Brasil SP: Mulher é internada com unha postiça presa no olho após roubo

17:36  21 setembro  2021
17:36  21 setembro  2021 Fonte:   istoe.com.br

Após perseguição policial, dois homens são presos por roubo de caminhão

  Após perseguição policial, dois homens são presos por roubo de caminhão SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Dois homens, de 23 e 33 anos, foram presos, na noite de sexta (10), acusados de tentativa de roubo a um caminhão de supermercado e de manterem duas vítimas reféns na zona sul da capital paulista. A carga e o veículo foram recuperados e as vítimas, resgatadas ilesas. Os homens foram detidos após perseguição policial que terminou na avenida Paulista, região central da cidade. Pelo menos um terceiro suspeito conseguiu fugir. Segundo a Polícia, a ação envolveu dois veículos que cercaram o caminhão, e uma moto. Um dos suspeitos entrou no caminhão, enquanto o ajudante do motorista, que estava no banco do passageiro, foi feito de refém em um dos carros.

Uma mulher foi roubada e agredida no domingo (19) enquanto estava em um posto de combustíveis em São José do Rio Preto (SP). Por conta das agressões, a vítima, de 48 anos, acabou ficando com uma postiça presa no olho esquerdo. As informações são do Uol.

Pixabay © Pixabay Pixabay

+ A Fazenda: Nego do Borel se compara a Karol Conká: ‘Pior que ela eu não tô’

+ Menino de 9 anos engole imãs em desafio de TikTok e tem experiência de ‘quase morte’

+ Luciana Gimenez mostra ‘perrengue’ para fechar vestido: ‘Cabia em mim’

De acordo com a Polícia Militar, a vítima foi levada para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Ainda segundo a PM, ela teve a bolsa e o celular roubados por uma outra mulher, de 27 anos.

Na unidade de saúde, a mulher recebeu atendimento médico-hospitalar e passou por procedimento para retirada da unha postiça presa no olho. Conforme a polícia, a suspeita foi identificada, mas fugiu. O caso foi registrado como roubo e será investigado pela Polícia Civil.

Justiça de São Paulo nega pedido de liberdade para 'Gatinha da Cracolândia' .
Jovem está presa desde o dia 22 de julho acusada por tráfico de drogas.Na decisão, publicada na terça-feira (27), o juiz Gerdinaldo Quichaba Costa, da 13ª Vara Criminal de São Paulo, diz que ainda estão presentes os requisitos da prisão preventiva “uma vez que a acusada foi presa em flagrante pelo crime de tráfico de drogas, sendo que já respondia outro processo em relação ao mesmo delito.

usr: 1
Isto é interessante!