Brasil Corpo de universitária raptada em bar é encontrado em rio no PR

10:55  11 junho  2021
10:55  11 junho  2021 Fonte:   istoe.com.br

Polícia confirma que corpo encontrado em Heliópolis é de soldado da PM desaparecido

  Polícia confirma que corpo encontrado em Heliópolis é de soldado da PM desaparecido Polícia confirma que corpo encontrado em Heliópolis é de soldado da PM desaparecidoO PM havia havia sido visto pela última vez no dia 29 de maio, quando câmeras de segurança flagraram ele saindo da estação Sacomã do Metrô em direção à comunidade de Heliópolis. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do Departamento Estadual de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP) da Polícia Civil.

O corpo da universitária Rebeca Cristiny Damasceno, de 28 anos, que estava desaparecida desde 30 de maio após ser raptada de um bar supostamente pelo ex-cunhado, foi encontrado nesta quinta-feira (10) às Margens do Rio da Várzea, em Campo do Tenente, região metropolitana de Curitiba.

De acordo com o UOL, o corpo estava a 7 km da região central da capital paranaense, próximo a uma ponte e amarrado com materiais de ferro.

À reportagem, Rosana Cardozo, tia da vítima, disse que o corpo “foi encontrado no rio boiando, por um pescador. Pelo que disseram existiam algumas marcas de violência e de tiros no corpo, além de estar amarrado a pedaços de ferros. Acreditamos que seria para não flutuar na água”.

Polícia Civil confirma que corpo encontrado em terreno na Zona Sul é do policial desaparecido

  Polícia Civil confirma que corpo encontrado em terreno na Zona Sul é do policial desaparecido Corpo enterrado na comunidade de Heliópolis é de Leandro Martins Patrocínio, sumido desde 29 de maio. Três suspeitos pelo crime foram identificados e são procuradosO policial tinha sido visto pela última vez na favela de Heliópolis. A polícia usou como base as imagens dele na noite do último sábado (29), após descer na estação Sacomã da linha 2-verde do metrô. Imagens de câmeras de segurança da região mostram o soldado caminhando a pé, sozinho, até entrar em Heliópolis.

O suspeito pelo crime é Edson Júnior Mattger, de 24 anos, que foi casado com uma das irmãs da estudante e teria sido denunciado por ela após ter agredido a ex-esposa. A Polícia Civil suspeita que o assassinato de Rebeca tenha sido motivado por vingança.

Edson está foragido e seu mandado de prisão foi expedido em 6 de junho, a pedido da Polícia Civil. Um segundo suspeito, um adolescente de 16 anos, também está foragido por suposta participação no caso.

De acordo com testemunhas, Rebeca sumiu no dia 30 de maio enquanto estava em um bar em Campo do Tenente. Ela teria sido raptada por Edson e esse adolescente, que a teriam puxado pelo cabelo e a colocado em um carro. Os dois ainda teriam voltado ao bar cerca de 30 minutos depois para coagir os frequentadores a não denunciarem o ocorrido à polícia.

O músico de Vinicius e Toquinho que faria 80 anos e desapareceu na ditadura argentina .
Pianista Francisco Cerqueira Tenório Júnior, o Tenorinho, nunca mais foi visto depois de show em Buenos Aires, em 1976. Seu sumiço e como este se relaciona à ditadura argentina nunca foram totalmente esclarecidos, mas sua família ainda considera entrar em mais uma luta judicial para que ele seja reconhecido como vítima.Eram tempos de perseguições, sequestros, torturas e mortes de opositores na Argentina e no Brasil. Mas o caso do músico Francisco Cerqueira Tenório Júnior, o Tenorinho, é também intrigante porque ele não tinha atividades políticas, segundo pessoas próximas. Seu destino, como o de outras vítimas daquele período atroz, ainda tem várias lacunas.

usr: 3
Isto é interessante!