Brasil RS: Laudo descarta transtorno mental de companheira da mãe de Miguel, diz polícia

17:00  15 setembro  2021
17:00  15 setembro  2021 Fonte:   istoe.com.br

Mãe de menino morto no RS buscou se impressão digital sai na água, diz polícia

  Mãe de menino morto no RS buscou se impressão digital sai na água, diz polícia PORTO ALEGRE, RS (FOLHAPRESS) - A Polícia Civil do Rio Grande do Sul divulgou imagens de frases e expressões que teriam sido pesquisadas por Yasmin Vaz dos Santos Rodrigues, mãe que teria dopado o filho e jogado o corpo em um rio, na cidade de Imbé, litoral norte gaúcho. Entre os termos pesquisados estão se "digitais humanas saem na água salgada do mar" e "quanto tempo duram as impressões digitais em contato com a água". Desde o dia 29 de julho,Entre os termos pesquisados estão se "digitais humanas saem na água salgada do mar" e "quanto tempo duram as impressões digitais em contato com a água".

Um laudo divulgado pela Polícia Civil do Rio Grande do Sul, nesta terça-feira (14), aponta que Bruna Nathiele Porto da Rosa, de 23 anos, era “plenamente capaz de entender o caráter ilícito de seus atos”. A mulher é companheira de Yasmin Vaz dos Santos Rodrigues, de 26 anos, mãe do menino Miguel dos Santos Rodrigues, de sete anos, morto em Imbé (RS).

Reprodução © Reprodução Reprodução

Bruna e Yasmin aparecem em imagens de câmeras de segurança levando uma mala em direção ao Rio Tramandaí, onde o corpo do menino teria sido jogado. Exames de DNA comprovaram que a mala foi usada para transportar o corpo de Miguel.

Para os peritos do Instituto Psiquiátrico Forense (IPF) do RS, não há elementos para afirmar algum tipo de transtorno, perturbação ou desenvolvimento mental incompleto em Bruna. O laudo concluído no dia 10 de setembro foi divulgado na terça-feira (14) pelo delegado Antonio Carlos Ractz.

“A madrasta é plenamente capaz. Irá responder pelos crimes”, pontuou Ractz. Bruna foi denunciada por homicídio, tortura e ocultação de cadáver. Ela está presa desde o dia 1º de agosto. Conforme o Ministério Público do RS, a criança foi morta pela mãe que responde na Justiça pelos mesmos crimes. A defesa da ré afirma que ela irá se manifestar no processo.

Último vídeo mostra Lázaro Barbosa vivo saindo de mata antes de confronto com a polícia .
Foragido foi baleado pela polícia nesta segunda-feira.O corpo de Lázaro Barbosa segue para o IML de Goiânia-GO. O maníaco que estava sendo caçado há 20 dias, foi morto em uma troca de tiros com a polícia no estado do Goiás, nesta segunda-feira (28/06). (Imagens: Reprodução redes sociais) pic.twitter.

usr: 1
Isto é interessante!