Brasil São Paulo suspende temporariamente vacinação contra covid-19 em adolescentes

08:15  09 setembro  2021
08:15  09 setembro  2021 Fonte:   poder360.com.br

BH: semana começa com vacinação de adolescentes com comorbidades e grávidas

  BH: semana começa com vacinação de adolescentes com comorbidades e grávidas Adolescentes de 12 a 15 anos precisam estar acompanhados dos pais ou responsáveis para receberem a primeira dose da vacina contra COVID-19Os adolescentes de 12 a 17 anos que receberão a primeira dose nesta semana têm de ter completado a idade até o dia em que forem se vacinar e devem ser, exclusivamente, moradores de Belo Horizonte. Além disso, o público de 12 a 15 anos só poderá receber a vacina caso esteja acompanhado dos pais ou responsáveis legais.

O Governo do Estado de São Paulo suspendeu temporariamente a vacinação de adolescentes contra a covid-19. A previsão do governo era iniciar a vacinação desse público a partir de 18 agosto. Agora a data está em aberto.

São Paulo suspende vacinação de adolescentes © Sérgio Lima/Poder360 São Paulo suspende vacinação de adolescentes

A vacinação dos adolescentes foi suspensa devido a redução do envio proporcional das vacinas da Pfizer ao Estado. De 456 mil doses previstas pelo governo, apenas 228 mil foram repassadas pela farmacêutica. A vacina da Pfizer é a única que possui autorização para ser aplicada em adolescentes de 12 a 17 anos no Brasil.

Suicídio é segunda causa de morte entre adolescentes

  Suicídio é segunda causa de morte entre adolescentes Suicídio é segunda causa de morte entre adolescentes e jovens brasileiros de 15 a 29 anos, e por que num país onde há mais sol que dias nublados muitos tiram a própria vida? Suicídio é uma palavra difícil de se pronunciar. Não porque ela exige uma habilidade fonética mais elaborada do locutor, mas pelo fato de carregar peso, dor e uma pergunta que parece não ter resposta: por quê? Enfrentar a morte abrupta de uma pessoa não é algo que o ser humano tenha recursos fáceis para lidar.

As doses recebidas representam 10,8% do total das doses repassadas aos estados. Em geral, São Paulo recebe cerca de 20% do total distribuído por causa da divisão proporcional dos Estados.

De acordo com secretário executivo da Saúde, Eduardo Ribeiro, se a redução do repasse ocorrer novamente, a vacinação dos adolescentes estará definitivamente prejudicada.

Medida judicial

O governo de São Paulo afirmou nesta 5ª feira (5.ago) que entrará com uma medida judicial contra o Ministério da Saúde por causa da redução do lote de vacinas da Pfizer. De acordo com a a procuradora geral do Estado, Lia Porto, estratégias jurídicas para entrar com o processo ainda estão sendo analisadas.

Para o governador João Doria (PSDB), a medida do Ministério da Saúde representa um “boicote” do governo federal à sua gestão. Segundo o chefe do executivo de São Paulo, isso aconteceu porque o Estado “está com a vacinação mais avançada” do que as demais unidades da federação.

  São Paulo suspende temporariamente vacinação contra covid-19 em adolescentes © Fornecido por Poder360

Em coletiva de imprensa nesta 5ª (5.ago), Doria afirmou que a atitude do Ministério se trata de “desumanidade”, segundo ele, “típica de um governo negacionista”.

Ao menos 4,2 mil adolescentes sem comorbidade já foram internados com covid-19 no Brasil .
Número corresponde a 60% das pessoas de 12 a 17 anos hospitalizadas com a doença; Ministério da Saúde mandou suspender vacinação desse grupo esta semana, o que foi criticado por especialistasQuer se manter informado, ter acesso a mais de 60 colunistas e reportagens exclusivas?Assine o Estadão aqui!

usr: 3
Isto é interessante!