Brasil Volta ao mundo: Facebook Papers e rejeição do orçamento em Portugal

12:17  31 outubro  2021
12:17  31 outubro  2021 Fonte:   poder360.com.br

Procuradoria do Equador abre investigação prévia contra Lasso por Pandora Papers

  Procuradoria do Equador abre investigação prévia contra Lasso por Pandora Papers A Procuradoria Geral do Equador informou nesta quinta-feira (21) ter aberto uma "investigação prévia" pelo suposto crime de defraudação tributária contra o presidente Guillermo Lasso após ele ter sido apontado nos "Pandora Papers". "Em 18 de outubro, a Procuradoria Geral do Estado abriu uma investigação prévia por suposta defraudação tributária contra o Presidente da República", destacou a entidade em um chat de imprensa no WhatsApp. A Procuradoria acrescentou que a indagação surgiu a partir de uma denúncia apresentada pelo líder indígena e opositor Yaku Pérez, ex-candidato à Presidência pelo movimento Pachakutik (esquerda).

No quadro Volta ao Mundo, a equipe do Poder360 resume os principais fatos internacionais da última semana.

Assista (1min44s):

Facebook Papers

O Facebook tornou-se alvo de uma série de reportagens de um consórcio internacional de veículos de imprensa. As matérias são baseadas em documentos vazados da empresa que revelam falhas da companhia na moderação de discursos de ódio e disseminação de desinformação. Os documentos foram vazados pela ex-funcionária do Facebook, Frances Haugen.

Na 5ª feira (28.out.2021) o CEO do Facebook, Mark Zuckerberg anunciou que o novo nome da empresa será Meta. As redes sociais permanecerão com o mesmo nome.

Procuradoria investigará presidente do Equador por fraude tributária após Pandora Papers

  Procuradoria investigará presidente do Equador por fraude tributária após Pandora Papers SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Procuradoria-Geral do Equador anunciou nesta quinta-feira (21) a abertura de uma investigação preliminar por fraude tributária contra o presidente Guillermo Lasso, após o líder da oposição, Yaku Perez, apresentar acusações ligadas à apuração jornalística Pandora Papers. A série de reportagens publicada pelo ICIJ (Consórcio Internacional de Jornalistas Investigativos) revelou operações em paraísos fiscais de ao menos 35 líderes mundiais, Lasso entre eles. O presidente, ex-banqueiro de direita que assumiu o comando do país em maio deste ano, controlou 14 sociedades offshore, a maioria com sede no Panamá, segundo os Pandora Papers.

Vacinação chinesa

Na 2ª feira (25.out.2021), a China anunciou que começará a vacinar crianças de 3 a 11 anos contra covid. A expansão da campanha de imunização será iniciada no momento em que o país volta a adotar medidas de proteção para conter pequenos surtos.

Portugal tem proposta orçamentária rejeitada

O parlamento português não aprovou a proposta orçamentária para 2022, na 4ª feira (27.out.2021). A 2ª renúncia em 47 anos abre espaço para a saída do premiê António Costa e novas eleições podem ser convocadas.

Biden anuncia estrutura de plano de US$ 1,75 trilhão

Na 6ª feira (29.out.2021), o presidente norte-americano, Joe Biden, anunciou a estrutura do plano de gastos para serviços sociais e políticas internas. O orçamento proposto em agosto era de US$ 3,5 trilhões. O valor foi reduzido para US$ 1,75 trilhão e depende agora da aprovação do Senado.

Facebook classificou Brasil como “país de risco para conteúdos tóxicos” .
Brasil está em lista da rede social de países com prioridade de monitoramentoAs informações fazem parte do Facebook Papers, conjunto de documentos vazados para um consórcio de veículos de imprensa por Frances Haugen, ex-funcionária da empresa. O jornal O Estado de São Paulo teve acesso aos documentos.

usr: 2
Isto é interessante!