Brasil Arthur Lira viaja a São Paulo para jantar com empresários

08:18  25 junho  2021
08:18  25 junho  2021 Fonte:   poder360.com.br

Câmara acelera projeto que afrouxa lei de improbidade

  Câmara acelera projeto que afrouxa lei de improbidade Plenário deve votar nesta quarta proposta que reduz a possibilidade de gestores serem condenados e admite o nepotismoO texto admite, por exemplo, a prática de nepotismo se os parentes conduzidos a cargos públicos tiverem bom currículo, contrariando o Supremo Tribunal Federal (STF). A votação do projeto no plenário deve ser feita nesta quarta-feira, 15.

Arthur César Pereira de Lira (born 25 June 1969 in Maceió), or simply Arthur Lira , is a Brazilian lawyer, farmer, entrepreneur and politician, current Federal Deputy for Alagoas, member of Progressistas (PP) and President of the Chamber of Deputies since February 2021.

Arthur Lira é eleito presidente da Câmara: ‘Devo ser a voz de todos e não a voz de mim’. O deputado federal Arthur Lira (PP-AL) foi eleito nesta segunda-feira (1º) presidente da Câmara dos Deputados e ficará no comando da Casa Legislativa pelos próximos dois anos, até 2023. Natural de Maceió, Arthur César Pereira de Lira tem 51 anos, é casado e possui cinco filhos. Formado em direito pela Universidade Federal de Alagoas (UFAL), é empresário , advogado e agropecuarista.

O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), viajou a São Paulo nesta 5ª feira (24.jun.2021) para se encontrar com empresários. O presidente do PP, senador Ciro Nogueira (PI), o acompanha.

O presidente da Câmara, Arthur Lira, busca se aproximar do mercado © Sérgio Lima/Poder360 26.fev.2021 O presidente da Câmara, Arthur Lira, busca se aproximar do mercado

Havia reunião de líderes da Câmara –instância onde é definida a pauta de votações da semana seguinte– marcada para a tarde desta 5ª feira (24.jun.2021). Lira cancelou e voou para a capital paulista.

O evento é um jantar na casa do empresário João Camargo. Ele lançou neste ano o Esfera Brasil, grupo que compete com o Lide, de João Doria.

Lira critica procurador de Justiça de SP ao defender nova lei de improbidade

  Lira critica procurador de Justiça de SP ao defender nova lei de improbidade Deputado disse que o procurador Mário Sarrubbo pediu que não pautasse projeto que acaba com supersalários“Esta é a função do procurador-geral de Justiça do Estado de São Paulo que hoje se arvorou no direito de dizer nas redes sociais que esse projeto é o projeto da impunidade. Vamos tratar daqui a uns dias do que é impunidade no Congresso, no plenário desta Casa, com maioria absoluta dos senhores deputados deliberando”, disse.

Viimeisimmät twiitit käyttäjältä Arthur Lira (@ArthurLira_). Presidente da Câmara dos Deputados. Maceió, Brasil. Uusi Twitterissä? Rekisteröidy. Arthur Lira . Varmennettu tili. @ArthurLira_.

Tweets. Arthur LiraПодлинная учетная запись. Arthur Lira ‏Подлинная учетная запись @ArthurLira_ 17 мин.17 минут назад.

Receba a newsletter do Poder360


Video: Ao vivo: Arthur Lira fala sobre a indústria e a reforma tributária (Poder360)

O Poder360 apurou que estão entre os convidados:

  • Alexandre Bacelar – Ápice Bahia
  • André Esteves – BTG;
  • André Freitas – Hedge Investments;
  • Candido Pinheiro – Hapvida;
  • Cintia Furtado – Panelinhas do Brasil
  • Claudio Vale – CVPAR;
  • Fernando Marques – União Química;
  • Flavio Rocha – Riachuelo;
  • Jaimes Almeida – Almeida Junior;
  • Jean Jereissati – Ambev;
  • João Pedro Camargo – 89 Invest;
  • Luis Henrique Guimarães – Cosan;
  • Luiz Borgonovi – EMS;
  • Luiz Trabuco – Bradesco;
  • Michael Klein – Via Varejo;
  • Martha Leonardis – BTG;
  • Nelson Kaufman – Vivara;
  • Vander Giordano – Multiplan.

Lira faz movimentos para se aproximar do empresariado e do mercado financeiro. Tem participado, por exemplo, de eventos promovidos por bancos. Ele tinha pouco trânsito nesse meio antes de se tornar presidente da Câmara.

Lira quer restringir atuação da Receita na gestão de regras fiscais

  Lira quer restringir atuação da Receita na gestão de regras fiscais Presidente da Câmara diz que órgão não pode ‘ficar legislando’ por resoluções; ele afirma que novo IR chega na semana que vemBRASÍLIA - O presidente da Câmara, Arthur Lira (Progressistas-AL), quer restringir a atuação da Receita Federal na regulamentação de leis tributárias aprovadas pelo Congresso. Em live organizada pela Federação das Indústrias de São Paulo (Fiesp), Lira disse que, com as mudanças previstas na reforma tributária, o Fisco não poderá mais regulamentar as leis e soltar resoluções para a sua aplicação.

Argumento que também foi desconstruído por Arthur Lira que disse ter acompanhado pessoalmente a fase de negociações com a farmacêutica americana em fevereiro, e que mesmo nesta época mais recente ainda não havia a autorização da Anvisa para a permissão de compra. disse o deputado que afirmou ainda que todas as vidas importam, mas que há uma jogada política para responsabilizar Bolsonaro. Na entrevista, Arthur Lira também bateu forte na CPI, em curso no senado federal

Arthur Lira declarou-se contra a CPI da Covid e afirmou que não há “circunstâncias políticas” para o impeachment. Bolsonaro deve ter apreciado a sabujice do presidente da Câmara. Mas, se apreciou, é porque é um leitor pouco sofisticado. Nem tudo na entrevista é sabujice. A posição de Lira , segundo ele mesmo, é igual à de Rodrigo Maia, que não botava o impeachment para frente porque não havia maioria para aprovar (mas todo mundo sabia que botaria se houvesse). É natural que Lira não queira ser comprometer, que não queira marcar posição como frontal contra o impeachment.

No fim de maio, por exemplo, disse na CEO Conference do banco BTG Pactual que não acredita no surgimento de um candidato competitivo de 3ª via para concorrer à presidência da República no ano que vem.

O presidente da Câmara sempre que possível afirma que a Casa está comprometida com a agenda de reformas econômicas e privatizações, das quais o setor privado é entusiasta. Na manhã desta 5ª feira (24.jun.2021), por exemplo, disse que os deputados deverão votar o projeto que possibilita a privatização dos Correios até 17 de julho.

Entenda como o depoimento dos irmãos Miranda na CPI da Covid complica a situação de Bolsonaro .
BRASÍLIA, DF, E SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A situação do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) se complicou após o líder do governo na Câmara dos Deputados, Ricardo Barros (PP-PR), entrar no centro das apurações da CPI da Covid no Senado sobre supostas irregularidades na compra da vacina Covaxin. O nome de Barros foi citado em depoimento do deputado federal Luis Miranda (DEM-DF), que foi ouvido pela CPI nesta sexta-feira (25), ao lado de seu irmão Luis Ricardo Fernandes Miranda, chefe da Divisão de Importação do Ministério da Saúde. Bolsonaro, que está há dois anos e meio no cargo e pretende disputar a reeleição, sofreu um dos mais fortes reveses até aqui.

usr: 9
Isto é interessante!