Brasil Temer diz que discussão sobre voto impresso é “inútil”

02:07  01 agosto  2021
02:07  01 agosto  2021 Fonte:   poder360.com.br

Ministro da Defesa nega ter ameaçado eleições de 2022

  Ministro da Defesa nega ter ameaçado eleições de 2022 Ministro da Defesa nega ter ameaçado eleições de 2022BRASÍLIA (Reuters) - O ministro da Defesa, Walter Braga Netto, negou nesta quinta-feira os relatos de que teria feito chegar ao presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), ameaças de que não haveria eleição no ano que vem sem a aprovação da proposta de voto impresso, que tramita na Casa.

O ex-presidente Michel Temer (MDB) avalia que a discussão sobre voto impresso é inútil. Em entrevista ao jornal O Globo, Temer disse que o voto eletrônico no Brasil é um sucesso e serviu de modelo para outros países e que essa questão não deveria ser colocada em pauta.

Michel Temer, ex-presidente da República © Sérgio Lima/Poder360 Michel Temer, ex-presidente da República

A fala do ex-presidente converge com o posicionamento do presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL) e do ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), Gilmar Mendes, que se posicionaram contra a PEC (proposta de emenda à Constituição) que trata do assunto e tramita na Câmara. Lira falou que o voto impresso “é ruim para o país e para todos”.

Quase metade dos governadores brasileiros é contra o voto impresso

  Quase metade dos governadores brasileiros é contra o voto impresso Só Mauro Carlesse (PSL-TO) se posicionou a favor do tema; 13 são contrários.Só o governador de Tocantins, Mauro Carlesse (PSL-TO), declarou-se favorável à adoção do voto impresso. Em nota, a Secretaria de Estado da Comunicação informou que ele “é a favor do voto na urna eletrônica. Mas se tiver a emissão do extrato do voto, para cada eleitor. Ele também é favorável. Voto em cédula de papel não”, disse.

Michel Temer, que foi presidente da Câmara por 3 vezes, avalia também que Bolsonaro chegou ao poder com “certa onipotência” e que não há possibilidade de o presidente da República comandar tudo sem o apoio do Congresso Nacional.

Ele [Bolsonaro] percebeu e começou a tentar trazer o Congresso, que é fundamental para a governabilidade. O Ciro [Nogueira] terá que exercer o duplo papel de ter uma relação fértil com os parlamentares e, de igual maneira, ter a capacidade de conduzir a administração do país”, disse Temer.

O ex-presidente também avalia que a ida de Ciro Nogueira para a Casa Civil ajuda Bolsonaro nas eleições de 2022 porque firma uma aliança muito sólida com grande parte do Congresso e, com isso, também aumenta a possibilidade de ter apoio nas eleições.

Gilmar manda para PGR pedidos de investigação de conduta de Braga Netto sobre eleições de 2022

  Gilmar manda para PGR pedidos de investigação de conduta de Braga Netto sobre eleições de 2022 BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O ministro Gilmar Mendes, do STF (Supremo Tribunal Federal), solicitou à PGR (Procuradoria-Geral da República) nesta terça-feira (27) que ela se manifeste sobre os pedidos para que o ministro da Defesa, Walter Braga Netto, seja investigado por ameaças à realização das eleições de 2022. O magistrado é o relator de petições apresentadas à corte pelos deputados Alexandre Frota (PSDB-SP), Elvino José Bhon Gass (PT-RS) e Natália Bonavides (PT-RN), além de um advogado. O envio à PGR é uma providência de praxe, já que o órgão é o responsável por investigar autoridades com prerrogativa de foro no tribunal. Em reportagem do jornal O Estado de S.

Indagado sobre a possibilidade de haver uma 3ª via nas próximas eleições –para além de Bolsonaro e Lula (PT)–, Temer disse que a pessoa precisa cumprir radicalmente a Constituição Federal, ter experiência e trazer uma ideia de união entre os brasileiros. “O Brasil não pode continuar mais com esta guerra entre brasileiros e entre as próprias instituições”, disse.

O ex-presidente, que chegou ao Planalto após o impeachment de Dilma Rousseff (PT), disse também que não convém a Bolsonaro brigar com seu vice, Hamilton Mourão. Segundo Temer, isso provoca instabilidade social, política e pode afetar a economia.

Aqui no Brasil, a tendência é isolar o vice-presidente. Tanto é que quando o presidente perde o cargo e o vice assume, dizem: ‘Ah, foi golpe’, quando é o cumprimento da Constituição.”

Hoje, após notícia publicada na imprensa de que foi aconselhado a renunciar ao cargo, o vice-presidente usou seu perfil no Twitter para rebater dizendo que nunca abandonou a missão.

Perguntado o que faria se recebesse um telefonema de Bolsonaro para dar um conselho ao presidente, Temer disse: “Harmonia. Procure harmonia com os Poderes. E harmonia deriva do diálogo”.

Nove ministros do STF e ex-presidentes do TSE rebatem Bolsonaro em defesa de urnas eletrônicas .
BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - Nove ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) e ex-presidentes do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) divulgaram uma nota nesta segunda-feira (2) para rebater as acusações do presidente Jair Bolsonaro de que há fraude nas eleições do Brasil e para defender a urna eletrônica. O texto faz duras críticas ao voto impresso e diz que o modelo defendido pelo chefe do Executivo “não é um mecanismo adequado de auditoria”. “AO texto faz duras críticas ao voto impresso e diz que o modelo defendido pelo chefe do Executivo “não é um mecanismo adequado de auditoria”.

usr: 2
Isto é interessante!