Brasil SP bate recorde de internações e vai apertar restrições

13:03  23 fevereiro  2021
13:03  23 fevereiro  2021 Fonte:   metroworldnews.com.br

Doria decreta toque de recolher nas madrugadas em SP após recorde de internações por covid-19 no Estado

  Doria decreta toque de recolher nas madrugadas em SP após recorde de internações por covid-19 no Estado Restrição de circulação valerá entre 23h e 6h a partir de sexta-feira, 26 de fevereiro, até pelo menos 14 de março. Nos últimos 10 dias, 660 pessoas foram internadas em UTIs públicas e privadas do Estado com covid-19, um recorde desde o início da pandemia de coronavírus. Nesta quarta-feira, o número de internados chegou a 6.657, um novo recorde. O Governo também registrou 100 novas internações diárias nos últimos três dias. Se o ritmo de novas internações continua, em 22 dias se esgotará o número de leitos do Estado, garantiu o gestão paulista.

São Paulo atingiu o recorde de pessoas internadas em UTIs pela covid-19 desde o início da pandemia. O pico até então, de 6.257 hospitalizações, de junho do ano passado, no auge da primeira onda, foi quebrado ontem com o registro de que 6.410 pacientes atualmente acamados em hospitais por conta do novo coronavírus.

São Paulo fase vermelha © Suamy Beydoun/Agif/Folhapress São Paulo fase vermelha

QUER RECEBER A EDIÇÃO DIGITAL DO METRO JORNAL TODAS AS MANHÃS POR E-MAIL? É DE GRAÇA! BASTA SE INSCREVER AQUI.

Mesmo com a ampliação da oferta de leitos, só na última semana, o aumento nas internações foi de 5,6%. “Ultrapassamos o maior número da história da pandemia e temos que ter atenção especial”, alertou o secretário da Saúde, Jean Gorinchteyn.

Covid-19: Com mais restrições à circulação noturna, SP tenta evitar colapso na saúde; entenda o que muda

  Covid-19: Com mais restrições à circulação noturna, SP tenta evitar colapso na saúde; entenda o que muda Entre 26 de fevereiro e 14 de março, estará em vigor uma restrição de circulação entre 23h e 5h em todo o Estado, com fiscalização reforçada para coibir aglomerações nas ruas e festas clandestinas.Entre 26 de fevereiro e 14 de março, estará em vigor uma restrição de circulação entre 23h e 5h, com um aumento da fiscalização.

Para o coordenador-executivo do centro de contingência, João Gabbardo, como o número de casos está estável, o recorde de internações pode estar associado ao fato de que os doentes estão permanecendo hoje mais tempo na UTI, o que sugere que a doença está ficando mais grave.

Diante do aumento, o comitê apresentou uma série de sugestões para endurecer a quarentena. As novas medidas restritivas deverão ser anunciadas amanhã pelo governo e provavelmente começarão a valer na sexta-feira.

“São recomendações que vão tratar de redução da mobilidade, da movimentação das pessoas, que é o que a gente pode fazer nesse momento para reduzir a transmissibilidade. Sendo variante ou não, a forma de reduzir a transmissão é a mesma: diminuir a possibilidade de contato entre as pessoas”, disse Gabbardo.

Como saber se a vacinação está surtindo o efeito esperado

  Como saber se a vacinação está surtindo o efeito esperado Israel, país onde a vacinação está mais avançada, mostra resultados claros — e pode nos dar algumas pistas.No Reino Unido, onde 15 milhões de habitantes já foram imunizados, há alguns sinais de um possível efeito da vacina na queda de mortes entre indivíduos acima de 80 anos.

Ferramenta criada por pesquisadores das universidades USP e Unesp para monitorar os dados da pandemia, o Info Tracker também detectou o rápido e expressivo crescimento das internações.

Na Grande São Paulo, o aumento em sete dias foi de 7,6%. Só em Santo André, a alta foi de quase 31%, enquanto que em Osasco foi de 28% e, na capital, 5%.

Afetada pela variante de Manaus, Araraquara, no interior, quase dobrou o número de internações em um mês, passando de 35 para 68, entre 19 de janeiro e o pico atingido em 19 de fevereiro. A cidade tem 100% dos leitos ocupados e ficará em lockdown até o fim da noite de hoje. Já São Bernardo terá toque de recolher a partir de sábado.

Butantan faz aniversário com vacina

O Instituto Butantan começa a entregar um novo lote com 3,4 milhões de doses de vacinas contra a covid-19 para o Ministério da Saúde repassar aos estados.

Os envios ocorrerão em remessas diárias – com 426 mil doses, em média. A primeira entrega será feito hoje, data que também marca o aniversário dos 120 anos de fundação do Butantan.

O instituto, que assumiu protagonismo no combate ao novo coronavírus, nasceu como um laboratório para produção de soro contra a peste bubônica e hoje é o maior produtor de imunobiológicos do país. O Butantan ganhará de presente um mosaico da artista Claudia Sperb, uma obra do artista Kobra, um bolo da Carlos Bakery, um selo dos Correios e um show da Orquestra Brasil Jazz Sinfônica.

Reino Unido anuncia relaxamento gradual do lockdown .
Com avanço da vacinação e queda nas internações por covid-19 em meio às restrições rígidas, país se prepara para abandonar o confinamento. Plano prevê reabertura em quatro etapas e fim do lockdown em 21 de junho. © Matt Dunham/AP/picture alliance Objetivo é O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, anunciou nesta segunda-feira (22/02) um plano para aliviar gradualmente as restrições impostas devido à pandemia de covid-19. O lockdown deve ser encerrado em 21 de junho, ao final de um processo de quatro etapas.

usr: 5
Isto é interessante!