Brasil: Mãe pode ter simulado suicídio da filha após espancá-la em SP, diz polícia - PressFrom - Brasil

BrasilMãe pode ter simulado suicídio da filha após espancá-la em SP, diz polícia

17:30  11 setembro  2019
17:30  11 setembro  2019 Fonte:   istoe.com.br

Suicídio é a segunda causa de morte entre jovens de 15 a 29 anos, diz OMS

Suicídio é a segunda causa de morte entre jovens de 15 a 29 anos, diz OMS Suicídio é a segunda causa de morte entre jovens de 15 a 29 anos, diz OMS

Adolescente, de 15 anos, foi levada para abrigo com hematomas pelo corpo em Praia Grande, SP — Foto: Reprodução. A Polícia Civil investiga a morte de uma adolescente de 15 anos em Praia Grande, no litoral de São Paulo.

Ao apurar o caso, a polícia começou a suspeitar que a mãe simulou um suicídio para encobrir o assassinato da filha . Vídeos obtidos pela polícia depois da morte mostram a mãe agredindo violentamente a adolescente. Nas imagens, a garota aparece sendo alvos de golpes com pedaço de

Mãe pode ter simulado suicídio da filha após espancá-la em SP, diz polícia© Reprodução Adolescente, de 15 anos, foi levada para abrigo com hematomas pelo corpo em Praia Grande, SP

A Polícia Civil investiga a morte de uma adolescente de 15 anos em Praia Grande, no litoral de São Paulo. Ela morreu no prédio onde morava, um dia depois de sair de um abrigo municipal para onde havia sido levada após sofrer violência doméstica. As agressões eram cometidas pela mãe. As informações são do G1.

Veja mais no MSN Brasil:
  • Bolsonaro passa a se alimentar apenas por sonda (Estadão)
  • Casos de dengue no País aumentam 6 vezes em 2019 (Estadão)
  • Varejo tem em julho maior alta desde a Black Friday (VEJA.com)
  • Faca usada para atacar Bolsonaro vai para museu (Correio Braziliense)

Jovem tatuado na testa é condenado a 4 anos de prisão por furto

Jovem tatuado na testa é condenado a 4 anos de prisão por furto Jovem tatuado na testa é condenado a 4 anos de prisão por furto

Polícia investiga se mãe simulou o suicídio da filha após espancá - la em Praia Grande, litoral paulista. Por G1 Santos. Ao apurar o caso, a polícia começou a suspeitar que a mãe simulou um suicídio para encobrir o assassinato da filha . Procurada pelo G1, a Secretaria de Segurança Pública

Siga a Folha e fique informado sobre tudo o que acontece no Brasil e no mundo. Notícias sobre política, economia, cultura, esporte, entretenimento e mais. Compartilhar dois anos da morte: A prisão foi violenta, e ele buscou morte violenta também, diz filho de ex-reitor da UFSC.

A adolescente foi encontrada morta na semana passada após cair do apartamento da família, que fica no décimo andar, segundo o delegado Sérgio Nassur, da Delegacia Sede da cidade. Ao apurar o caso, a polícia começou a suspeitar que a mãe simulou um suicídio para encobrir o assassinato da filha.

Mãe pode ter simulado suicídio da filha após espancá-la em SP, diz polícia
App Microsoft Notícias
Baixe Agora
Publicidade para Android e iOS

Vídeos obtidos pela polícia depois da morte mostram a mãe agredindo violentamente a adolescente. Nas imagens, a garota aparece sendo alvos de golpes com pedaço de madeira no quarto e depois no banheiro, enquanto ela tomava banho. Ainda não se sabe quem gravou, mas a suspeita é que tenha sido a irmã caçula da vítima, de 10 anos.

Ainda segundo o G1, no mês passado, uma denúncia fez com que o Conselho Tutelar procurasse a mulher e as filhas, segundo a conselheira tutelar Sueli Agrela. Todas foram ouvidas e encaminhadas à delegacia, onde ficou determinado que as duas meninas, a adolescente e a criança, fossem recolhidas para um abrigo municipal enquanto ocorresse o inquérito, que foi aberto.

Mandante de morte de prefeita mineira é preso pela Polícia Civil

Mandante de morte de prefeita mineira é preso pela Polícia Civil Jorge Ângelo Dias, de 77 anos, foi condenado pelo assassinato da prefeita Maria Aparecida Vieira, de Nacip Raydan, no Vale do Rio Doce. O crime aconteceu há 19 anos

Polícia suspeita que mãe matou a filha e simulou o suicídio da adolescente. morta após cair do apartamento da família, no décimo andar de um prédio na Praia Grande ( SP ), a Polícia Civil trabalha com a hipótese de que ela foi assassinada pela própria mãe , que teria simulado o suicídio da jovem.

A mãe do estudante foi até a escola e disse que não consegue entender o que motivou o filho a atacar o professor e , depois, ter se esfaqueado. Na sequência, o aluno bloqueou o número dela. Segundo informações da polícia , o adolescente usou uma faca de cozinha da própria casa.

O irmão mais velho das duas meninas, que mora na capital, retirou ambas do abrigo. Segundo a Prefeitura de Praia Grande, a liberação ocorreu porque ele foi identificado como “figura protetiva familiar” e também assinou um termo de responsabilidade garantindo que as duas estariam em segurança, mas ele as devolveu à mãe.

(A Microsoft News apoia a causa Setembro Amarelo, uma campanha de conscientização e de prevenção ao suicídio da ABP, junto ao Conselho Federal de Medicina. Leia mais)

Receba notícias pelo
Messenger
Leia notícias pelo celular com
nosso app
Assine nossa
newsletter

Duas vezes Queiroz

Duas vezes Queiroz Duas vezes Queiroz

A mulher pediu a separação, mas o rapaz não aceitou. Ele avisou à sogra que atacaria a ex-mulher. O crime aconteceu na frente da filha do casal, de 5 anos

Mãe espanca filha que acusou padastro de estrupá- la - Продолжительность: 4:10 TV Ponta Verde SBT Canal 05 943 714 просмотров. Pai tentava conseguir a guarda da criança morta pela mãe - Продолжительность: 6:24 CidadeAlertaRecord 239 528 просмотров.

Leia Mais

Filha da Eliana ganha festão na Zona Oeste de São Paulo. Veja as fotos!.
Se liga nas fotos!

—   Compartilhe notícias nas redes sociais

Vídeos temáticos:

usr: 29
Isto é interessante!