Brasil Traficantes mineiros presos no Paraguai chegam a Montes Claros

04:31  28 outubro  2021
04:31  28 outubro  2021 Fonte:   em.com.br

Pesquisa mostra qual time é maior em Minas Gerais. Tamanho de torcida em Belo Horizonte surpreende

  Pesquisa mostra qual time é maior em Minas Gerais. Tamanho de torcida em Belo Horizonte surpreende Atlético-MG e Cruzeiro protagonizam uma das maiores rivalidades do futebol brasileiro. Apesar do time celeste estar na Série B do Campeonato Brasileiro e com muitas dificuldades financeiras, quando as duas equipes se encontram é sempre a garantia de um bom espetáculo. Estádios lotados e torcidas apaixonadas. Em Minas Gerais, os dois times dominam. Rivalizam nos títulos estaduais e também no tamanho da torcida. Uma pesquisa realizada pelo DataTempo, do jornal O Tempo tentou responder uma pergunta que muitas pessoas fazem: quem tem mais torcida? Atlético-MG ou Cruzeiro? Em Minas Gerais, o Cruzeiro é maior.

О сервисе Прессе Авторские права Связаться с нами Авторам Рекламодателям Разработчикам

Uma operação coordenada pela Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) e que contou com o auxílio da Polícia Nacional do Paraguai e a Polícia Federal do Brasil, resultou na prisão de sete pessoas suspeitas de tráfico internacional de drogas em Pedro Juan Caballero, no Paraguai , na madrugada deste sábado (23/10). Pelo menos dois presos seriam os organizadores do envio de drogas do país para Montes Claros , no Norte de Minas.

Dois traficantes mineiros com conexões internacionais, Jéferson Kelvin Gonçalves de Oliveira, 27 anos, e Luiz Gustavo Aguiar, 22 anos, foram transferidos nesta quarta-feira (27/10) para Montes Claros, no Norte de Minas. Eles foram presos no último fim de semana em Pedro Juan Caballero, no Paraguai, juntamente com outros cinco traficantes brasileiros. Eles são suspeitos de vários crimes de homicídio no norte do estado. Traficantes presos no Paraguai chegaram hoje a Montes Claros, levados por avião da Polícia Civil © Redes sociais Traficantes presos no Paraguai chegaram hoje a Montes Claros, levados por avião da Polícia Civil

Segundo o delegado Alberto Tenório, a prisão dos traficantes ocorreu graças a um trabalho conjunto entre a Polícia Civil de Montes Claros, Polícia Federal e Polícia Nacional do Paraguai.

Contraste e 'mexicanização' do crime marcam cidades na fronteira com Paraguai

  Contraste e 'mexicanização' do crime marcam cidades na fronteira com Paraguai PEDRO JUAN CABALLERO, PARAGUAI, E PONTA PORÃ, MS (FOLHAPRESS) - Pais de três filhos, os paraguaios Cristino Gomez, 30, e Miriam Arce, 29, vivem num bairro da periferia de Pedro Juan Caballero (Paraguai) cortado somente por ruas de terra. A família vive com a ajuda de um auxílio do governo para a criação dos filhos semelhante ao Bolsa Família. Com poucos empregos, o futuro das crianças por ali não parece animador. "Muitos jovens se envolvem comA família vive com a ajuda de um auxílio do governo para a criação dos filhos semelhante ao Bolsa Família.

Uma operação coordenada pela Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) e que contou com o auxílio da Polícia Nacional do Paraguai e a Polícia Federal do Brasil, resultou na prisão de sete pessoas suspeitas de tráfico internacional de drogas em Pedro Juan Caballero, no Paraguai , na madrugada deste sábado (23/10). Ainda segundo a Polícia Civil, além de serem os principais líderes do tráfico internacional de drogas entre o Paraguai e Montes Claros , os suspeitos também se envolveram em homicídios praticados no Norte de Minas neste mês, sendo dois consumados e quatro tentados.

A Operação Montes Claros descobriu uma “célula” de uma facção criminosa brasileira e prendeu os quatro integrantes e apreendeu armamento de alto poder de destruição, munição de vários calibres, aparelhos de comunicação e carros. Segundo o trabalho de inteligência da Polícia Federal, os homens presos em conjunto com outros que ainda estão sendo procurados se deslocaram de Minas Gerais para substituir alguns membros da fação criminosa que tinham sido presos , no comando do tráfico de drogas e outros crimes na fronteira Brasil/ Paraguai .

“Já investigávamos essa facção. Jéferson, que era o líder, já esteve preso, mas recebeu um benefício, saindo com liberdade provisória. Aproveitou a oportunidade e fugiu”, conta o delegado.

De Montes Claros, os criminosos foram para Ponta Porã (MS), segundo o delegado Alberto Tenório. “Nosso serviço de inteligência os localizou lá. Mandamos um grupo de detetives até a cidade, mas quando chegamos lá, eles já haviam se mudado. Essa é uma prática de traficantes, não permanecer numa mesma moradia por muito tempo.”

De Ponta Porã, segundo o delegado, eles foram para Pedro Juan Caballero, de onde comandavam o tráfico de drogas para Montes Claros. “Eles se juntaram a traficantes paraguaios, conseguindo comprar a droga a um custo menor, e assim, podiam vendê-la a um preço mais baixo, aqui em Montes Claros”, conta ele.

Bolívia vira 'santuário' do Narcosul, o cartel da droga do PCC

  Bolívia vira 'santuário' do Narcosul, o cartel da droga do PCC "O Narcosul, o cartel do PCC, é a organização criminosa que mais cresce hoje no mundo", afirma o procurador de Justiça Márcio Sérgio Christino Dali, os "narcos" brasileiros se locomovem em aviões e helicópteros para passar férias nas praias do Nordeste, onde fecham negócios com as ndrine, as famílias que integram a 'Ndrangheta, a máfia da Calábria. Mais poderosa das organizações criminosas da Itália, ela fica com 40% de toda a droga que o PCC negocia na Europa. Esse é o imposto para que os carregamentos de cocaína da América do Sul possam circular pelo continente.

Neri José Soares, de 38 anos, foi preso no Paraguai depois de ficar quatro anos foragido. Ele é apontado pela polícia como um dos maiores narcotraficantes

Aparte e política mineira . Dois líderes do tráfico de drogas em Montes Claros , no Norte de Minas, foram presos neste sábado (23) na cidade paraguaia de Os detidos são suspeitos de comandar o transporte de drogas do Paraguai para o Norte de Minas. Eles teriam ainda ordenado crimes em Monte Claros neste mês – eles estariam por trás de dois homicídios e quatro tentativas de homicídio.

O serviço de Inteligência da Polícia Civil de Montes Claros localizou os traficantes em solo paraguaio. Solicitaram, então, ajuda da Polícia Nacional Paraguaia e foram enviados ao país vizinho os mandados de prisão da dupla.

“Eles foram presos com um verdadeiro arsenal de armas, o que mostra o poderio dessa facção. Eram armas de calibre permitido e restrito das forças armadas (dois fuzis AK-47, calibre 762 x 39 com seis carregadores), um fuzil M4, marca Colt, calibre 5.56, com dois carregadores, uma pistola Glock G17 calibre 9mm, com dois carregadores, além de diversas munições de arma de fogo, equipamentos de rádio, celulares, dois veículos e grande quantidade em dinheiro brasileiro”, afirma o delegado.

Segundo ele, os dois retornarão ao sistema prisional, por terem condenações por tráfico de drogas. Eles estão sendo investigados por uma série de assassinatos cometidos no Norte de Minas, ente eles, o assassinato de uma mulher grávida. “Eles se tornaram poderosos a ponto de dominarem o ponto de venda de drogas do Bairro Chiquinho Guimarães, em Montes Claros. E existe suspeita de que estariam fornecendo drogas, também, no Rio de Janeiro”.

Pai de menino desaparecido em Belford Roxo é preso após entrar em facção para se vingar .
RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - O pai de um dos três meninos desaparecidos desde dezembro do ano passado em Belford Roxo, na região metropolitana do Rio de Janeiro, foi preso após se associar a uma facção criminosa rival para se vingar de supostos assassinos do filho. De acordo com a Polícia Civil fluminense, Anderson de Jesus, 25, foi detido em flagrante por policiais militares e autuado por associação ao tráfico de drogas e porte ilegal de arma de uso restrito. Com ele, foi apreendido um fuzil AR-15 calibre 556 com 24 munições.

usr: 44
Isto é interessante!