Brasil Brasil bate a marca de 100 milhões de pessoas vacinadas

02:01  01 agosto  2021
02:01  01 agosto  2021 Fonte:   redetv.uol.com.br

Cidade de SP prevê vacinar meio milhão de pessoas com segunda dose na próxima semana

  Cidade de SP prevê vacinar meio milhão de pessoas com segunda dose na próxima semana SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A cidade de São Paulo prevê na próxima semana aplicar a dose de reforço da vacina contra a Covid-19 em cerca de 500 mil pessoas que tomaram a primeira dose das fabricantes AstraZeneca ou da Pfizer. Entre elas estão as de 60 anos a 62 anos, que começaram a ser vacinadas no dia 6 de maio, conforme calendário da Prefeitura de São Paulo, gestão Ricardo Nunes (MDB). Esse grande volume de pessoas é esperado pelo fato de que o intervalo entre a primeira e segunda dose para as vacinas da AstraZeneca e da Pfizer é de 12 semanas, enquanto o da Coronavac é de quatro semanas. O único caso em que a regra não se aplica é o da Janssen, de dose única.

Mais de 62% da população já foi imunizada com ao menos uma dose

Reprodução/Twitter/Mnistério da Saúde © Fornecido por RedeTV! Reprodução/Twitter/Mnistério da Saúde

O Brasil chegou a 100 milhões de pessoas imunizadas ao menos com a primeira dose da vacina contra a covid-19. De acordo com o Ministério da Saúde, mais de 62% da população já recebeu ao menos uma dose. “Estamos cada vez mais próximos de chegar na nossa meta: até setembro, 100% dos adultos estarão vacinados com a primeira dose. E, até o final do ano, todos estarão imunizados”, afirmou o ministério, em nota à imprensa.

Ao mesmo tempo, o governo tem alertado a população sobre a importância da segunda dose. O ministério lançou no início de julho uma campanha para incentivar as pessoas que já tomaram a primeira dose a procurarem os postos de saúde para completar o esquema vacinal.

Alemanha pode ter pico de 100 mil novos casos de covid por dia em setembro

  Alemanha pode ter pico de 100 mil novos casos de covid por dia em setembro O chefe de gabinete de Angela Merkel teme uma explosão de novos casos de contaminação pelo coronavírus na Alemanha, que podem aumentar para 100.000 por dia até o final de setembro, informou neste domingo (25) o semanário aleméao Bild am Sonntag. Após mais de dois meses de declínio contínuo, a epidemia de Covid-19 na maior economia da Europa começou a aumentar novamente desde o início de julho, principalmente devido à variante Delta, 60% mais contagiosa.De acordo com Helge Braun, diretor da Chancelaria Alemã, o número de novos casos aumentou 60% por semana, num contexto em que quase metade da população alemão já recebeu um esquema de vacinação completo.

Nas redes sociais, o ministério ressalta a importância de se vacinar: “Quando chegar a sua vez, vacine já!!”

O chefe da pasta, ministro Marcelo Queiroga defendeu que governo federal, estados e municípios devem reforçar a comunicação para estimular a procura das pessoas que já tomaram a primeira dose para que completem o ciclo dentro do prazo previsto. Em evento em Presidente Prudente (SP), no início da tarde deste sábado (31), Queiroga destacou o avanço da vacinação contra covid-19 no país, e afirmou sua expectativa de cumprir a meta de vacinar todos os brasileiros acima de 18 anos até setembro.

Vacinados podem se infectar e transmitir variante alfa do coronavírus

  Vacinados podem se infectar e transmitir variante alfa do coronavírus Surtos de transmissão em dois asilos de Campinas mostram que mesmo imunizados com uma dose da vacina da AstraZeneca ou duas doses da CoronaVac ainda podem contaminar outrosO estudo, apoiado pela Fapesp, foi publicado na plataforma Preprints with The Lancet, ainda sem revisão por pares. “Os resultados mostram que pessoas que foram vacinadas podem se infectar com a variante alfa e, independentemente de ter a doença ou não, transmitir o vírus a quem ainda não foi vacinado. Isso é preocupante porque pode gerar um gargalo de seleção para linhagens que podem voltar a causar a doença mesmo em pessoas vacinadas.

Veja também!

>>> Bolsonaro participa de motociata com apoiadores em Presidente Prudente

>>> Covid-19: 40 milhões de pessoas estão totalmente imunizadas no país

>>> Olimpíadas: Brasil vence Egito e avança à semifinal do futebol masculino

Assista aos vídeos e inscreva-se no canal da RedeTV! no YouTube

Covid na China: temores aumentam com avanço da variante Delta .
Com mais de 300 casos registrados em um período de 10 dias, surto é o maior no país em meses.A mídia chinesa está tomada por notícias sobre o surto, e governos locais já estão adotando medidas restritivas, como a limitação a viagens internas. O país também está intensificando a testagem de milhões de pessoas.

usr: 2
Isto é interessante!