Brasil PL busca destravar negociação com Pfizer e liberar empresas a comprarem vacina

18:17  23 fevereiro  2021
18:17  23 fevereiro  2021 Fonte:   poder360.com.br

O que se sabe sobre a vacina da AstraZeneca

  O que se sabe sobre a vacina da AstraZeneca Mais barato e fácil de armazenar, o imunizante, também chamado de "vacina de Oxford", está em uso em dezenas de países e foi comprado pelo Brasil. © Thomas Brégardis/Ouest-France/MAXPPP/picture alliance Vacina da AstraZeneca não precisa ser armazenada a temperaturas extremamente baixas e é mais barata Quem desenvolveu a vacina da AstraZeneca contra covid-19? A vacina, chamada AZD1222, foi desenvolvida por uma equipe da Universidade de Oxford e da empresa farmacêutica britânico-sueca AstraZeneca. A equipe de pesquisa inclui cientistas do Instituto Jenner e do Oxford Vaccine Group.

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), apresenta nesta 3ª feira (23.fev.2021) projeto de lei que autoriza a União, Estados, municípios e até empresas privadas a comprarem e assumirem os riscos de possíveis efeitos adversos de vacinas contra a covid-19.

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), no plenário da Casa © Beto Barata/Agência Senado O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), no plenário da Casa

O texto abre a possibilidade de responsabilização por entes federativos e pessoas jurídicas de direito privado “enquanto perdurar” a pandemia causada pelo novo coronavírus. Eis a íntegra (494 KB) do texto, divulgado pelo senador nesta 3ª feira (23.fev.2021).

Metade da população de Israel deve ser vacinada até final de março

  Metade da população de Israel deve ser vacinada até final de março Vacinas da Pfizer/BioNTech e Moderna. Israel paga mais do que a União EuropeiaO país ostenta a maior cota per capita de doses inoculadas no mundo. Desde o início da campanha de vacinação, em 20 de dezembro, 4 milhões de israelenses já receberam a 1ª dose da vacina de mRNA da parceria entre BioNTech e Pfizer, o que correspondente a 43% da população do país. Mais de 30% já receberam a 2ª dose, sendo que mais de 80% das pessoas com mais de 60 anos já foram imunizadas.

A medida é uma tentativa de destravar negociações com a Pfizer e a Janssen, que exigem esse item para venderem seus imunizantes. O senador teve uma reunião nessa 2ª (22.fev) com representantes das farmacêuticas e outra com o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello.

Receba a newsletter do Poder360

O projeto determina que as empresas poderão comprar vacinas desde que os imunizantes sejam integralmente doados ao SUS (Sistema Único de Saúde) para serem utilizados pelo PNI (Programa Nacional de Imunização).

Depois da vacinação de grupos prioritários determinados pelo Ministério da Saúde, no entanto, as empresas poderão “adquirir diretamente vacinas para comercialização ou utilização, atendidos os requisitos legais e sanitários pertinentes”.

Pfizer diz que variante sul-africana pode reduzir proteção de vacina

  Pfizer diz que variante sul-africana pode reduzir proteção de vacina Pfizer diz que variante sul-africana pode reduzir proteção de vacina(Reuters) - Um estudo de laboratório leva a crer que a variante sul-africana do coronavírus pode reduzir a proteção de anticorpos da vacina da Pfizer com a BioNTech em dois terços, e não está claro se a vacina será eficaz contra a mutação, disseram as empresas na quarta-feira.

Na justificativa do projeto, Pacheco diz que “cabe ao Congresso Nacional aprimorar a legislação a fim de conferir flexibilidade e segurança jurídica para a aquisição dos imunobiológicos necessários para proteger o povo brasileiro”.

O PL de autoria do presidente do Senado ainda não tem previsão de data para votação na Casa.

A liberação para que a União assuma a responsabilidade pelos efeitos adversos dos imunizantes, porém, pode ser incluída como emenda na MP 1026/21, que facilita a compra de vacinas contra a covid-19 e pode ser votada nesta 3ª (23.fev) na Câmara dos Deputados.

Após pressão, Ministério da Saúde anuncia compra da vacina da Pfizer e negociação com a Janssen .
Pazuello não informou quantas doses da Pfizer devem ser compradas; a promessa foi feita a representantes da Confederação Nacional dos Municípios (CNM) "Estamos discutindo a possibilidade de contratação da vacina da Pfizer, que hoje se torna realidade”, disse Pazuello em vídeo em vídeo divulgado pelo ministério de uma reunião com a farmacêutica. A decisão do Ministério da Saúde ocorre no momento de explosão de internações e colapso de sistemas de saúde em todo o País. O governo é pressionado para ampliar a oferta de imunizantes, mas Pazuello e o presidente Jair Bolsonaro rejeitam há meses a oferta da Pfizer.

usr: 1
Isto é interessante!