soltar ou para manter Silveira preso.

Em conversa com apoiadores nesta 5ª feira (17.fev.2021), sem mencionar Silveira, o presidente Jair Bolsonaro pediu para que continuasse “tudo em paz”.

“Tudo em paz aí pessoal? Pedi a Deus que continue”, disse o presidente aos apoiadores.

Outros integrantes do alto escalão não se posicionaram até o momento desta reportagem.

Alexandre de Moraes pede que PGR se manifeste sobre prisão de Silveira .
Deputado ameaçou o STF mesmo preso. Celulares encontrados em sua cela. Silveira se recusou a dizer a senhaEntre as situações mencionadas na decisão (íntegra – 115 KB) desta 3ª feira (23.fev.2021), está o vídeo que o deputado gravou no momento de sua prisão em flagrante. Segundo Moraes, a conduta do deputado apenas reiterou os crimes pelos quais ele estava sendo preso.

usr: 3
Isto é interessante!