Brasil: Gamer é condenado à prisão após caso de swatting que resultou em morte - - PressFrom - Brasil

BrasilGamer é condenado à prisão após caso de swatting que resultou em morte

18:41  17 setembro  2019
18:41  17 setembro  2019 Fonte:   canaltech.com.br

Mandante de morte de prefeita mineira é preso pela Polícia Civil

Mandante de morte de prefeita mineira é preso pela Polícia Civil Jorge Ângelo Dias, de 77 anos, foi condenado pelo assassinato da prefeita Maria Aparecida Vieira, de Nacip Raydan, no Vale do Rio Doce. O crime aconteceu há 19 anos

O jovem Casey Viner, de 19 anos, foi condenado a 15 meses de prisão pelo caso de swatting que resultou na morte de Andrew Finch, aos 28 anos de O gamer contratou um homem chamado Tyler Barriss, de 26 anos, que contatou as autoridades locais afirmando que seu pai havia sido baleado na

Casey Viner, de 19 anos, chamou a polícia para a casa de um desafeto após perder partidas de Call of Duty: WWII. O endereço estava errado e o envio das autoridades ao local resultou na morte de Andrew Finch, de 28 anos de idade.

Gamer é condenado à prisão após caso de swatting que resultou em morte© Courier & Press Swatting

O jovem Casey Viner, de 19 anos, foi condenado a 15 meses de prisão pelo caso de swatting que resultou na morte de Andrew Finch, aos 28 anos de idade. Ele foi sentenciado por chamar as autoridades à casa de um desafeto após perder uma aposta no valor de US$ 1,50 em uma partida online do jogo Call of Duty: WWII.

Gamer é condenado à prisão após caso de swatting que resultou em morte
App Microsoft Notícias
Baixe Agora
Publicidade para Android e iOS

O caso aconteceu em dezembro de 2017, quando Viner tentou aplicar a brincadeira perigosa em Shane Gaskill, de 20 anos de idade, morador da cidade de Wichita, no Kansas. O gamer contratou um homem chamado Tyler Barriss, de 26 anos, que contatou as autoridades locais afirmando que seu pai havia sido baleado na cabeça e que a mãe estava sendo mantida refém por um criminoso armado, que havia espalhado gasolina pela casa e estava ameaçando iniciar um incêndio.

Polícia Federal prende italiano foragido procurado pela Interpol

Polícia Federal prende italiano foragido procurado pela Interpol Ele foi condenado por tráfico de drogas e estava foragido desde 2007

O jovem Casey Viner, de 19 anos, foi condenado a 15 meses de prisão pelo caso de swatting que resultou na morte de Andrew Finch, aos 28 anos de O gamer contratou um homem chamado Tyler Barriss, de 26 anos, que contatou as autoridades locais afirmando que seu pai havia sido baleado na.

O jovem gamer Casey Viner, de Ohio nos EUA, foi condenado a 15 meses de prisão por causa para a SWAT ( Special Weapons And Tactics ) que resultou no assassinato de um homem do estado de A família de Finch processou a cidade de Wichita e os policiais envolvidos na morte do homem.

A seriedade da denúncia motivou o envio de forças especiais da polícia, que, ao chegarem ao local, foram recebidas na porta por Finch. De acordo com o relatório das autoridades, ao aparecer do lado de fora para saber o que estava acontecendo, o homem teria movido repentinamente sua mão na direção da cintura, o que levou um dos agentes a dispararem contra ele. A vítima estava desarmada e morreu após ser levada ao hospital.

Além dos 15 meses de prisão, Viner está proibido de jogar videogame por um período de dois anos. Ele foi acusado de falsa comunicação de crime, conspiração e obstrução da justiça por tentar deletar mensagens de texto e ocultar provas sobre sua participação no caso, após ver notícias de que alguém havia sido morto como resultado de suas ações. Em abril, ele se declarou culpado das duas últimas acusações, em uma tentativa de escapar da pena de encarceramento.

Justiça condena dois acusados de assassinar estudante em porta de boate em Contagem

Justiça condena dois acusados de assassinar estudante em porta de boate em Contagem Jovem de 22 anos foi espancado após reclamar que trio de policiais furou a fila de pagamento na boate do bairro Novo Eldorado . Segundo o inquérito as agressões ao estudante começaram após ele reclamar que os suspeitos furaram a fila de pagamento. App Microsoft Notícias Baixe Agora Publicidade para Android e iOS O policial Jonas Moreira Martins foi condenado por homicídio, com pena de 12 anos de prisão em regime fechado. Segundo o Ministério Público, Jonas foi o principal agressor.

Ele foi condenado a 20 anos de prisão . Na última sexta (13), Casey Viner foi condenado a 15 meses por sua participação no ocorrido. Em 2017, o norte-americano Tyler Bariss, jogador de Call of Duty: World War II, fez uma denúncia falsa para a polícia, e isso resultou na morte de um homem inocente.

Prática popularizada por ' gamers ' envolve chamar forças policiais especiais de verdade para lidar com ameaças que Uma morte . O swatting não é novo: o FBI já havia lançado um alerta a respeito em 2008. Image caption Tyler Barriss foi condenado a 20 anos de prisão por um caso de ' swatting '.

Após deixar a cadeia, o jovem também deverá passar dois anos em liberdade condicional, sendo seis meses confinado à sua própria casa, podendo sair apenas para ir à escola, igreja ou trabalho. Ele pode retornar à prisão caso seja flagrado jogando games ou participe de atividades ilegais que rompam os termos de sua soltura provisória.

Gaskill, a vítima original do swatting de Viner, também está sendo indiciado como co-conspirador no caso. Ele é acusado de passar seu endereço antigo intencionalmente ao desafeto e de tê-lo incentivado a “tentar alguma coisa”, colocando a vida de terceiros em risco e apontado como engrenagem fundamental no mecanismo que acabou levando à morte de Finch.

O caso também levou à prisão de Barriss, que foi contratado por Viner justamente pela reputação online de ser responsável por chamadas falsas desse tipo. Ele foi condenado a 20 anos na cadeia e declarou sua culpa em 51 casos de swatting, bem como dezenas de outras ligações ameaçadoras, sempre feitas em nome de jogadores que o contatavam por meio da internet para atacarem inimigos criados em jogos online.

Gamer envolvido em morte de inocente nos EUA é condenado a 15 meses

Gamer envolvido em morte de inocente nos EUA é condenado a 15 meses Em 2017, Tyler Bariss fez uma denúncia falsa que levou a polícia a matar um homem inocente. Ele foi condenado a 20 anos de prisão. Na última sexta (13), Casey Viner foi condenado a 15 meses por sua participação no ocorrido

A libertação de Finch foi resultado do trabalho de quase duas décadas de um grupo de advogados e estudantes de Direito da Duke University, na Carolina do Norte. Segundo o Death Penalty Information Center (Centro de Informações sobre a Pena de Morte , em tradução livre), organização

O lutador de MMA Jonathan Kopenrraver, conhecido como War Machine, foi condenado pela justiça americana à prisão perpétua. Ele foi considerado culpado em 29

A sentença dada a ele representa a maior pena de prisão já dada a um praticante de swatting nos Estados Unidos, enquanto o caso, como um todo, deve servir como precedente para que condenações mais severas sejam dadas em situações desse tipo. A ideia das autoridades é passar a mensagem de que os atos não apenas são um desperdício de dinheiro público e podem impedir o combate a crimes reais, como também podem colocar a vida das vítimas desse tipo de chamada em risco.

A família de Finch está processando o estado, que não indiciou o policial responsável pelo disparo fatal. O oficial, cujo nome não foi revelado, chegou a ser afastado do serviço durante o andamento das investigações, mas retornou uma vez que elas foram concluídas e não teve seu nome divulgado.

Fonte: NBC News

Trending no Canaltech:

  • PF prende gerente dos Correios por furtar eletrônicos em agência no Rio
  • Ex-funcionários da Google estão com medo da ameaça de "robôs assassinos"
  • Greve dos Correios chega ao fim, menos em SP e RJ
  • Moto Razr | Tudo o que sabemos sobre o smartphone dobrável 'acessível'
  • iPhones XR e XS terão suporte à gravação com mais de uma câmera do iPhone 11
Leia Mais

Filho de Pelé, Edinho consegue regime aberto e vai deixar prisão .
Filho de Pelé, Edinho consegue regime aberto e vai deixar prisãoEdson Cholbi Nascimento, o Edinho, iniciou carreira no Santos e jogou em vários clubes brasileiros. Ele chegou a ser condenado a 33 anos de reclusão, mas teve a pena reduzida, em fevereiro de 2017, para 12 anos e 11 meses. Ele cumpre pena desde 2005, mas nesse período foi libertado algumas vezes por força de habeas corpus para aguardar em liberdade o julgamento de recursos. O último retorno à prisão aconteceu no início de 2017.

—   Compartilhe notícias nas redes sociais
usr: 1
Isto é interessante!