Brasil Vacinação em Minas: corrida contra o tempo para atingir meta

15:35  11 julho  2021
15:35  11 julho  2021 Fonte:   em.com.br

Zema se reúne com empresários e prefeitos no Sul de Minas

  Zema se reúne com empresários e prefeitos no Sul de Minas Governador de Minas Gerais visitou as cidades de Lavras, Perdões e Campo Belo; governador falou sobre a crise hídrica do Lago de Furnas

O total de cidades em Minas Gerais faz o estado, que até nesse sábado (10/7) aplicou a primeira dose da vacina contra a COVID-19 em 36,94% do seu público-alvo, viver fases diferentes na corrida pela imunização. Enquanto Belo Horizonte protegeu a população de 44 anos nesse sábado, Confins, na Região Metropolitana, localizada a apenas 40 quilômetros da capital, já aplica doses em pessoas de 27.

Montes Claros fez o mutirão Arraiá VacinaMoc, com 60 horas de aplicação de doses sem parar. Lá já são vacinados os de 34 a 30 anos © Prefeitura de Montes Claros/Divulgação Montes Claros fez o mutirão Arraiá VacinaMoc, com 60 horas de aplicação de doses sem parar. Lá já são vacinados os de 34 a 30 anos

Mais distante, no Norte do estado, Montes Claros adotou uma estratégia criativa para acelerar a imunização: o “Arraiá VacinaMoc”. Trata-se de um mutirão iniciado na sexta que só termina no fim da noite de deste domingo (11/7): 60 horas de vacinação sem parar. Até a tarde de ontem, 10 mil injeções haviam sido aplicadas, de acordo com a chefe da Vigilância Epidemiológica da prefeitura local, Aline Lara Cavalcanti Oliva.

Anvisa autoriza Minas a importar 428 mil doses da Sputnik V

  Anvisa autoriza Minas a importar 428 mil doses da Sputnik V A quantidade de doses representa a imunização de 1% da população mineira, limite máximo estabelecido pela Anvisa . Leia também: Minas pede autorização à Anvisa para importação da vacina russa Sputnik“A Anvisa autorizou a nossa solicitação de importação de 428 mil doses da vacina Sputnik. Mas, agora, o fundo soberano russo vai junto com a Seplag dar a data da entrega, que eu espero que seja o mais breve possível", afirmou o governador de Minas Gerais, Romeu Zema.

Pessoas de até 34 anos se protegeram, mas o objetivo é chegar até as pessoas de 30. O trabalho envolve quase 500 pessoas. Durante a madrugada de ontem, por volta das 4h, uma fila de carros se formou no drive-thru da vacinação no Montes Claros Shopping. O morador, para receber o imunizante, deve apresentar o documento pessoal, o cartão de vacinação e o comprovante de endereço.

“O nosso principal objetivo é o avanço da imunização. Queremos aumentar a velocidade da vacinação para alcançar o maior número possível de pessoas imunizadas contra a COVID-19 em nossa cidade”, afirma a secretária municipal de Saúde de Montes Claros, Dulce Pimenta.

Em Carangola, na Zona da Mata, a campanha também está na quinta marcha. Na sexta, a cidade imunizou pessoas de 24. "É um marco importante pra população. Mesmo vacinado, a gente continua (pedindo) conscientização no uso da máscara e distanciamento social, que são muito importantes. Também pedimos para as pessoas que não vieram tomar a segunda dose que venham", afirma o secretário municipal de Saúde de Carangola, Ralph Machado.

Mortalidade cai entre vacinados em Minas

  Mortalidade cai entre vacinados em Minas SES aponta recuo nas taxas de óbitos e prevalência de casos leves entre maiores de 60 anos. Zema anuncia primeira dose para todos até setembroEntre pessoas de 70 a79 anos, a taxa de mortalidade por COVID-19 caiu de 43% para 28%.  Já nos grupos na faixa etária com 80 anos ou mais a redução foi de 12% para 10% desde o início da pandemia. Ainda segundo o governo, entre as pessoas que têm entre 60 e 69 anos, a queda foi de 24% para 19%.

Na quinta, o governador Romeu Zema (Novo) anunciou a antecipação do calendário de vacinação. Segundo o gestor estadual, a nova previsão é de que todos os adultos maiores de 18 anos sejam vacinados até setembro. A previsão anterior era para alcançar esse passo em outubro. A ideia do governo é aplicar a primeira vacina em todas as pessoas a partir dos 40 em julho. Em agosto, a campanha avança para aqueles entre 25 e 39. Já em setembro, a ideia é proteger a população de 18 a 24.

Em Belo Horizonte, a engenheira civil Karla Minafra chegou cedo e recebeu a primeira dose da vacina da Pfizer © Edésio Ferreira/EM/D.A Press Em Belo Horizonte, a engenheira civil Karla Minafra chegou cedo e recebeu a primeira dose da vacina da Pfizer

Uberlândia acelera e fila anda em BH

Uberlândia anunciou a abertura de mais um ponto de vacinação contra a COVID-19 e pretende vacinar 26 mil pessoas neste fim de semana. A operação volta com a aplicação de imunizantes contra o coronavírus por meio de drive-thru no centro administrativo, além dos postos de vacinação na Arena Sabiazinho e em um ginásio local.

Brasil vislumbra luz no fim do túnel com queda de número de mortes após avanço da vacinação

  Brasil vislumbra luz no fim do túnel com queda de número de mortes após avanço da vacinação Caminho até o controle da pandemia ainda é longo e depende de medidas para diminuir o contágio e a chance de mutações do coronavírus. Com queda de mortes e hospitalizações há duas semanas e avanço da vacinação, especialistas veem possibilidade de “patamar mais tranquilo” no país até o fim do anoCom 13 dias consecutivos de queda na média móvel de mortes por covid-19, uma redução nas internações hospitalares na maioria dos Estados e o avanço da vacinação, o Brasil parece começar a vislumbrar uma luz no fim do túnel para domar a pandemia do coronavírus.

Segundo a prefeitura, a estratégia é ampliar a vacinação contra a doença para grupos contemplados pelo Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação, bem como para a população em geral. Com novas doses enviadas pelo governo estadual e com a ação do drive-thru, o município pretende alcançar o público geral com 41 anos.

Na manhã, de ontem o Estado de Minas acompanhou a vacinação em um dos pontos da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), na Região da Pampulha, em Belo Horizonte. Na Unidade Administrativa II, onde a imunização ocorreu pelo sistema de drive-thru, o movimento foi organizado, apesar de intenso.

Engenheira civil, Karla Minafra chegou cedo para curtir o fim de semana como vacinada. Ela conta que a imunização foi tranquila e sem problemas e fez um agradecimento aos cientistas neste momento delicado.

“A ansiedade era muito grande, e graças a Deus pude chegar até aqui. Muita gente não conseguiu, até da minha idade ou mais novo, mas sou grata aos cientistas, aos colaboradores do SUS. Cheguei bem cedo, às 7h18, era a décima da fila, e foi tranquila a vacinação”, afirmou.

União Europeia lança plano ambicioso contra poluição, que inclui vetar carros a combustão até 2035

  União Europeia lança plano ambicioso contra poluição, que inclui vetar carros a combustão até 2035 SÃO PAULO, SP, E GUARULHOS, SP (FOLHAPRESS) - A União Europeia (UE) apresentou nesta quarta-feira (14) um novo plano para tentar reduzir a poluição gerada pelo bloco e, assim, conter o aquecimento global. O projeto prevê, entre outros pontos, o aumento do uso de energias limpas —como solar e eólica—, estímulos para o uso de carros elétricos e o veto à fabricação de automóveis movidos a combustão a partir de 2035. Há também propostas polêmicas, como taxas extras para importar produtos fabricados sem respeito às regras ambientais e a orientação de aumentar impostos sobre combustíveis como diesel e gasolina.

A fila de carros seguia pela Avenida Antônio Abrahão Caram e se aproximava do Estádio Mineirão, mas sem maiores transtornos para que cada um pudesse ser vacinado.

Os belo-horizontinos foram imunizados com a vacina da Pfizer no ponto de vacinação da Unidade Administrativa II da UFMG. A partir de amanhã, a capital mineira amplia a vacinação para pessoas de 43 anos completos até 31 de julho. Na quarta-feira (14/07), chega a vez dos belo-horizontinos de 42 anos de idade.

Balanço estadual

Minas Gerais soma 7.865.659 pessoas imunizadas com a primeira dose da vacina contra a COVID-19. Ao mesmo tempo, outros 2.783.111 tomaram a segunda. O estado ainda tem 75.973 aplicações do imunizante da Janssen (Johnson & Johnson), de dose única.

Dessa maneira, Minas atinge uma cobertura vacinal de 36,94% com a primeira dose e apenas 13,43% com a segunda. Quanto ao público prioritário, a Saúde estadual informa que 97,35% receberam a primeira injeção e 35,38% completaram o esquema.

No total, a administração Romeu Zema (Novo) recebeu 15.045.454 vacinas e enviou 14.157.701 às unidades regionais de saúde (URSs). As cidades buscaram 14.082.894 injeções nas URSs. Em Belo Horizonte, a prefeitura contabiliza 1.193.862 vacinados contra a COVID-19 com a primeira dose.

Outros 447.332 receberam a segunda. Portanto, a capital mineira vacinou 59,4% do seu público-alvo com a primeira injeção. Por outro lado, 22,8% desse mesmo contingente completou o esquema vacinal.

Hamilton se envolve em acidente, é punido, se recupera e vence na Inglaterra .
Lewis Hamilton venceu neste domingo (18) o Grande Prêmio da Inglaterra, décima etapa da temporada 2021 da Fórmula 1. O piloto da Mercedes se envolveu em um acidente na largada com Max Verstappen, foi punido em dez segundos após a relargada, mas se recuperou, e tomou a liderança na 50ª das 52 voltas ao ultrapassar … Continued O post Hamilton se envolve em acidente, é punido, se recupera e vence na Inglaterra apareceu primeiro em Racing Online.

usr: 2
Isto é interessante!