Brasil Fiocruz confirma entrega de 5 milhões de doses da AstraZeneca nesta semana

11:55  15 abril  2021
11:55  15 abril  2021 Fonte:   poder360.com.br

Covid-19: Fiocruz vai entregar 18 milhões de vacinas até 1° de maio

  Covid-19: Fiocruz vai entregar 18 milhões de vacinas até 1° de maio Nesta semana, Bio-Manguinhos prevê liberar 2 milhões de doses da vacina contra covid-19. Entre 12 e 17 de abril, mais 5 milhões serão disponibilizadas ao Ministério da Saúde. Nas semanas seguintes, serão entregues 4,7 milhões, de 19 a 24 de abril; e 6,7 milhões, de 26 de abril a 1 de maio.

A Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz) anunciou que completará a entrega de 5 milhões de doses de vacinas contra a covid-19 ao PNI (Programa Nacional de Imunização) até a próxima 6ª feira (16.abr.2021). O imunizante é o da AstraZeneca, desenvolvido em parceria com a Universidade de Oxford, no Reino Unido.

O imunizante é o da AstraZeneca, desenvolvido em parceria com a Universidade de Oxford, no Reino Unido © ZupaBA VUCBA (via Wikimedia Commons) O imunizante é o da AstraZeneca, desenvolvido em parceria com a Universidade de Oxford, no Reino Unido

A fundação já entregou, nessa 4ª feira (14.abr.2021), parte das doses (2,2 milhões).

O cronograma pactuado com o Ministério da Saúde, segundo a Fiocruz, segue o esquema de entregas semanais e está sujeito à logística de distribuição definida pela pasta.

Kalil negocia compra de vacina da AstraZeneca para BH

  Kalil negocia compra de vacina da AstraZeneca para BH Articulação é para adquirir 4 milhões de doses da vacina desenvolvida pela universidade Oxford em parceira com a FiocruzAs informações são do prefeito Alexandre Kalil (PSD), que concedeu entrevista à rádio Bandeirantes, nesta quarta-feira (7/4). Em nota, a Secretaria Municipal de Saúde informou que aguarda o envio do cronograma de entrega por parte da fabricante.

Receba a newsletter do Poder360

O governo federal adquiriu doses do imunizante da AstraZeneca por duas vias: um contrato com a Fiocruz e outro com o consórcio internacional Covax Facility.

A Fiocruz fornecerá, no total, 210,4 milhões de doses da vacina. As primeiras 100,4 milhões de doses serão produzidas com IFA (insumo farmacêutico ativo) importado e as outras 110 milhões serão completamente fabricadas no Brasil.

A fundação prevê a entrega de 18 milhões de doses de vacinas em abril. Serão mais 4,7 milhões na próxima semana, e, entre 26 de abril e 1º de maio, outras 6,7 milhões de doses.

A previsão é que sejam entregues 21,5 milhões de doses em maio; 34,2 milhões em junho; e 22 milhões em julho. Desse modo, a fundação cumprirá a meta de produzir as 100,4 milhões de doses com o IFA importado.

A vacina da AstraZeneca tem eficácia geral de 76% 22 dias depois da aplicação da 1ª dose, e de 82% após a 2ª dose, que deve ser aplicada 3 meses após a 1ª. Os dados foram publicados na revista científica The Lancet, uma das mais respeitadas do mundo.

Além de prevenir a doença em mais de 80% dos casos, a vacina apresentou 100% de eficácia contra casos graves e hospitalizações. Isso significa que, durante os estudos clínicos, ninguém que foi vacinado precisou ser internado.

Covid-19: Vacinação decorre em diferentes ritmos nos PALOP .
Moçambique já iniciou a segunda fase do plano de vacinação. Na Guiné-Bissau, apesar das desconfianças quanto à eficácia da vacina da Astrazeneca, a adesão à vacinação tem sido grande, mas faltam vacinas. © Osvaldo Silva/AFP Provided by Deutsche Welle Um pouco por todo o mundo os processos de vacinação contra a Covid-19 têm tido percursos conturbados entre suspensões, efeitos colaterais, falta de vacinas suficientes e atrasos na produção. Se no Reino Unido ou nos EUA a vacinação segue a todo o vapor, há países, nomeadamente em África, que ainda não receberam nenhuma dose do imunizante.

usr: 2
Isto é interessante!