Brasil Avenida Paulista terá vacinação contra a Covid-19 no domingo (25)

05:21  24 julho  2021
05:21  24 julho  2021 Fonte:   folha.uol.com.br

Avenida Paulista será reaberta aos domingos para lazer, diz prefeito de São Paulo

  Avenida Paulista será reaberta aos domingos para lazer, diz prefeito de São Paulo Por causa da pandemia de coronavírus, local permaneceu fechado ao público por mais de um ano"Vamos abrir a Paulista, não de forma total. Ontem (segunda-feira) na nossa reunião de comitê nos foi apresentado que no período das 8h às 12h você tem um público que mantém distanciamento, que é mais família, que vai de bicicleta ou caminhar. À tarde é um outro público, que tem volume maior de pessoas, por isso foi sugerido e eu acatei que será a princípio de manhã", disse Nunes à rádio CBN.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - No segundo domingo de abertura a pedestres e ciclistas na pandemia, a avenida Paulista terá vacinação contra a Covid-19 para a população de 30 e 34 anos, além daquelas que estão aptas a receber a segunda dose.

A vacinação ocorrerá em duas farmácias da rede Drogaria São Paulo, parceira da Secretaria Municipal da Saúde na ação: no número 266, na altura da rua Teixeira Silva, perto do Hospital Santa Catarina, e o outra no numeral 2.371, próximo à entrada do Complexo Viário José Roberto Fanganiello Melhem, que dá acesso à avenida Doutor Arnaldo, na Consolação.

Na avenida Paulista ainda será montada uma tenda na altura do 1.853, esquina com a alameda Ministro Rocha Azevedo. No local serão distribuídos folhetos para conscientizar a população sobre a importância da imunização.

Funcionários da Fiat, em Betim, começam a ser vacinados contra a COVID-19

  Funcionários da Fiat, em Betim, começam a ser vacinados contra a COVID-19 Vacinação dos industriários segue de maneira gradual e agendada em Betim. Os funcionários da Fiat receberam a primeira dose nesta quinta-feira (15/7)

No domingo, a Galeria Prestes Maia, na Praça do Patriarca, 2, também estará aberta para a vacinação contra a Covid-19, das 8h ao meio-dia.

Para tomar a vacina é necessário levar um documento de identificação com foto, CPF, o cartão SUS (se tiver) e um comprovante de residência —obrigatório na capital paulista—, que pode ser apresentado de forma física ou digital.

Se não houver comprovante no próprio nome do munícipe, serão aceitos os que estiverem em nome do cônjuge, companheiro, pais e filhos, desde que seja apresentado também um documento que comprove o parentesco ou estado civil (RG, certidão de nascimento, certidão de casamento ou escritura de união estável).

A secretaria orienta o preenchimento do pré-cadastro no site VacinaJá para agilizar o atendimento.

Após mais de um ano fechada por causa da pandemia de Covid-19, a avenida Paulista foi reaberta em caráter experimental na semana passada, das 8h ao meio-dia.

Até esta sexta (23), na cidade de São Paulo, foram aplicadas 9.624.010 doses da vacina contra a Covid-19, sendo 6.963.341 da primeira, 2.351.180 da segunda e 309.489 da única —78,8% dos paulistanos receberam a primeira dose e 28,8% a segunda.

Nove capitais suspendem primeira dose da vacina contra a Covid por falta de imunizantes .
RIO DE JANEIRO, RJ, BELO HORIZONTE, MG, CURITIBA, PR, E BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS)- Ao menos nove capitais suspenderam a aplicação da primeira dose da vacina contra a Covid-19. O motivo principal é a falta de imunizantes em Rio de Janeiro, Vitória, Salvador, João Pessoa, Maceió, Natal, Belém, Florianópolis e Campo Grande. Diante das paralisações, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, afirmou nesta segunda-feira (26) que não há estoque parado de vacina contra a Covid-19 e criticou estados e municípios pela elaboração de regras próprias de vacinação, afirmando que o desrespeito ao PNI (Programa Nacional de Imunizações) pode criar uma grande confusão.

usr: 2
Isto é interessante!