Brasil Cidade de São Paulo tem filas nos postos de saúde para incluir nome na 'xepa da vacina' da covid

06:06  19 junho  2021
06:06  19 junho  2021 Fonte:   estadao.com.br

Viagem futura e desconfiança fazem paulistanos perseguirem vacina da Pfizer

  Viagem futura e desconfiança fazem paulistanos perseguirem vacina da Pfizer Alguns alegam confiar mais no imunizante americano, outros querem viajar quando a crise passar; infectologista observa que todos os produtos disponíveis no País são eficazes e seguros; Prefeitura alerta para não atrasar imunizaçãoA desconfiança que leva à preferência pelo imunizante da farmacêutica norte-americana em relação à Coronavac e à Oxford/AstraZeneca vem, muitas vezes, do acesso a informações desencontradas sobre reações indesejadas e níveis de proteção contra esta ou aquela variante do vírus. Em outras, o motivo é mais prático: algumas pessoas querem estar prontas para viajar quando a pandemia passar e temem a criação de um "passaporte da vacina".

Postos de vacinação da cidade de São Paulo registraram filas ao longo desta sexta-feira, 18. O motivo é a chamada "xepa da vacina", ação da Prefeitura que possibilita que pessoas maiores de 18 anos sem comorbidades (doenças preexistentes) sejam vacinadas com doses remanescentes nas Unidades Básicas de Saúde (UBS). A ideia é evitar o desperdício de doses após a abertura dos frascos de imunizantes contra a covid-19.

Tiago Cardoso, de 28 anos, aproveitou a manhã para se cadastrar na "xepa" da UBS Jardim Aeroporto, na zona sul. Ele demorou uma hora para conseguir colocar seu nome na lista. "As filas estavam mais ou menos organizadas. Do lado direito era para quem ia se cadastrar. Já do outro era quem estava indo tomar alguma dose da vacina", disse o youtuber. Ele afirma, entretanto, que só conseguiu decifrar aonde deveria ir porque perguntou a uma enfermeira que estava no local, e relata ter encontrado muitas pessoas perdidas.

‘Xepa da vacina’: veja como funciona sistema para impedir desperdício de doses

  ‘Xepa da vacina’: veja como funciona sistema para impedir desperdício de doses Muito tem se falado da ‘xepa da vacina’, especialmente nas grandes capitais. O processo que impede o desperdício de doses de imunizantes contra a covid-19 é uma das formas que as secretarias de saúde encontraram para fazer com que a vacinação seja acelerada. Vamos te explicar aqui como participar da ‘xepa da vacina’. Vacinação contra a covid-19 demora, mas começa a dar passos mais largos em direção a imunização coletiva no Brasil Basicamente, os frascos das vacinas Pfizer e Coronavac vem com múltiplas doses. Portanto, quando o posto de saúde abre um recipiente do imunizante, ele precisa que dez pessoas se vacinem. Caso contrário, as doses vão para o lixo.

Na UBS Humaitá, na Bela Vista, região central, Karla Teixeira, de 23 anos, disse que não foi necessária uma longa espera para conseguir colocar o nome do irmão na lista. Mas, quando chegou ao local, não havia divisão nas filas. "Estavam misturadas e um pouco bagunçado. Só depois eles dividiram. Quem foi se vacinar, foi para dentro da escola. Quem estava fazendo o cadastro foi direcionado para a quadra", conta a estudante.

Giullia Gusman e Ana Carolina, de 25 e 24 anos, também tiveram de esperar uma hora até conseguirem o nome na lista da "xepa". Já Caroline Pinezi, de 22 anos, não teve a mesma sorte. A jornalista foi a dois postos de vacinação para tentar se cadastrar e não conseguiu. "Fui ao Allianz Parque (zona oeste) e o segurança me informou que estava demorando em torno de duas horas para conseguir realizar o cadastro", conta. No horário do almoço, ela tentou ir a outro posto, na UBS Vila Romana, onde a organização não estava clara e a fila demorava até 40 minutos. Como precisava voltar ao trabalho, não conseguiu esperar e optou por voltar na próxima segunda-feira, 21.

Covid-19: maiores de 18 anos já podem entrar na 'fila da xepa’ da vacina

  Covid-19: maiores de 18 anos já podem entrar na 'fila da xepa’ da vacina Covid-19: maiores de 18 anos já podem entrar na 'fila da xepa’ da vacinaA liberação do cadastro dessa faixa etária foi informada nesta quinta-feira pela Secretaria Municipal de Saúde. Quem quiser se inscrever para tentar tomar a vacina da covid-19 deve ir pessoalmente à Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima de sua casa munido de RG e comprovante de residência.


Video: Veja todos os títulos do São Paulo no Paulistão e quem foi o vice (LANCE!)

Para se inscrever na lista de espera da vacinação, é necessário ir a uma UBS e apresentar documento com foto, carteirinha do Sistema Único de Saúde (SUS) e comprovante de endereço. O contato, em caso de disponibilidade de doses remanescentes, será feito por telefone. A orientação da Secretaria de Saúde do Município é de que nenhuma dose viável de vacina seja desperdiçada.

A Prefeitura também orienta que os postos cadastrem só pessoas residentes da cidade de São Paulo e que sejam elegíveis na área de abrangência da respectiva unidade de saúde. Isto inclui moradores, estudantes e quem trabalha na região.

Mesmo estando com a lista de espera aberta, o município seguirá uma ordem de priorização:

  1. Lactantes sem comorbidades (até 2 anos de amamentação), acima de 18 anos;
  2. Acadêmicos em Saúde em estágio, independente do período de formação e estudantes de área técnica em saúde em estágio, independente do período de formação;
  3. Pessoas com mais de 18 anos.

Procurada pela reportagem sobre a ordenação das filas e reorganização do fluxo da "xepa da vacina", a Prefeitura de São Paulo ainda não se manifestou.

Brasil recebe metade das vacinas da Janssen previstas para junho enquanto quatro capitais suspendem vacinação .
Ministro da Saúde tenta emplacar agenda positiva sobre o cronograma de imunização, mas falta de doses em capitais é balde água fria num momento em que a campanha ganhava ritmo no paísO Brasil recebeu nesta terça-feira 1,5 milhão de doses de vacinas contra covid-19 da Janssen, metade do lote previsto para o mês de junho. As vacinas, que desembarcaram no aeroporto de Guarulhos (SP) no início da manhã, precisam ser usadas até agosto, quando expira o prazo de validade estendido do imunizante. A vacina da Janssen é a única com dose única aprovada pelo Brasil, o que impacta diretamente sobre o Plano Nacional de Imunização.

usr: 3
Isto é interessante!