Brasil Brasil registra 548 mortes por Covid em 24 h e passa de 594 mil óbitos

04:26  26 setembro  2021
04:26  26 setembro  2021 Fonte:   folha.uol.com.br

Brasil registra 244 mortes pela covid em 24 horas

  Brasil registra 244 mortes pela covid em 24 horas Ministério da Saúde registra 9. 458 casos neste domingo e total chega a 21,2 milhõesSegundo o órgão, o Brasil também registrou 9.458 casos da doença em 24 horas. Desde o início da pandemia, 21.239.783 pessoas foram contaminadas.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Brasil registrou 548 mortes por Covid e 13.972 casos da doença, neste sábado (25). Com isso, o país chegou a 594.246 vidas perdidas e a 21.340.776 pessoas infectadas pelo Sars-CoV-2, desde o início da pandemia.

Após uma semana com números acima de 30 mil casos, a média móvel voltou a ter redução e agora é de 16.170 infecções por dia. Os números elevados da última semana estão relacionados a uma atualização no sistema do Ministério da Saúde, o que levou ao registro de milhares de casos dos últimos que não haviam sido contabilizados, além de outras instabilidades.

O estado de São Paulo, na segunda (20), relatou problemas e disse que os óbitos notificados são inferiores ao esperado "devido a uma instabilidade no serviço do Sivep, sistema federal onde são notificados os casos graves de Covid-19 e as mortes". Na semana passada, os dados diários do consórcio também foram afetados por represamentos de casos em São Paulo, que incluiu dezenas de milhares de infecções de meses anteriores. Também na última semana e na terça, o Rio de Janeiro teve problemas no sistema de notificação e não divulgou os dados. Roraima e Bahia foram outros que tiveram problemas.

Covid: Brasil completa uma semana com média móvel de mortes estável

  Covid: Brasil completa uma semana com média móvel de mortes estável Ministério da Saúde registra 485 mortes pela doença em 24 horas; média móvel é de 520Segundo o órgão, o Brasil registrou 11.455 novos casos da doença em 24 horas. No entanto, a Secretaria da Saúde do Ceará corrigiu processos de extração, tratamento e limpeza na base de dados. Com a mudança, foram excluídos 12.028 casos registrados no Estado. O número total de casos no país, portanto, ficou em 21.247.094, com 573 notificações a menos do que no dia anterior.

Os dados do país, coletados até 20h, são fruto de colaboração entre Folha, UOL, O Estado de S. Paulo, Extra, O Globo e G1 para reunir e divulgar os números relativos à pandemia do novo coronavírus. As informações são recolhidas pelo consórcio de veículos de imprensa diariamente com as Secretarias de Saúde estaduais.

Os dados da vacinação contra a Covid-19, também coletados pelo consórcio, foram atualizados em 20 estados e no Distrito Federal.

O Brasil registrou 1.792.372 doses de vacinas contra Covid-19, neste sábado. De acordo com dados das secretarias estaduais de Saúde, foram 683.772 primeiras doses e 1.076.313 segundas. Também foram registradas 3.009 doses únicas e 29.278 doses de reforço.

Ao todo, 144.712.060 pessoas receberam pelo menos a primeira dose de uma vacina contra a Covid no Brasil --82.657.173 delas já receberam a segunda dose do imunizante.

Brasil tem 537 mortes por covid-19 em 24 horas

  Brasil tem 537 mortes por covid-19 em 24 horas País já soma mais de 594 mil óbitos ligados ao coronavírus. Autoridades confirmam ainda mais de 15 mil novos casos da doença em 24 horas, e total de infectados ultrapassa 21,3 milhões. © Mauro Pimentel/AFP Brasil tem a quinta maior taxa de moratalidade do mundo por covid-19 O Brasil registrou oficialmente neste sábado (25/09) 537 mortes ligadas à covid-19, segundo dados divulgados pelo Conselho Nacional de Secretários da Saúde (Conass). Também foram confirmados 15.688 novos casos da doença. Com isso, o total de infecções reportadas no país chega a 21.343.304 e os óbitos oficialmente identificados somam 594.200.

Somadas as doses únicas da vacina da Janssen contra a Covid, já são 86.849.107 pessoas com esquema vacinal completo no país.

Com isso, 91,86% da população com mais de 18 anos já recebeu ao menos uma dose (nesse caso, a 1ª dose de alguma vacina ou o imunizante de dose única) e 53,58% (também com mais de 18 anos) recebeu as duas doses recebidas ou a dose única da Janssen.

Mesmo quem completou o esquema vacinal com as duas doses deve manter cuidados básicos, como uso de máscara e distanciamento social, afirmam especialistas.

A iniciativa do consórcio de veículos de imprensa ocorreu em resposta às atitudes do governo Jair Bolsonaro (sem partido), que ameaçou sonegar dados, atrasou boletins sobre a doença e tirou informações do ar, com a interrupção da divulgação dos totais de casos e mortes. Além disso, o governo divulgou dados conflitantes.

Mortes e casos de covid-19 mantêm tendência de queda no Brasil, diz Fiocruz .
Boletim da fundação aponta 12ª semana seguida de recuo da doença e sucesso da vacinação; infecções e óbitos ainda estão em patamares altosOs dados constam da nova edição do Boletim do Observatório Covid-19 da instituição, divulgado nesta sexta-feira, 17. A taxa de ocupação de leitos de UTI covid para adultos está no melhor cenário desde que começou o monitoramento desse indicador. Apenas uma capital tem taxa superior a 80% - é o Rio (82%). Duas estão na zona de alerta intermediária: Boa Vista (76%) e Curitiba (64%).

usr: 3
Isto é interessante!