BrasilPrograma Médicos pelo Brasil deve aproveitar 2.000 profissionais cubanos

16:00  17 setembro  2019
16:00  17 setembro  2019 Fonte:   poder360.com.br

Relator vai propor aproveitar cubanos no programa Médicos pelo Brasil, que vai substituir Mais Médic

Relator vai propor aproveitar cubanos no programa Médicos pelo Brasil, que vai substituir Mais Médic Alternativa quer criar nova figura de 'apoiadores médicos'; pela medida, cubanos receberiam uma bolsa no mesmo valor de médicos residentes no Brasil, que é de R$ 3.400

Twitter suspende conta do ex-líder cubano Raúl Castro. Atinge ainda perfis da imprensa estatal. Governo fala em "censura em massa”. BRASÍLIA - O relatório da medida provisória do programa Médicos pelo Brasil , que vai substituir o Mais Médicos

"Esses profissionais deveriam ter sido repostos em até 30 dias, e estamos chegando em um período muito preocupante, que é quando mais chove na Amazônia e O ministério afirma que o programa será mantido. A Opas diz que os médicos cubanos que deixarem o país serão substituídos.

Programa Médicos pelo Brasil deve aproveitar 2.000 profissionais cubanos© Sérgio Lima Proposta sugere que profissionais cubanos devem atuar como 'apoiadores médicos' no programa Médicos Pelo Brasil

O programa Médicos pelo Brasil deve aproveitar cerca de 2.000 profissionais cubanos que trabalhavam no Mais Médicos. De acordo com reportagem do jornal O Estado de S. Paulo publicada nesta 3ª feira (17.set.2019), a proposta já havia sido defendida pelo Ministério da Saúde. O Ministério da Educação, entretanto, negou a possibilidade, pois os profissionais não podem atuar sem a validação do diploma.

A solução para aproveitar os profissionais que já atuavam no Brasil foi criar o cargo de “apoiadores médicos”. Esse cargo receberia o mesmo valor de médicos residentes no Brasil (R$ 3.400). O número representa uma queda brusca em relação à bolsa do programa Mais Médicos, que tinha 1 valor líquido de R$ 11.700.

Mitos e verdades sobre o discurso de Bolsonaro na ONU

  Mitos e verdades sobre o discurso de Bolsonaro na ONU Mitos e verdades sobre o discurso de Bolsonaro na ONUEm seu discurso na Assembleia Geral da ONU, o presidente criticou governos anteriores, disse que tirou o país do socialismo, afirmou que o Brasil tem compromisso com o meio ambiente e comparou a agricultura no país com países europeus.

Moura (MDB) da MP que cria o programa Médicos pelo Brasil deve propor a reinclusão de 1,8 mil cubanos que trabalharam no Mais Médicos , informa o Estadão. A ideia, defendida pelo Ministério da Saúde, é de abrir janela de dois anos para os profissionais estrangeiros revalidarem o diploma.

Programa Médicos pelo Brasil deve aproveitar 2 . 000 profissionais cubanos . Relator deve propor medida nesta 3ª. BRASÍLIA - O relatório da medida provisória do programa Médicos pelo Brasil , que vai substituir o Mais Médicos , deverá ser apresentado esta semana no Congresso Nacional e.

A proposta deve ser apresentada nesta 3ª feira (17.set.2019) pelo senador Confúcio Moura (MDB-RO), relator da MP (Medida Provisória) que cria o programa Médicos pelo Brasil. A MP deve definir que os profissionais cubanos poderão atuar na atenção básica por até 2 anos. Durante esse período, os profissionais poderão prestar o Revalida (prova para a validação do diploma estrangeiro) por até 4 vezes.

As discussões sobre a proposta envolveram 7 audiências no Congresso. Entre os convidados, o ministro Abraham Weintraub (Educação) colocou-se a favor da realização anual do Revalida.

Leia Mais

Profissionais liberais temem "roubo" de reservas com reforma da Previdência de Macron.
Advogados, médicos, enfermeiras, pilotos e comissários de bordo protestaram em massa nesta segunda-feira (16) contra o projeto de reforma da Previdência do presidente Emmanuel Macron. As manifestações aconteceram em Paris, Toulouse, Bordeaux e Lille, entre outras cidades francesas. A Federação de Médicos da França (FMF) define o projeto como um "roubo". O foco de resistência é a criação de um sistema universal por pontos para o cálculo das aposentadorias, baseado em uma contribuição idêntica de 28% para todas as profissões. Algumas categorias liberais reclamam do aumento do desconto, outras da futura redução no valor das pensões.

—   Compartilhe notícias nas redes sociais

Vídeos temáticos:

usr: 1
Isto é interessante!