Brasil: Mesmo proibido, “Diário de Tremembé” continua sendo vendido - PressFrom - Brasil

BrasilMesmo proibido, “Diário de Tremembé” continua sendo vendido

13:50  25 agosto  2019
13:50  25 agosto  2019 Fonte:   vejasp.abril.com.br

Justiça nega prisão domiciliar a Abdelmassih, que ficará em hospital

Justiça nega prisão domiciliar a Abdelmassih, que ficará em hospital Justiça nega prisão domiciliar a Abdelmassih, que ficará em hospital

Mesmo proibido, “Diário de Tremembé” continua sendo vendido © Arquivo pessoal/Veja SP Alexandre Nardoni, Mizael Bispo de Souza, Gil Rugai, Cristian Cravinhos, Guillherme Longo e Lindenberg Alves: audiência sobre livro polêmico

A defesa do ex-médico Roger Abdelmassih, condenado a mais de 100 anos de prisão por sucessivos estupros, entrou com uma representação na Justiça afirmando que o livro “Diário de Tremembé – Presídio dos Famosos”, cuja venda foi proibida este mês, continua a ser comercializado nos sites Americanas.com e Submarino. A obra, de autoria do jornalista Acir Filó, ex-prefeito de Ferraz de Vasconcelos e que estava detido no local, mostra detalhes da rotina de diversos internos. Em uma citação, por exemplo, o autor, que foi transferido para outra cadeia, afirma que a doença cardíaca de Abdelmassih foi “fabricada” para que ele pudesse cumprir pena em casa.

Como divórcio teria levado Nasa a investigar denúncia do primeiro crime no espaço

Como divórcio teria levado Nasa a investigar denúncia do primeiro crime no espaço Como divórcio teria levado Nasa a investigar denúncia do primeiro crime no espaço

Depois disso, a juíza responsável pela execução da sentença suspendeu o benefício e mandou o ex-médico ser internado em uma unidade penal para que fizesse novos exames. Na petição, a defesa de Abdelmassih pede que o Judiciário oficie as empresas que não respeitaram a determinação anterior. Procurada, a B2W, dona das marcas Americanas.com e Submarino, não respondeu por que continua comercializando os livros, apesar da decisão judicial, mas enviou a seguinte nota: “O marketplace da B2W Digital é uma plataforma na qual os sellers (lojistas parceiros) vendem diretamente seus produtos em várias categorias. Se e quando identificada qualquer desconformidade, a companhia adota as providências necessárias, seja de retirada de itens e até o descredenciamento dos sellers”.

Trump ficou descontente com último teste de míssil da Coreia do Norte

Trump ficou descontente com último teste de míssil da Coreia do Norte Trump ficou descontente com último teste de míssil da Coreia do Norte

Depois que a comercialização do livro foi proibida, a juíza Sueli Zeraik de Oliveira Armani chamou os personagens citados na obra e perguntou um a um quem gostaria de processar Filó, alvo de diversas ações cíveis e criminais, por danos morais. Dos que responderam sim, o primeiro foi o médico Carlos Sussumo Hasegawa, que analisou a situação clínica de Abdelmassih e fez as alegações da falsa doença no livro.

Entre os que afirmaram não ter interesse em novos processos estão Gil Rugai (condenado pela morte do pai e da madrasta), Cristian Cravinhos (caso Richthofen), Alexandre Nardoni (matou a filha Isabela) e Mizael Bispo dos Santos (assassino de Mércia Nakashima). Lindenberg Alves, que sequestrou e matou a ex-namorada Eloá, em 2009, disse que vai analisar o caso com sua defesa.

_________________________

Vídeo: Rio e São Paulo se unem em protestos pela Amazônia (AFP)

Queimadas na Amazônia triplicam em agosto e superam média histórica.
De acordo com dados do Programa Queimadas do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), os focos de incêndio neste mês de agosto na Amazônia foram quase o triplo do registrado no ano passado. Até este sábado (31), foram 30.901 focos de incêndio, ante 10.421 em agosto do ano passado – alta de 196%. O total também supera a média histórica para o mês, de 25.853, para o período entre 1998 e 2018. É ainda o mais alto desde agosto de 2010 – ano de seca histórica severa, que teve 45.018 focos. Os focos de queimadas estão espalhados por todo o chamado arco do desmatamento, que vai do Acre, passando por Rondônia, sul do Amazonas, norte do Mato Grosso e sudeste do Pará.

—   Compartilhe notícias nas redes sociais
usr: 3
Isto é interessante!