Brasil Covid-19: Rio de Janeiro pode ter eventos abertos com até 500 pessoas

17:35  21 setembro  2021
17:35  21 setembro  2021 Fonte:   redetv.uol.com.br

Nova York adora jantar ao ar livre

  Nova York adora jantar ao ar livre Nova York – Em setembro passado, um par de cabines surgiu no West Village em frente ao restaurante ítalo-americano Don Angie. Seu piso era do mesmo linóleo xadrez usado no chão da sala interna. Cada uma tinha três paredes com grandes janelas, cujos cantos arredondados reproduziam as da fachada do restaurante. Através delas, podiam ser vistas mesas privadas separadas por divisórias transparentes do chão ao teto. Naquela época, o programaNaquela época, o programa Restaurantes Abertos, que rapidamente autorizava milhares de restaurantes a montar mesas na rua e na calçada, tinha alguns meses de idade.

Novo decreto com flexibilização das restrições começa a valer nesta terça-feira (21)

Foto: Agência Brasil © Fornecido por RedeTV! Foto: Agência Brasil

A partir desta terça-feira (21), a cidade do Rio de Janeiro pode realizar eventos em locais abertos, com lotação máxima de 500 pessoas, e competições esportivas em estádios e ginásios com público que esteja com o esquema vacinal completo e respeitando a lotação de 50% da capacidade. A flexibilização das restrições devido à pandemia de covid-19 foram possibilitadas pela diminuição nas internação por doenças respiratórias na cidade, bem como a queda de casos confirmados e de óbitos pelo novo coronavírus.

Mortes causadas pela COVID diminuem cerca de 50% em Uberaba

  Mortes causadas pela COVID diminuem cerca de 50% em Uberaba Mas, a taxa de ocupação nas UTIs/COVID do município continua perto do limite; no último sábado (26/6), começou a valer novo decreto com medidas mais brandas

Permanecem suspensas as atividades em boates, danceterias e salões de dança, até que a cidade alcance 65% da população com as duas doses da vacina ou a dose única aplicadas, quando será liberada 50% da capacidade em ambientes fechados. As medidas estão previstas no Decreto nº 49.411, publicado na edição de sexta-feira (17) do Diário Oficial do Município, com as novas regras de flexibilização do comércio, serviços e atividades.

De acordo com o prefeito Eduardo Paes, o calendário de reabertura anunciado em agosto foi levado para análise do comitê científico que assessora a prefeitura na pandemia e foi adaptado para coincidir com os marcos da vacinação.

“O decreto já autoriza coisas que não estavam autorizadas, mas também cria parâmetros para a gente olhar para a frente. A cidade está com 60% [de adultos] vacinados, quando chegar a 65% [da população total] tem novas flexibilizações. De certa maneira, está recolocado um planejamento de abertura, a partir do que foi definido pelo comitê científico”.

Prefeitura do Rio libera eventos de até 500 pessoas em locais abertos

  Prefeitura do Rio libera eventos de até 500 pessoas em locais abertos A medida, publicada no Diário Oficial nesta sexta-feira (17), entra em vigor na próxima semanaA presença de público em estádios e ginásios em competições esportivas também foi autorizada, mas respeitando o máximo de 50% da capacidade do local e vacinação completa. Para isso, pessoas com mais de 60 anos precisam esperar 14 dias após a dose de reforço e pessoas de 15 a 59 anos 14 dias após a segunda dose da vacina.

De acordo com o decreto, academias de ginástica, piscinas e centros de treinamento físico podem ter aulas em grupos, “desde que respeitado o uso de máscaras e a conferência da situação vacinal”. Em bares, lanchonetes e restaurantes está permitido o consumo para clientes sentados nas áreas internas e com distanciamento mínimo de 1 metro entre as mesas. Também está permitido o serviço para clientes em pé, nas áreas externas.

Shopping centers, centros comerciais e galerias de lojas, bem como museus, bibliotecas, cinemas, teatros, casas de festa, salões de jogos, circo, recreação infantil, parque de diversões, temáticos e aquáticos, pista de patinação, entretenimento, visitações turísticas, aquários, jardim zoológico, casas de espetáculo, concerto e apresentações artísticas, drive-in, feiras, congressos e exposição deverão observar a lotação máxima de 70% da capacidade nas áreas internas e o distanciamento mínimo de 1 metro entre os participantes.

Argentina flexibiliza máscaras ao ar livre e reabrirá para brasileiros

  Argentina flexibiliza máscaras ao ar livre e reabrirá para brasileiros O país deixará de exigir o uso de máscaras em espaços abertos sem aglomeração de pessoas , entre outras medidas de flexibilização de regras sanitárias. © Shutterstock O país deixará de exigir o uso de máscaras em espaços aber Os anúncios foram feitos pela ministra da Saúde, Carla Vizotti, que justificou a flexibilização diante do avanço da vacinação na Argentina e da queda na média de contágios diários. “Temos 16 semanas consecutivas de queda nos casos”, disse ela. “Do ponto de vista sanitário estamos num momento realmente muito positivo”, acrescentou em seguida.

Vacinação

Segundo o painel de vacinação da prefeitura, até o momento, o Rio de Janeiro atingiu o marco de 50,7% da população total vacinada com o esquema completo de duas doses ou dose única e 82% das pessoas com pelo menos a primeira dose. Considerando o público-alvo, com 12 anos ou mais, já foram vacinados 82% com a primeira dose e 58,7% com a imunização completa.

Nesta terça-feira, está prevista a vacinação na cidade das pessoas com 18 anos ou mais, para tomar a segunda dose, além de gestantes, lactantes, puérperas e pessoas com deficiência permanente a partir dos 12 anos. A dose de reforço nos idosos atende quem tem 88 anos ou mais.

Para quarta (22) será retomada a vacinação dos adolescentes, com as meninas de 13 anos. A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) também antecipou a segunda dose da Pfizer para quem tem 50 anos ou mais, passando de 12 semanas para 21 dias o intervalo entre as doses.

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) distribui de hoje até quinta-feira (23) o maior lote de vacinas contra a covid-19 já enviado aos 92 municípios fluminenses, com um total de 1.473.910 doses. O estado recebeu do Ministério da Saúde 676.260 vacinas da Pfizer, para primeira e segunda aplicações; 557.400 da Coronavac, para primeira e segunda aplicações; e 240.250 da Astrazeneca, para segunda aplicação.

Aulas presenciais são suspensas em cidade de Minas depois de surto de COVID

  Aulas presenciais são suspensas em cidade de Minas depois de surto de COVID A realização de uma festa particular é apontada como causa para o surto de casos na cidade. Prefeitura liberou funcionamento de bares até 2h da manhã

Veja também!

>>> Mais de 80 milhões já completaram a imunização

>>> Presidente Bolsonaro se reúne com primeiro-ministro britânico nos EUA

>>> Erupção de vulcão nas Ilhas Canárias destrói casas e causa transtorno para população

Assista aos vídeos e inscreva-se no canal da RedeTV! no YouTube

Voos para países abertos para brasileiros estão até 35% mais baratos .
Voos para países abertos para brasileiros estão até 35% mais baratos - Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas de viagem? Assine nossa newsletter neste link. Voos para países abertos para brasileiros estão mais baratos Considerando o preço médio de uma passagem para a Espanha, por exemplo, houve um decréscimo de 35%. O país é o que apresenta maior queda de preço, seguido da República Tcheca (-32%), da Alemanha (-28%), de Portugal (24%) e da Bélgica (-18%). As exceções são os valores médios para passagens para o Peru, que subiram 16%, e para o Canadá, que cresceram 4%.

usr: 2
Isto é interessante!