Brasil PSL inicia processo contra Daniel Silveira; deputados querem ‘expulsão rápida’

15:23  23 fevereiro  2021
15:23  23 fevereiro  2021 Fonte:   estadao.com.br

Alexandre de Moraes determina o bloqueio das redes sociais de Daniel Silveira

  Alexandre de Moraes determina o bloqueio das redes sociais de Daniel Silveira Atinge Facebook, Instagram e Twitter. Por continuar publicando ofensasOs perfis do congressista no Facebook, no Instagram e no Twitter saíram do ar nesta 6ª feira (19.fev).

Deputados do PSL se reunirão nesta terça-feira, 22, em Brasília, com o presidente da sigla, Luciano Bivar (PE), para pedir que seja iniciado formalmente o processo administrativo de expulsão do deputado Daniel Silveira (RJ), que está preso por ameaçar ministros do Supremo Tribunal Federal.

Deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ) deixou a sede da Policia Federal na quinta-feira, 18, para o Batalhão da Polícia Militar após decisão do juiz Airton Vieira, auxiliar do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF).  © Wilton Junior/Estadão Deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ) deixou a sede da Policia Federal na quinta-feira, 18, para o Batalhão da Polícia Militar após decisão do juiz Airton Vieira, auxiliar do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF).

Para reforçar a pressão junto à executiva do partido, um grupo de 12 parlamentares vai protocolar mais uma representação, além da que já tinha sido apresentada na semana passada. O documento original conta com as assinaturas dos deputados Junior Bozella, vice-presidente nacional do PSL, Delegado Marcelo Freitas, Felipe Franceschini, Dayane Pimentel, Joice Hasselmann, Delegado Waldir e Heitor Freire. A ideia é que o novo documento receba mais adesões.

Em 15 minutos, Silveira pede desculpas 6 vezes e diz que se arrependeu

  Em 15 minutos, Silveira pede desculpas 6 vezes e diz que se arrependeu Fez discurso voltado a deputados. Leu texto que seria de Moraes. Ministro determinou sua prisãoReceba a newsletter do Poder360

Integrante da ala "bolsonarista" do PSL, Silveira já estava com as atividades partidárias suspensas desde 11 de fevereiro do ano passado.

"O representado fez veicular na internet vídeo em que ataca frontalmente os ministros do STF. No vídeo alhures referenciado, o qual se tornou de conhecimento irrestrito, o representado profere uma série de ofensas aos ministros do Supremo Tribunal Federal, atacando suas honras – objetivas e subjetivas –, insinuando medidas violentas contra a vida e segurança dos mesmos, além de propagar a adoção de medidas antidemocráticas contra a mais alta Corte do Poder Judiciário brasileiro ao insinuar a reedição do AI-5", disse o documento, que foi obtido pelo Estado.

"Vão resolver agora o que já deveria ter sido feito. Acho que essa semana ele já está fora", disse a deputada Joice Hasselmann.

Segundo parlamentares do chamado grupo "raiz" do PSL, Luciano Bivar garantiu em mensagem de WhatsApp que Silveira será expulso e o processo será célere. Procurado pela reportagem , o dirigente não se manifestou.

Lira busca salvaguarda política ao convocar reuniões sobre deputado preso .
Falará com a Mesa e com líderes. Encontros não são obrigatóriosO deputado Daniel Silveira foi preso a mando do ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Alexandre de Moraes. O motivo foi um vídeo divulgado por Silveira atacando ministros do Tribunal. A ordem de prisão foi emitida na 3ª feira (16.fev.2021), e ele está no momento detido no Rio de Janeiro.

usr: 5
Isto é interessante!